“McDonald’s Trump”. Dieta do presidente dos EUA pode influenciar pessoas a comer fast food

Joyce N. Boghosian / White House

Investigadores sugerem que uma maior exposição mediática dos norte-americanos à dieta de Donald Trump pode fazer com que comam fast food mais regularmente.

Um novo estudo averiguou a associação entre a cobertura mediática da saúde de celebridades e as alterações no comportamento das massas. A investigação concluiu que o particular gosto por fast food do presidente norte-americano, Donald Trump, pode estar a levar mais pessoas a comerem esse tipo de comida.

Muitas pessoas são facilmente influenciáveis e os hábitos das celebridades podem ser significativas nas suas escolhas no dia-a-dia, nomeadamente na sua dieta. Um estudo a ser publicado em abril na revista científica Appetite explora esta associação e oferece resultados bastante sugestivos.

“Eu reparei que havia uma quantidade decente de cobertura mediática sobre o amor do presidente Trump por fast food, e isso contrastava fortemente com a maior parte da cobertura mediática relacionada com a alimentação da presidência de Obama, que se concentrava mais no jardim de Michelle e a pressão que ela colocou sobre o presidente Obama para comer de forma saudável”, explicou a autora do estudo, Jessica Gall Myrick, citada pelo PsyPost.

A investigadora foi então testar a sua teoria de que a cobertura mediática sobre os hábitos alimentares de Trump poderia, de facto, estar a influenciar os norte-americanos nas suas próprias escolhas. Os Estados Unidos são um país fortemente afetado pela obesidade e pelas doenças que derivam do excesso de peso, nomeadamente a nível cardiovascular.

Para verificar as suas suspeitas, Myrick fez um questionário com mais de mil cidadãos norte-americanos, procurando perceber com que frequência estavam atentos à dieta de Donald Trump nos media, entre outras coisas. O questionário procurou incluir voluntários de vários sexos, idades, educações, raças, vencimentos e regiões geográficas.

A equipa de investigadores concluiu que quanto mais as pessoas prestavam atenção à dieta pouco saudável de Trump, mais propensas eram a comer fast food regularmente nas quatro semanas seguintes. O efeito era também mais acentuado em Republicanos do que em Democratas. Além disso, surpreendentemente, naqueles que se consideravam Independentes não se verificava a associação vista nas outras pessoas.

“Estudos futuros podem acompanhar as pessoas ao longo do tempo para ver como, à medida que a sua atenção a diferentes tipos de media se acumula e muda, as suas escolhas alimentares também podem mudar”, acrescentou Myrick.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

União Europeia acrescenta quatro paraísos fiscais à "lista negra"

Ilhas Caimão, Palau, Panamá e Seicheles juntam-se a Samoa Americana, Fiji, Guame, Samoa, Omã, Trindade e Tobago, Vanuatu e Ilhas Virgens Americanas na lista de não respeitadores das regras comunitárias. O Conselho da União Europeia (UE) …

"Relação estava cristalizada". PS satisfeito com retoma do "diálogo cordial" com CDS

O presidente do PS saudou, esta terça-feira, a "retoma" de um relacionamento "cordial" com a nova direção do CDS-PP em torno de matérias de interesse nacional, considerando que se verificou uma transição e acabou uma …

Ministra espanhola não pensa "nem um segundo" em substituir Centeno

A ministra dos Assuntos Económicos de Espanha, Nadia Calviño, assegurou que não dedica “nem um segundo” a pensar numa candidatura à presidência do Eurogrupo, apontando que Mário Centeno “está a fazer um excelente trabalho”. A cerca …

Grupo alemão de extrema-direita tinha planos "assustadores" para atacar mesquitas

Um grupo alemão de extrema-direita, em que 12 elementos foram detidos na semana passada, é suspeito de planear ataques em larga escala "assustadores e chocantes" contra muçulmanos, semelhantes aos realizados na Nova Zelândia no ano …

Novo Banco deverá pedir perto de mil milhões de euros ao Fundo de Resolução

O Novo Banco prepara-se para pedir uma nova injeção ao Fundo de Resolução a rondar os mil milhões de euros. Com este montante, o banco atinge o teto definido na venda ao fundo Lone Star. O …

"Nunca tive um processo como este". Juiz Carlos Alexandre "surpreendido" com o caso Tancos

O juiz Carlos Alexandre assumiu, em pleno tribunal, estar "surpreendido" com os meandros que envolvem ocaso de Tancos. "Nunca tive um processo como este", terá desabafado em mais uma audiência, notando que o caso "mostra …

Maduro anuncia exercícios militares permanentes e de surpresa

O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou esta terça-feira que o país fará exercícios militares "de surpresa" e de maneira permanente, em manobras que poderão incluir centenas de milhares de membros da Força Armada Nacional Bolivariana …

Bolsonaro recebe Jorge Jesus, mas muitos não gostaram da fotografia

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, recebeu esta segunda-feira, em Brasília, o treinador português Jorge Jesus, após ter conquistado no domingo a Supertaça ao serviço do Flamengo. Depois de, no domingo, ter conquistado a Supertaça ao serviço …

Cientistas encontram 300 vírus "enormes" com habilidades estranhas

Uma equipa de investigadores identificou 300 novos vírus "enormes" com habilidades estranhas encontrados em vários ambientes. Estes podem causar doenças nos seres humanos. Os vírus têm sido um tema habitual ultimamente, abrindo jornais e deixando a …

Seguro de saúde específico para britânicos visa "mitigar" consequências do Brexit

Com o objetivo de minimizar o impacto do 'Brexit' no turismo, a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, informou que estão em curso estratégias para "mitigar as consequências" e encorajar os "turistas a continuar a …