Diana revela em gravações inéditas que se atirou das escadas grávida de William

US Federal Government

John Travolta com a Princesa Diana

Novas gravações feitas pela própria Princesa Diana revelam detalhes chocantes sobre o “desespero” que ela vivia, durante o casamento com o Príncipe Carlos. Ela conta que chegou a atirar-se das escadas, quando estava grávida de William, para chamar a atenção do marido.

O relançamento do livro “Diana: A sua verdadeira história”, escrito pelo jornalista britânico Andrew Morton, está a ser acompanhado pela divulgação de gravações inéditas feitas pela própria Diana, em 1991, onde ela revela detalhes chocantes sobre o seu casamento.

A obra foi publicada pela primeira vez em 1992, mas é agora relançada para homenagear Diana por altura da data em que se assinala o vigésimo aniversário da sua morte, a 31 de Agosto de 1997, num acidente de viação em Paris – que pode ter sido causado pelo facto de o carro onde seguia estar “avariado”.

Nestas gravações de 1991, cujas transcrições acompanham o livro, Diana fala da depressão em que vivia e da sua bulimia, que terá sido desencadeada por um comentário do próprio príncipe Carlos.

A Princesa também lamenta a falta de atenção do marido, e conta como vivia atormentada pelo seu caso com Camilla Parker-Bowles, com quem Carlos veio a casar depois da morte de Diana.

“Estava tão deprimida, andava a tentar cortar os meus pulsos com lâminas de barbear”, revela Diana, contando que ameaçou suicidar-se, por várias vezes, durante a lua-de-mel, para chamar a atenção do marido.

Numa das gravações, Diana lembra como “a Rainha ficou absolutamente horrorizada, a tremer” e “muito assustada” depois de ela se ter atirado das escadas.

“Quando estava grávida de quatro meses do William, atirei-me das escadas, para tentar chamar a atenção do meu marido, para que ele me ouvisse. Tinha dito ao Carlos que me sentia tão desesperada e não parava de chorar. Ele dizia que eram lágrimas de crocodilo”, desabafa a Princesa.

“Eu sabia que não ia perder o bebé, embora tenha ficado muito magoada, à volta do estômago. Quando Carlos voltou, foi apenas resignação, total resignação. Ele simplesmente continuou para lá da porta”, acrescenta Diana na gravação.

Diana relata ainda como se auto-mutilou nas coxas e no peito com uma faca-caneta, e como isso não provocou “qualquer reacção” em Carlos. A princesa relata também como o nascimento de Harry, o segundo filho, em 1984, terminou de vez com o casamento.

O Carlos sempre quis uma menina. Ele queria dois filhos e queria uma menina. Eu sabia que o Harry era um rapaz e não lhe disse. O Harry chegou, o Harry tinha cabelo ruivo, o Harry era um rapaz. O primeiro comentário foi: ‘Ó Deus, é um rapaz.’ O segundo comentário: ‘E até tem cabelo vermelho.’“, conta Diana.

A Princesa acaba por concluir, contudo, que Harry se tornou numa “alegria” para a família e que até ficou “mais próximo do pai” do que o Príncipe William.

SV, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Banco BiG: EUA e China vão chegar a acordo, mas não será duradouro

No "Outlook" para 2020, os analistas do banco BiG defendem que será improvável que Estados Unidos e China cheguem a um consenso suficiente para reverter as taxas aduaneiras impostas. De acordo com os analistas do banco …

Alemanha expulsa dois diplomatas russos. Rússia vai tomar medidas

Dois diplomatas russos, acusados pelo Ministério Público alemão de falta de cooperação na investigação de um homicídio, foram expulsos da Alemanha. A Rússia já reagiu e avisou que tomará medidas. Esta quarta-feira, a Alemanha expulsou "com …

Segurança Social demora quase cinco meses a pagar pensões

Em 2018, os beneficiários da Segurança Social tiveram de esperar, em média, 147 dias - cerca de cinco meses -, entre o dia que se aposentaram e o momento que começaram a receber a pensão …

Empresas fechadas e 28 mil despedimentos. Setor têxtil pode atravessar crise

Até 2025, a indústria têxtil em Portugal pode ver um terço das empresas a fecharem e 28 mil trabalhadores a serem despedidos. Este é o pior cenário equacionado no setor nos próximos anos. O setor da …

Ministério Público arquiva queixa de Aguiar-Branco contra Ana Gomes por difamação

Aguiar Branco tinha levantado um processo de difamação a Ana Gomes por declarações sobre alegadas ligações entre o seu escritório de advogados e o grupo Martifer. O Ministério Público (MP) arquivou a queixa apresentada pelo ex-ministro …

66 louvores a funcionários. Centeno é o ministro mais "agradecido" de todo o Governo

Mário Centeno e os seus secretários de Estado publicaram em Diário da República 66 louvores. O seu gabinete garante que não há qualquer significado político associado - nem mesmo uma despedida anunciada. O louvor é dado …

Os glaciares da Nova Zelândia estão a mudar de cor

À medida que o Hemisfério Sul entra no verão, acontece uma temporada catastrófica de incêndios florestais na costa leste da Austrália. Há casas destruídas, coalas a morrer e um fumo espesso que cobre o estado …

Não se irrite. Fisco vai comunicar de forma mais clara

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai lançar um serviço de apoio e defesa ao contribuinte que usará uma linguagem mais simples e clara. A alteração é inspirada num modelo britânico. A Autoridade Tributária e Aduaneira vai …

Juiz Rui Rangel justificou ganhos com direitos de autor de programa televisivo

O juiz afirmou, perante o plenário do Conselho Superior da Magistratura, que os ganhos fora da magistratura correspondiam a direitos de autor de um programa na televisão. O juiz Rui Rangel, que foi demitido da magistratura esta …

Governo faz ultimato: empresas têm 30 dias para regularizar fundos europeus parados (ou devolver dinheiro)

O Governo vai dar 30 dias para que as empresas que têm fundos comunitários parados regularizem a situação. Findo esse período, terão de devolver o dinheiro. José Mendes, secretário de Estado do Planeamento, garantiu, em entrevista …