DGS quer reduzir quantidade dos pacotes de açúcar para metade

A DGS quer reduzir a quantidade dos pacotes de açúcar servidos com o café para metade, sendo esta a primeira de uma série de propostas a entregar ao Ministério.

A proposta é da Direção-Geral da Saúde e já foi entregue no gabinete do atual ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, sendo a primeira de muitas medidas pensadas para um futuro próximo, avança o Público.

A ideia “revolucionária” pretende reduzir para metade, ou até menos, a quantidade dos pacotes de açúcar, isto é, passar dos atuais oito gramas para apenas quatro ou três.

Além disso, a proposta vista também que os espaços de restauração disponibilizem estas saquetas apenas se os clientes assim o pedirem, deixando de ser habitual que venham a acompanhar o café.

“Apesar de já existirem embalagens com menos açúcar,  pretende-se que a redução para três ou quatro gramas passe a ter carácter vinculativo, obrigatório, e que estes pacotes não sejam distribuídos de forma passiva aos cidadãos, para evitar o desperdício, que se estima em cerca de 40%”, conta ao mesmo jornal Francisco George, o diretor-geral da Saúde.

Apesar de a proposta ainda ter de ser discutida entre os ministérios e ter depois de passar por todo um processo legislativo, o responsável acredita que existem todas as condições para que venha a tornar-se uma realidade.

“A economia não pode estar contra a saúde dos cidadãos. Se há provas de que o açúcar está na origem de problemas graves, tem que haver uma aliança estratégica“, defende.

Esta é a primeira de muitas medidas para combater o consumo excessivo de açúcar e o avanço de doenças como a diabetes, num país no qual, segundo o médico, existem 60 mil novos casos por ano.

Em 2011, um grupo de estudantes da licenciatura em Gestão e Conceção de Políticas Hospitalares do Instituto Politécnico de Tomar já tinha lançado esta ideia através de uma petição. Na altura, os alunos sugeriam que os pacotes passassem a ter uma quantidade máxima de seis gramas.

O Parlamento ainda chegou a ouvir várias entidades para estudar a possibilidade, mas a ideia não chegou a ir para a frente porque se concluiu que o setor já estava a reduzir a quantidade de forma voluntária.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “A economia não pode estar contra a saúde dos cidadãos. Se há provas de que o açúcar está na origem de problemas graves, tem que haver uma aliança estratégica“

    Esta dá vontade de rir!!!!
    Não me façam rir…. medidas destas são manifestamente insuficientes.
    Tanta porcaria que se vende …. e estão preocupados com os pacotinhos de açucar…

    Milhões de refrigerantes e sumos q usam e abusam do açucar… para não falar de centenas de outros produtos… e ninguém põe limites….

    Se existisse vontade em regular o cunsumo de produtos prejudiciais à nossa saude e apostar na prevenção, a OMS e/ou a DGS teriam de deixar de fazer de conta que existem e realmente por “mãos na massa”…. assim fazem de conta….!!!!

    Quem paga somos todos nós….. é lamentável a economia não ter controlo…..

  2. A verdade é que eu utilizo somente meio pacote. E como eu certamente existirá muita mais gente. Isto tudo somado durante algum tempo converte realmente em muito desperdício. Por isso estou de acordo com a medida. Desde que, quem gosta do café doce não seja impedido de pedir uma segunda saqueta .

RESPONDER

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …

Reutilizável, dobrável e esterilizável. Novo "escudo" protege profissionais de saúde

Uma equipa de cientistas desenvolveu, recentemente, um dispositivo dobrável em forma de tenda que atua como um escudo físico para os profissionais de saúde na linha da frente contra a covid-19. A tenda redutora de gotículas …

O Lamborghini mais potente acelera dentro de água. É um iate com 4.000 cavalos

O resultado da primeira colaboração entre a a Lamborghini e os especialistas da Tecnomar é um iate de luxo, com 4.000 cavalos que recria a sensação de condução de um superdesportivo dentro de água. O mais …

Aproxima-se o lançamento do rover Perseverance

O rover Perseverance da NASA está a menos de um mês da data de lançamento prevista para 20 de julho. A missão de astrobiologia do veículo vai procurar sinais de vida microscópica passada em Marte, explorar …

Benfica 3-1 Boavista | Águias põem fim a quarentena caseira

O Benfica venceu na noite deste sábado o Boavista, naquele que foi o primeiro triunfo caseiro após a retoma da Liga. Poderá ter sido a redenção das águias? Após ter somado apenas dois triunfos, quatro desaires …