/

DGS confirma três casos de covid-19 na sua sede. Dez trabalhadores estão em isolamento profilático

Tiago Petinga / Lusa

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou esta noite que foram confirmados três casos positivos de covid-19 na sua sede, até ao momento, adiantando ainda que dez trabalhadores deste organismo ficarão em isolamento profilático.

Graça Freitas, diretora da Direção-Geral da Saúde, é um dos três casos de covid-19 confirmados, mantendo um quadro de sintomatologia da ligeira.

“Estes resultados surgem no âmbito da investigação epidemiológica, que está em curso, em articulação com a Autoridade de Saúde, tal como estipulam as normas vigentes, apenas se aplicando teste quando for considerado relevante”, adianta em comunicado.

“A DGS garante que a sua operacionalidade será mantida neste período crítico da pandemia por covid-19, através dos seus subdiretores-gerais, dos seus dirigentes e trabalhadores”, pode ler-se na mesma nota, onde a entidade explica que “grande parte” da sua equipa se encontrava em regime de teletrabalho, o que permite “garantir a substituição dos trabalhadores que ficarão em isolamento ou isolamento profilático”.

A responsável da autoridade de Saúde foi testada na noite passada depois de ter estado em contacto com um infetado, tendo o resultado chegado na manhã desta quarta-feira.

“A Direção-Geral da Saúde informa que a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, testou ontem positivo para a infeção por SARS-CoV-2, estando neste momento em isolamento. A Dra Graça Freitas manifesta sintomas ligeiros”, adiantou a DGS em comunicado.

Portugal contabiliza pelo menos 4.645 mortos associados à covid-19 em 303.846 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O país está em estado de emergência desde 9 de novembro e até 8 de dezembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado.

  ZAP //

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.