Após dez anos de silêncio, uma misteriosa estrela volta a emitir ondas de rádio

ESO

Trata-se de uma das estrelas mais estranhas do Universo. Pertence à já pouco comum categoria dos magnetares, cadáveres estelares de enorme densidade e que possuem poderosos campos magnéticos.

Apenas 23 magnetares são conhecidos – 23 casos no meio de milhões de estrelas. Mas o XTE J1810-197 também é diferente da maioria deles, o que o torna excecionalmente raro. Apenas quatro dos magnetares conhecidos enviam ondas de rádio – e o XTE J1810-197 é um deles.

Era-o, pelo menos, até ao final de 2008 quando, de repente, parou de transmitir. Desde então, e apesar do súbito silêncio do rádio, uma equipa de cientistas do Instituto Max Planck de Radioastronomia e da Universidade de Manchester não tirou os olhos dele. Uma década depois, tão subitamente como cessou, a emissão de ondas de rádio recomeçou.

Conforme explicado pelos astrónomos num artigo publicado no Arxiv, desde o último dia 8 de dezembro e sem aviso prévio, os instrumentos começaram a receber um novo fluxo de ondas de rádio do misterioso objeto. O perfil das ondas emitidas nesta ocasião difere substancialmente daquelas geradas há mais de uma década.

“As variações de pulso observadas até agora da fonte foram significativamente menos dramáticas, em escalas de tempo de meses a meses, do que as observadas em 2006”, escrevem os autores, citados pela ABC. Entre eles, destaca-se uma série de pequenas ondas na escala de milissegundos que, segundo os cientistas, poderiam ser devidas a “pequenos calafrios” na crosta da estrela.

Sabe-se muito pouco sobre os magnetares. Os modelos existentes sugerem que se formam do mesmo modo que as estrelas de neutrões, a partir do colapso gravitacional dos núcleos de estrelas moribundas maciças. A gravidade esmaga os núcleos de tal maneira que os átomos se rompem e as partículas que o formam comprimem-se.

O resultado é um “cadáver de estrelas” de pequenas dimensões, não maior do que uma pequena cidade, mas com uma massa equivalente a vários sóis.

Estes corpos possuem poderosos campos magnéticos. A ciência não está certa sobre como se pode formar um campo magnético de tal intensidade, embora acredite que poderia ser devido à rotação muito rápida destes cadáveres estelares.

Os magnetares também estão associados a uma série de rajadas de raios gama e raios-x poderosos e estranhos, os eventos mais poderosos do Universo conhecido e que os astrónomos, de tempos em tempos, detetam nos seus telescópios.

Em 2003, após um breve mas intenso clarão de raios X, o XTE J1810-197 começou a emitir pulsos de ondas de rádio, uma vez a cada cinco segundos e meio. Foi a primeira vez que se viu algo assim. Essas emissões continuaram até ao final de 2008.

Anos depois, no entanto, o mesmo comportamento também foi detetado em outros três magnetares. Quatro dos 23 conhecidos emitiam ondas de rádio. De acordo com o novo estudo, pode ser que os “tremores” da crosta dessas estrelas contribuam de alguma forma para as emissões.

Outra equipa de astrónomos usou recentemente a Rede de Telescópios Espaciais da NASA para observar o XTE J1810-197 e dois outros magnetares emissores de rádio e notaram as estranhas variações da transmissão. Os cientistas esperam que, agora que o XTE J1810-197 despertou, observações novas e mais precisas possam pôr fim à especulação e explicar qual é a verdadeira razão para estes estranhos pulsos de rádio.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Sinais vindo de fora da terra é o quê? Extraterrestre
    Vcs já ouviram falar da estrela kachina azul e estrela Kachina vermelha, da profecia dos índios Hopi?

RESPONDER

Procura mundial de petróleo pode alcançar o seu nível mais baixo numa década por causa do coronavírus

O surto de coronavírus afetará de forma "significativa" a procura global por petróleo, podendo esta atingir o seu nível de procura mais baixo numa década, alerta a Agência Internacional de Energia (IEA). Com a desaceleração da …

Vitória SC 1-2 Porto | “Dragão” cola-se à liderança

A Liga NOS está ao rubro. O FC Porto foi a Guimarães vencer o Vitória SC por 2-1 e está a apenas um ponto da liderança do campeonato, na sequência da derrota do Benfica no …

Ventura não faz "fretes". Chega não viabilizará Governo do PSD se não houver cedências

Para governar com a direita, o PSD precisa do recém-eleito Chega. No entanto, há características que separam os partidos: enquanto que os sociais-democratas se querem estabelecer ao centro, André Ventura estabelece linhas vermelhas e não …

Egito atinge 100 milhões de habitantes (mas não há grandes motivos para celebrar)

A população do Egito atingiu os 100 milhões de habitantes, tornando-se no país árabe mais populoso e o terceiro em África atrás da Etiópia e da Nigéria, anunciaram ontem as autoridades. O calculador eletrónico instalado no …

Coronavírus: Há mais dois casos suspeitos em Portugal

Há mais dois casos suspeitos de infeção por coronavírus em Portugal. Os doentes, que vieram da China, já foram encaminhados para o Hospital Curry Cabral, em Lisboa, e para o Hospital de São João, no …

Morreu o ator Tozé Martinho

O ator António José Bastos de Oliveira Martinho, mais conhecido como Tozé Martinho, morreu este domingo aos 72 anos. Tozé Martinho morreu este domingo, aos 72 anos. O ator foi levado para o Hospital de Cascais, …

NASA já tem um preço para a próxima alunagem

O responsável pelos voos tripulados da NASA, Doug Loverro, revelou esta semana que a agência espacial vai precisar de  35 mil milhões de dólares nos próximos quatro anos para conseguir voltar a pisar a Lua …

Covid-19: FMI admite que crescimento mundial desça para 3,1% este ano

A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional admitiu este domingo que a previsão de 3,3% para o crescimento da economia mundial possa descer 0,1 ou 0,2 pontos percentuais devido à propagação do coronavírus. "Por enquanto, a nossa …

Próximo Orçamento tem de começar a ser apresentado em abril (mas Centeno não o fará)

As novas regras de desenho de orçamentos vão ser novamente adiadas, avança este domingo o semanário Expresso. A equipa das Finanças já está concentrada no próximo Orçamento do Estado. No entanto, apesar de haver uma lei …

Exército do Canadá quer saia da farda mais curta para atrair mulheres

Para aumentar o alistamento de mulheres, o exército do Canadá está a considerar fazer alterações à farda, encurtando as saias, e referir-se às medalhas como "bling", palavra em inglês usada para se referir acessórios caros …