“Deve ser pela cor da minha pele”. Costa irrita-se com Cristas

Miguel A. Lopes / Lusa

A líder do CDS-PP e o primeiro-ministro envolveram-se esta quinta-feira numa dura troca de acusações sobre as irregularidades detetadas na Caixa Geral de Depósitos e os atos de violência da última semana em Lisboa e Setúbal.

No debate quinzenal, no parlamento, Assunção Cristas insistiu com António Costa para saber se condenava ou não “os atos de vandalismo” que aconteceram nos distritos de Lisboa e de Setúbal durante a semana e se “defende a autoridade da polícia”.

O chefe do Governo, que confessou que “a paciência tem limites” por causa das perguntas de Cristas sobre a Caixa Geral de Depósitos, deu a resposta numa frase.



“Está a olhar para mim… Deve ser pela cor da minha pele que me pergunta se condeno ou não condeno”, disse António Costa, o que deu origem a uma “pateada” na bancada do CDS e do PSD e aplausos na do PS.

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, fez então uma advertência aos deputados, mas também ao primeiro-ministro António Costa. “Temos todos que ter calma e moderação, deputados e o senhor primeiro-ministro. Peço que este tipo de conclusões não sejam usadas neste debate”, afirmou.

Quando voltou a tomar a palavra, Assunção Cristas respondeu apenas: “Não respondo ao seu comentário. Fiquei com vergonha alheia”.

Jerónimo recusou generalizações

Também no debate quinzenal, o secretário-geral do PCP rejeitou quaisquer generalizações sobre vandalismo ou más práticas policiais, referindo-se à violência e confrontos com origem no bairro da Jamaicae consequentes manifestações populares.

“Aquilo que temos de fazer é intensificar as medidas de combate à pobreza, à exclusão social e reforçar a coesão social. É absolutamente essencial mantermos todos serenidade, cabeça fria e elevada responsabilidade. Uma andorinha não faz a primavera e não é um comportamento de incivilidade que permite classificar toda uma comunidade. Não é a violência de um agente policial que permite afetar o prestigio, honra, admiração, respeito e confiança que temos de ter nas forças de segurança, PSP e GNR”, disse Costa.

O primeiro-ministro prometeu “continuar a fazer” o que está a ser levado a cabo: realojamento de famílias naquele e noutros bairros, reforço de homens, meios, equipamentos e instalações das forças de segurança, assim como o combate ao racismo e à xenofobia.

“O PCP não alimentará correntes de generalização que aproveitam ações e comportamentos individuais para promover sentimentos racistas e xenófobos contra comunidades de cidadãos cujos direitos devem ser respeitados, sem discriminações. Recusamos igualmente alimentar outras correntes de generalização que aproveitam situações de uso da força por parte das forças de segurança para lançar sobre todos os profissionais rótulos injustos que não merecem”, afirmara o líder comunista.

Para Jerónimo de Sousa, “a denúncia da violência policial deve ser cabalmente investigada. Situações de violência arbitrária ou injustificada, outras práticas inaceitáveis, devem ser prevenidas, combatidas e eliminadas, mas não devem ser instrumentalizadas”.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

22 COMENTÁRIOS

  1. Cada vez é mais provado que este tipo de gente é a mais RACISTA que existe. Eles próprios é que se autointitulam diferentes, não os outros. Pelo que li na noticias ninguém falou na cor da pele do Costa somente ele p/ se fazer de vitima, como é habitual quando alguém está a ser atacado e já não sabe mais que argumentos usar pega na cor da pele… estas sanguessugas são do pior.

    • É o habitual deste sujeito (Costa). Quando, no Parlamento, se sente entalado, ele já deve ter umas evasivas no bolso para se sair do enrascanço em que se encontra. É um indivíduo muito manhoso que já prepara meios artificiosos para estas situações. O pior para ele é que os portugueses já vão conhecendo a peça.

  2. Só nos faltava mais esta. Um primeiro ministro sentir-se vítima de racismo quando inquirido pela oposição

    triste governo este….

    se não fosse tão triste seria de rir à gargalhada

  3. “O primeiro-ministro prometeu “continuar a fazer” o que está a ser levado a cabo: realojamento de famílias naquele e noutros bairros”

    Enquanto isto eu Português nascido em Portugal, que estudei de noite e trabalhei de dia nas obras e na entrega de bilhas do gás, trabalhos que ninguém gosta de fazer para juntar dinheiro e abrir a minha empresa pago um balúrdio de impostos para pagar casas de quem não quer trabalhar, se eu não trabalhar tenho uma pocilga em vez de casa, mas isso sou eu que sou Português

  4. Cá está. A esquerda quando não tem razão, a lançar a carta dos “oprimidos e vitimas” no caso, coitado do António Costa que não é branco. Até me admirou este tipo de conversa de promoção de divisão racial pela esquerda, demorar tanto tempo a chegar a Portugal

  5. Quem não é racista nunca diferencia a cor de pele, se faz essa diferenciação, digam o que disserem, essa pessoa, é um racista, será por isso faz tudo para destruir a nossa economia?

  6. O Monhé, quando já não tem mais argumentos, defende-se com a cor da pele. Está a plagiar os negros que esses são peritos a usar a cor da pele para se desculparem dos crimes que cometem. O PCP diz que o problema é a pobreza. Já estamos a sustentar esta cambada de selvagens e o PCP quer que nós dêmos mais subsídios para esta pobreza passear de carro, ir ao cinema, passar férias. etc..
    Estes políticos e governantes andam todos pedrados..

  7. Quando não tenho argumentos e ou razão, faço-me vitima. Engenheiros bem falantes e doutores oradores da palavra com a sabedoria para iludir o povo que trabalha a vida inteira e no fim recebem reformas de miséria porem as regalias são mais que muitas só para eles. Já agora recordo que não se esqueçam de votar neles que não deixam nada porque comem tudo. Povo português vamos abrir os olhos.

    • Uma cambada de geringonceiros que estão a levar o país não sei para onde. Temos que pensar bem, em Outubro. De contrário, vamos cair na degradação total.

  8. O problema deste primeiro-ministro não é a sua cor de pele. É a sua tendência para a charlatanice. Esse sim é o seu problema.

  9. Fico estarrecido com os comentários aziados, que prevalecem em todos os comentários que prejudicam definitivamente, apurar a razão porque está a acontecer está selvajaria. Chamem e digam o que quiserem mas vitimização, por parte do PM, não a estou a conseguir verificar. Quando não há razão inventamos e os comentários que leio, são algo ultrajante para nós, que somos Portugueses nascidos em Portugal. Quando se abrem as portas de um País a um êxodo de turismo permanente, temos de entender, que eles adquirem exactamente os mesmos direitos, todos e por um só. Qual é o espanto? Trabalhar até ficar velho demais para usufruir da parca reforma? Mas esses “os tais” que não merecem, não vão receber a mesma reforma?! Se acham que está tudo errado, e eu acho que sim que há muito que está, então votem. Façam-se notar e ouvir. Dizia Sá Carneiro, “não votar é votar em quem não se quer”.

      • Por mais que a dor de barriga aperte ninguem vos escuta,sabem porquê?meia duzia de pessoas a comentarem-se uns aos outros e em campanha eleitoral,isso é que é uma vergonha,aliás existem aqui comentadores que não sabem o que é Democraçia,mas eu posso explicar,forma o Governo partido que for apoiado por 51 por cento da mesma Assembleia,o 1º Ministro do Luxemborgo foi a 3º partido votado é Gay e nem por isso os Luxembourgueses o mandam embora,que eu saiba não é nenhuma ditadura. e conheço muito bem .

        • “não sabem o que é Democracia” ?? mas que merda de democracia onde no final governam os vencidos unidos… rssss… “me cago en esta democracia” hoder…

  10. O PM fez muito bem em demonstrar à colonialista e racista da Cristas que percebeu o alcance da sua insinuação. É sabido que a Cristas vive numa situação de desespero porque nunca mais descola nas sondagens e prevê não atingir os níveis eleitorais atingidos pelo Paulo Portas e muito menos ainda alcançar os índices eleitorais do PSD. É muita ambição para uma cabeça tão pequenina.

  11. O problema deste senhor é ter acedido (não eleito) ao poder. Agora dá ares de galo no poleiro e está a ficar gordo como um texugo em todos os aspectos.
    A atitude de falar na côr da pele para fugir à resposta é às responsabilidades é vergonhosa e inaceitável para um primeiro ministro seja de que côr for…

  12. Mas afinal o que quis insinuar este senhor? Que Assunção CRistas e racista? Que vergonha? Esse sr. Usou argumentos para destituir Antonio José Seguro, que depois já não aplicou a só próprio!!!! Aprendeu tudo com o Pinto de Sousa, excepto ganhar eleições . E um grosseiro e mal criado.

  13. Coitadinho do sr Costa, que nem critica quem á policia chama bosta.
    isto é uma quadra porque as maiores bostas que o nosso país tem são os corruptos que ficam sempre sem castigo, encobrem-se uns aos outros.
    o nosso primeiro ministro que nem sabe falar, devia estar calado.
    Temos que pensar bem em quem vamos votar, já vimos que este governo tira a quem trabalha,para dar a quem nada faz

RESPONDER

"Sentimento anti-Modi." Pandemia deixa primeiro-ministro indiano debaixo de fogo

A segunda vaga de covid-19 na Índia tem alfinetado Narendra Modi. Restam saber quais serão as consequências políticas para o primeiro-ministro indiano. Narendra Modi chegou ao poder em 2014, cheio de promessas de crescimento e prosperidade …

"Um dia feliz". Britânicos voltam em força (e até o calor se antecipou)

Turistas de quase toda a Europa podem, a partir desta segunda-feira, entrar em Portugal, no regresso do turismo internacional. É "um dia feliz" para o turismo nacional, sobretudo devido ao regresso dos britânicos que trazem …

FC Porto avança por Beto e já há valores em cima da mesa

O negócio entre o FC Porto e o Portimonense pelo avançado Beto já estará numa fase bastante avançada. Apesar de os três grandes terem demonstrado grande interesse em Beto, segundo avança o jornal O Jogo, são …

Odemira não é um caso único. Em Santarém, há situações "em tudo semelhantes"

O SEF tem investigado em Santarém situações "em tudo semelhantes às investigadas em Odemira e no Alentejo" por auxílio à imigração ilegal e tráfico de pessoas. Odemira tem estado recentemente no centro de toda a atenção …

No último ato da Liga, há uma luta por uma vaga europeia e uma fuga à despromoção

Vitória de Guimarães, Santa Clara e Famalicão lutam pela derradeira vaga de acesso às competições europeias de futebol da próxima época, numa 34.ª e última jornada marcada também pela ‘fuga’ à despromoção da I Liga …

"O PSD nacional tem de mudar e já", apela Alberto João Jardim

O antigo presidente do Governo Regional da Madeira defendeu num artigo de opinião, publicado esta segunda-feira, que o PSD nacional tem de "acordar" e "mudar já" e "não esperar pelos resultados das eleições autárquicas". No artigo …

Marega quebrou as regras e não volta a jogar pelo FC Porto

Depois de interagir com o Al Hilal, o seu novo clube, nas redes sociais, Moussa Marega não deverá voltar a jogar ao serviço do FC Porto, por ordem de Sérgio Conceição. É certo que falta apenas …

Os processos foram separados, mas Salgado e Vara serão julgados pelos mesmos juízes

Nos dois julgamentos que resultaram da separação de processos decidida por Ivo Rosa, Salgado e Armando Vara serão julgados pelo mesmo coletivo de juízes, apesar da distribuição ter sido eletrónica. Segundo avança o ECO, Ricardo Salgado …

Afinal, jogos da última jornada não vão ter público nas bancadas

A direção da Liga Portugal comunicou, esta segunda-feira, que, afinal, os jogos da última jornada da Liga NOS não vão ter público nas bancadas, como chegou a ser anunciado. "A Direção da Liga Portugal reuniu-se na …

Antes do pedido de insolvência, Groundforce pediu dinheiro à TAP para pagar salários

A Groundforce alertou a TAP de que não tinha dinheiro para os salários e precisava de receber pagamentos da companhia aérea imediatamente antes de o pedido de insolvência ter sido feito. Segundo o ECO, numa carta …