“Jogo de passa-culpas”. Detenção de Vieira abre guerra entre Novo Banco e Fundo de Resolução

Tiago Petinga / Lusa

O presidente do Conselho de Administração da Promovalor, Luís Filipe Vieira, fala perante a Comissão Eventual de Inquérito Parlamentar às perdas registadas pelo Novo Banco e imputadas ao Fundo de Resolução

O Novo Banco acusa o Fundo de Resolução pelo facto de a venda da dívida da Imosteps, empresa de Luís Filipe Vieira, não ter sido vendida isoladamente a um fundo.

A detenção de Luís Filipe Vieira foi como uma bomba largada no meio da direção benfiquista. No entanto, o SL Benfica não foi a única instituição afetada pela queda do ex-presidente das ‘águias’.

Numa carta à qual o semanário NOVO teve acesso, António Ramalho, presidente do Novo Banco, culpa o Fundo de Resolução por má venda da dívida da Imosteps, a empresa de Vieira que está no centro da investigação do Ministério Público. “É um jogo de passa-culpas”, escreve o jornal esta sexta-feira.

O Novo Banco argumenta que a dívida da Imosteps podia ter sido vendida mais cedo e ter sido vendida isoladamente, por 9,7 milhões de euros. A dívida acabaria por ser comprada por José António dos Santos, empresário conhecido como ‘Rei dos Frangos’.

O banco sugere que a dívida da empresa de Luís Filipe Vieira só não foi vendida por um preço mais alto porque o Fundo de Resolução, liderado por Máximo dos Santos, não autorizou.

António Ramalho alega que o Novo Banco foi obrigado a vender a dívida da Imosteps em bloco, no pacote Nata 2, encaixando apenas 6,6 milhões de euros, porque o Fundo de Resolução não aceitou vender a um fundo.

“O Fundo de Resolução tinha o direito a retirar do perímetro certos casos que julgasse do seu interesse não serem alienados, direito de exclusão que usou para alguns casos, mas que decidiu não usar para a Imosteps, mesmo sabendo que o valor era mais baixo”, lê-se na carta enviada à Comissão Parlamentar de Inquérito sobre as perdas do Novo Banco, à qual o NOVO tece acesso.

Em 2019, a Nata II viu o Novo Banco desfazer-se dos seus maiores devedores. A intenção era alienar créditos de 3 mil milhões de euros, mas o banco acabou a vender ativos de 1.202 milhões de euros, com uma imparidade de 1.056 milhões.

Apenas em cinco operações de venda de créditos e imóveis (Nata I, Nata II, Viriato, Sertorius e Albatroz), o banco liderado por António Ramalho perdeu 611 milhões de euros.

A versão do Ministério Público é distinta, com o organismo a sugerir que as vendas só foram chumbadas pelo Fundo de Resolução porque já se suspeitava que o comprador, José António dos Santos, estava ligado ao devedor, Luís Filipe Vieira.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …