Descobertos novos detalhes do livro egípcio sobre a vida após a morte

Osama Shukir Muhammed Amin / FRCP Glasg

Parte do ‘Livro da Respiração’ egípcio.

Um investigador norte-americano descobriu novos detalhes sobre a coletânea de livros egípcios sobre a vida após a morte, conhecida como ‘Livro da Respiração’.

Livro da Respiração é a designação dada a uma coletânea de feitiços, fórmulas mágicas, orações, hinos e litanias do Antigo Egito. Neste contexto, a palavra “respiração” é metafórica para todos os aspetos desta vida que o falecido desejava sentir infinitamente na vida após a morte.

O objetivo destes textos era ajudar o morto na sua ida para o outro mundo, afastando eventuais perigos que este poderia encontrar na viagem para o Além. Os antigos egípcios tinham tanta certeza da existência de uma vida além da morte, que tinham toda a jornada mapeada.

Recentemente, o professor norte-americano Foy Scalf, líder dos Arquivos de Investigação da Universidade de Chicago, analisou pela primeira vez o ‘Primeiro Livro da Respiração’. Aquilo que descobriu está descrito num estudo publicado em outubro na revista científica Journal of Near Eastern Studies.

A análise de Foy Scalf foi possível graças a uma doação do magnata norte-americano Edward E. Ayer ao Museu Field de História Natural, em 1894, de um artefacto conhecido como Papiro FMNH 31324. Os resultados da investigação revelam detalhes nunca antes conhecidos sobre as preparações dos egípcios para a vida no Além, escreve o Ancient-Origins.

De acordo com as tradições egípcias, o ‘Primeiro Livro da Respiração’ era posicionado sob a cabeça do falecido, enquanto o ‘Segundo Livro da Respiração’ era colocado sob os pés.

Scalf descobriu que o ‘Primeiro Livro da Respiração’ foi criado através de um “processo exegético cuidadoso”, começando com uma seleção de feitiços do antigo ‘Livro dos Mortos’. Os feitiços escolhidos deste último livro tinham como objetivo preparar o falecido para conhecer o panteão dos deuses.

O investigador sabe agora que o texto foi inscrito e ilustrado por um único escriba. Scalf diz ainda que no ‘Primeiro Livro da Respiração’ há vários casos em que o escriba cometeu erros. Existe uma confusão repetida de pronomes, sinais hieráticos e ordem de cópia, que Scalf diz serem típicos ao copiar materiais de origem mais antiga.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Noutros tempos acreditavam… é uma questão de cultura da altura… e actualmente saber exactamente isso que eu disse. Estudar é importante

Responder a Pedro Cancelar resposta

Maionese está a salvar tartarugas após derrame de petróleo em Israel

Membros do Centro Nacional de Resgate de Tartarugas Marinhas de Israel estão a usar maionese para limpar as vias respiratórias de tartarugas que inalaram petróleo em alto-mar. Israel fechou este domingo as praias mediterrânicas dias após …

Itália investiga empresas de entrega de comida. Há estafetas tratados "como escravos"

Itália está a investigar as empresas de entrega de comida online, com um promotor a lamentar que os estafetas que fazem as entregas, muitos deles imigrantes, são praticamente tratados "como escravos". Procuradores de Milão avançaram que …

O IONIQ 5 é o novo carro elétrico da Hyundai (e é enorme entre eixos)

O ano 2021 vai ser promissor na apresentação e lançamento de carros elétricos no mercado mundial. Algumas marcas, como a Hyundai, têm produtos prontos para serem comercializados. Agora, a marca sul-coreana apresenta o IONIQ 5. Com …

Em Moscovo, qualquer um pode ser vacinado contra a covid-19 (e até ganha um gelado)

Em Moscovo, capital da Rússia, a vacina Sputnik V está disponível gratuitamente a qualquer pessoa que queira ser vacinada desde 18 de janeiro. Os interessados não precisam de agendar a toma e até ganham um …

As abelhas convenceram-nos de que sabiam matemática. Mas mentiram-nos

O novo estudo não significa necessariamente que as abelhas não entendam números, mas sugere que os animais usam propriedades não numéricas para resolver problemas matemáticos. Vários estudos convenceram-nos de que as abelhas são pequenos génios matemáticos: …

Liam Thorpe era prioritário na vacinação contra a covid-19 por ter 6,2 cm. Foi um erro

Liam Thorp, um homem de 32 anos sem comorbilidades, foi incorporado na lista de cidadãos prioritários para a vacinação contra a covid-19 no Reino Unido. Tudo por causa de um erro no sistema, que o registou …

Decisão de Lyon de retirar carne das ementas escolares gera protestos em França

A decisão temporária do presidente da Câmara de Lyon, membro do partido Europa Ecologia - Os Verdes, está a ser recebida com protestos em França. De acordo com o jornal The Guardian, Grégory Doucet decidiu retirar …

Roma 3-1 SC Braga | Minhotos despedem-se na Cidade Eterna

Portugal está sem equipas na Liga Europa 2020/21. O Sporting de Braga deslocou-se a Roma e perdeu por 3-1, terminando a eliminatória dos 16 avos-de-final com um agregado de 5-1, após a derrota por 2-0 …

Desenhe o seu próprio icebergue. Um site diz-lhe se flutua ou se vira

Joshua Tauberer criou um simulador de icebergues com o objetivo de demonstrar que a glacióloga Megan Thompson-Munson estava certa. "Um icebergue alongado não flutuaria de cabeça, mas de lado", disse a especialista na semana passada. A …

Divulgados vídeos que sugerem como poderão ser os primeiros óculos de Realidade Aumentada da Samsung

A Samsung tem falado de óculos de Realidade Aumentada (RA) há anos, tendo recentemente lançado um conjunto básico de óculos de projeção de imagem no palco CES 2020. Porém, nunca tinha sido visto a empresa …