Descobertos livros venenosos na biblioteca de Universidade dinamarquesa

Cientistas dinamarqueses descobriram níveis elevados de arsénio em três livros dos Séculos XVI e XVII que estavam nas estantes da Biblioteca de uma Universidade. Uma descoberta surpreendente e que poderia ser letal para quem consultasse os livros.

Especialistas da Universidade do Sul da Dinamarca fizeram a surpreendente descoberta quando estavam a estudar fragmentos de manuscritos medievais que foram reutilizados para fazer as capas de outros livros.

Os investigadores tentavam identificar o tipo de textos latinos usados para o efeito, quando se depararam com um pigmento verde na capa dos livros.

Com o recurso a tecnologia de fluorescência de micro-Raios-X, que é habitualmente utilizada para analisar as propriedades químicas de cerâmicas e pinturas, conseguiram detectar que o pigmento era, na verdade, arsénio, revelam os investigadores dinamarqueses Kaare Lund Rasmussen e Jakob Povl Holck no The Conversation.

As capas dos livros tinham “grandes concentrações de arsénio”. Acredita-se que o pigmento contendo este elemento químico altamente tóxico tenha sido usado no Século XIX, para proteger os volumes dos insectos e dos vermes.

“Estávamos à procura de escrita que mostrasse como a tinta pode conter cobre ou ferro ou cálcio. Contudo, no momento em que colocamos o feixe de Raios-X na superfície verde, vimos as fantásticas quantidades elevadas de arsénio”, sustentam os investigadores.

O arsénio está entre “as substâncias mais tóxicas do mundo”. O elemento químico pode causar “vários sintomas de envenenamento”, levar ao desenvolvimento de cancro e até à morte, acrescentam os investigadores.

Os livros que contêm arsénio são o “Anglica Historia” de Polydorus Vergilius (1570), o “Historia boiemica” de Johannes Dubravius (1575), e o “Vitæ Patrum Das ist: Das Leben der Altväter, Zu nutz Den Predigern Göttliches Worts” de Georg Maior (1604).

A Biblioteca da Universidade está, agora, a armazenar os livros venenosos em caixas separadas, com etiquetas de segurança, num gabinete ventilado.

“A razão para a última recomendação é que o arsénio tem uma tendência para se transformar em arsina que é transportada pelo ar (AsH3), dadas as condições adequadas de humidade e de luz”, explica Kaare Lund Rasmussen à Fox News.

A arsina ou hidreto de arsénio forma-se quando este elemento químico entra em contacto com um ácido. Trata-se de um gás incolor extremamente tóxico, que pode romper os glóbulos vermelhos e causar a morte através de falência renal.

“O próximo passo é avisar os bibliotecários e os leitores de livros antigos para usarem luvas protectoras, e avisar as bibliotecas para armazenarem qualquer livro antigo pintado de verde num ambiente seco e escuro, longe do risco de pessoas que inalem o ar acima dos livros”, salienta ainda Rasmussen na Fox News.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Livros que ninguém lê, felizmente a Dinamarca ainda tem bibliotecas, por aqui até as bibliotecárias acham que os livros são só um monte de papel velho.

RESPONDER

Forças armadas alemãs ponderaram recrutar estrangeiros (mas ninguém se quis juntar)

As forças armadas da Alemanha estão a lutar para atrair recrutas muito necessárias, com o número de novos soldados no Bundeswehr a cair para um recorde no ano passado. A escassez é um desafio urgente para …

FC Porto vs Vitória Setúbal | Superioridade total do dragão

O FC Porto não vacilou e regressou às vitórias na Liga NOS. Na recepção ao Vitória de Setúbal, os “dragões” venceram por 2-0, num jogo que esteve longe de ser espectacular e que valeu pela …

Os portugueses dormem pouco e mal

Os portugueses estão a descansar poucas horas, dormindo em média menos de seis horas diárias, com reflexos negativos na vida ativa e social, disse esta sexta-feira o presidente da Associação Portuguesa do Sono (APS), Joaquim …

Vaticano destitui ex-cardeal dos Estados Unidos por acusações de abusos sexuais

A Congregação para a Doutrina da Fé expulsou do sacerdócio o ex-cardeal e arcebispo emérito de Washington Theodore McCarrick depois de este ser acusado de abusos sexuais de menores e seminaristas, anunciou o Vaticano. Num comunicado, …

Maré de água suja atingiu a já debilitada Grande Barreira de Coral

Um enorme manto de água poluída oriunda das recentes inundações que se registaram no nordeste da Austrália penetrou em partes da já debilitada Grande Barreira de Coral, o maior recife de coral do mundo. Estas camadas …

É oficial: Pedro Marques é o cabeça-de-lista socialista às europeias

O atual ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, é o cabeça de lista dos socialistas às eleições europeias. Era uma notícia já avançada por vários órgãos de comunicação social e hoje António Costa confirmou-a. …

Governo espanhol aprova ordem de exumação de Franco

O Governo espanhol aprovou a ordem para exumar o ditador Francisco Franco do seu atual lugar de enterro, o monumento do Vale dos Caídos, medida à qual a família ainda se opõe. Os familiares de Franco …

Sonda da NASA aperta órbita em preparação para a missão Marte 2020

A missão MAVEN (Mars Atmosphere and Volatile Evolution) da agência espacial norte-americana, já com 4 anos, está a embarcar numa nova campanha para apertar a sua órbita em torno de Marte. A operação vai reduzir …

Trump precisa de oito milhões de dólares para o muro e a Casa Branca explica onde os vai buscar

A Casa Branca identificou esta sexta-feira os fundos federais que serão utilizados pela administração de Donald Trump para conseguir financiar a construção do muro na fronteira com o México. O Presidente norte-americano declarou esta sexta-feira estado …

Desativação de bomba da II Guerra Mundial paralisa e evacua Paris

Mais de mil moradores e trabalhadores evacuados, comboios urbanos, nacionais e internacionais cancelados, estradas fechadas, rotas de autocarro desviadas e pelo menos uma estação de metro encerrada em Paris. Também o bairro de porte de La …