//

Tesouro da Idade do Bronze descoberto por acaso na Suécia

Um cartógrafo sueco encontrou, por acaso, numa floresta próxima da cidade de Alingsas, um tesouro com cerca de 50 relíquias da Idade do Bronze.

De acordo com a agência France-Presse, citada pelo site Science Alert, estas relíquias, com cerca de 2500 anos, são maioritariamente joias e foram encontradas numa floresta perto da pequena cidade de Alingsas, na Suécia.

Em comunicado, o Conselho Administrativo deste condado sueco disse tratar-se de um dos “maiores e mais espetaculares achados” da Idade do Bronze já verificados no país.

Entre a meia centena de relíquias, que se acredita serem do período entre 750 e 500 A.C., estão alguns “colares, correntes e agulhas muito bem preservados” feitos de bronze.

Tomas Karlsson, o cartógrafo que fez esta descoberta acidentalmente quando estava a atualizar um mapa, pensou inicialmente que fosse apenas lixo. Mas depois viu uma espiral e um colar.

Foi então que o sueco decidiu relatar a sua descoberta às autoridades locais, que enviaram uma equipa de arqueólogos para examinar o local.

“A maioria dos objetos são feitos de bronze e podem ser associados a mulheres de alto estatuto da Idade do Bronze“, disse, em comunicado, Johan Ling, professor de Arqueologia da Universidade de Gotemburgo.

“Foram usados para adornar diferentes partes do corpo, como colares, pulseiras e tornozeleiras, mas também havia grandes agulhas e ilhós usados para decorar e segurar diferentes peças de roupa, provavelmente feitas de lã”, acrescentou.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.