Descoberta na Grécia uma antiga cidade perdida com 2.500 anos

SIA/EAK/YPPOA

Arqueólogos exploram vestígios de Vlochós, antiga cidade grega perdida com 2500 anos.

Arqueólogos exploram vestígios de Vlochós, antiga cidade grega perdida com 2500 anos.

É um verdadeiro “mistério” o facto de uma antiga cidade grega, com 2.500 anos, ter ficado tanto tempo “perdida” entre vegetação e pedras. E foi por mero acaso que dois arqueólogos a descobriram.

Esta antiga cidade grega conhecida por Vlochós, situada a cerca de 300 quilómetros de Atenas, no norte da Grécia, foi descoberta por um estudante de doutoramento da Universidade de Gotemburgo, na Suécia. Robin Ronnlund estava a trabalhar noutro projecto quando, juntamente com um colega, tropeçou na descoberta.

Os vestígios desta antiga cidade foram encontrados em torno da colina Strongilovoúni, situada nas grandes planícies da Tessália, e remontam a vários períodos históricos, mas os arqueólogos que trabalham no projecto referem que terá 2.500 anos.

“O facto de nunca ninguém ter explorado a colina é um mistério“, nota Robin Ronnlund, citado pelo site de arqueologia Heritagedaily.com.

A cidade pode ter passado despercebida durante tanto tempo porque se acreditava que aquela região era de pouca importância em termos de vestígios do mundo antigo. Mas a descoberta pode mudar completamente essa ideia.

“O que eram considerados vestígios de um assentamento irrelevante, numa colina, podem agora ser actualizados para vestígios de uma cidade de maior significado do que se pensava“, nota Robin Ronnlund que liderou as primeiras pesquisas de campo do projecto que incluiu investigadores suecos da Universidade de Gotemburgo e britânicos da Universidade de Bornemouth.

Os investigadores divulgaram um vídeo com a vista aérea da colina onde se situa esta cidade perdida.

Cidade abandonada talvez por causa dos romanos

Até agora, os arqueólogos encontraram paredes da fortaleza, torres e portões da cidade, bem como “cerâmica antiga e moedas que podem ajudar a datar a cidade” com mais precisão, refere Ronnlund.

“Encontrámos uma praça da cidade e uma grade da rua que indicam que estamos a lidar com uma relativamente grande cidade”, acrescenta o investigador, realçando que “a área dentro da muralha da cidade mede cerca de 40 hectares“.

Ronnlund situa as “descobertas mais antigas” encontradas no local em 500 a.C., mas nota que “a cidade parece ter florescido sobretudo entre o quarto e o quinto séculos a.C., antes de ser abandonada por alguma razão, talvez em ligação com a conquista da área pelos romanos”.

A primeira fase dos trabalhos de exploração já terminou, mas o Projecto Arqueológico Vlochós, que está a ser levado a cabo no local por suecos e gregos, com a participação do Instituto Sueco de Atenas e do serviço arqueológico local de Karditsa, vai prosseguir no próximo ano.

A equipa de investigação vai tentar evitar os métodos de escavação tradicional, apostando antes em técnicas inovadoras, como o radar de penetração do solo, para deixar o local perfeitamente intacto.

O objectivo é desvendar os “muitos segredos” que a colina esconde, conforme destaca Ronnlund que acredita que “há ainda muito para descobrir no solo grego”.

SV, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal foi o país da Europa que mais pagou a agentes de futebol

Em 2019, Portugal foi o país da Europa que mais gastou em comissões a agentes nos processos de venda de jogadores de futebol. Os números são de um relatório FIFA, citado esta quinta-feira pelo Jornal de …

"Agregar, agregar, agregar". Se vencer, Pinto Luz conta com Rio e Montengro

O candidato à liderança do PSD Miguel Pinto Luz disse que caso vença as diretas de 11 de janeiro quer contar os seus adversários nesta corrida - o antigo líder parlamentar Luís Montenegro e o …

Açores são o único arquipélago do mundo com certificado de destino turístico sustentável

Os Açores são a primeira região do país certificada como destino turístico sustentável, distinção atribuída a apenas 13 regiões no mundo e entregue esta quinta-feira com a categoria de "prata" pela certificadora Earthcheck. "É com profundo …

Kendrick Lamar atua em data extra do Alive

O rapper norte-americano Kendrick Lamar vai atuar a 8 de julho, num dia extra do festival Alive, no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras. Esta será a terceira vez que o rapper atua em Portugal, tendo …

Hugh Grant em campanha porta a porta contra Boris Johnson e o Brexit

Hugh Grant está em campanha contra o primeiro-ministro do seu país. O ator britânico decidiu juntar-se aos trabalhistas e liberais democratas para derrotar Boris Johnson e, nos últimos dias, tem participado em ações de campanha …

Sarah previu a vitória de Trump em 2016. Agora, alerta para o perigo das redes sociais

Sarah Kendzior, que previu a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de 2016, diz que as redes sociais podem ser utilizadas como uma arma política. Quando quase todos menosprezavam a corrida eleitoral de Donald Trump …

Marcelo "afasta-se" do encontro entre Pompeo e Netanyahu

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, garantiu esta quinta-feira que o encontro, que decorre em Lisboa, entre o secretário de estado dos Estados Unidos e o primeiro ministro israelita "é uma realidade que …

Economia portuguesa cresce acima da média europeia

As economias da zona euro e da União Europeia (UE) mantiveram, no terceiro trimestre, o ritmo de crescimento do período homólogo, respetivamente 1,2% e 1,4%, com Portugal a avançar acima da média (1,9%). Segundo revelou o …

Atendimento a sem-abrigo passa a ser feito independentemente da morada

O atendimento de emergência a pessoas sem-abrigo passa a poder ser feito em qualquer centro distrital da Segurança Social, independentemente da morada em que a pessoa está registada ou da existência de um processo familiar, …

Catarina Martins presente na contra-cimeira do clima em Madrid

A coordenadora do BE integra a comitiva bloquista que, na sexta-feira, vai a Madrid para a manifestação da contra-cimeira do clima, enquanto decorre na capital espanhola a cimeira da Organização das Nações Unidas, a COP25. Em …