/

Derrocada em pedreira no Funchal faz um morto

Homem de Gouveia / Lusa

Uma derrocada na Estrada da Fundoa, em São Roque, na ilha da Madeira, matou um trabalhador, que ficou soterrado pelos destroços.

O alerta da derrocada foi dado às 13h54. Depois de os bombeiros terem admitido a probabilidade de um trabalhador ter ficado soterrado, fonte oficial da Proteção Civil da Madeira confirmou a morte de uma pessoa.

A britadeira pertence à empresa Brimade e o trabalhador soterrado era um dos operadores de uma escavadora, segundo informações avançadas pelo JM Madeira.

“A vítima era um manobrador de uma máquina escavadora que foi surpreendido por uma derrocada”, disse ao Expresso o comissário Marco Lobato do Comando Regional da PSP da Madeira.

Em declarações à Rádio Renascença, fonte dos Bombeiros Voluntários Madeirenses garante que a derrocada aconteceu numa zona em que não há habitações. A escarpa é muito acentuada e a zona está limitada.

Segundo o jornal madeirense, os “bombeiros têm de efetuar uma levada paralela e tomar todas as precauções de forma a prevenir a queda” de mais pedras. No local do acidente estão já também os Bombeiros Sapadores do Funchal e o presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Gouveia.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.