Deputado espanhol usa regime para residentes não habituais português para escapar a impostos em Espanha

O deputado e porta-voz para a área económica do Ciudadanos, Marcos De Quinto, que também foi vice-presidente da Coca-Cola entre 2015 e 2017, recorreu ao Regime Fiscal para Residentes Não Habituais em Portugal para pagar menos impostos em Espanha, face ao que qualquer cidadão espanhol pagaria normalmente.

Contudo, embora legal e legítimo, o regime em causa poderá não ser válido no caso de De Quintos, de acordo com o jornal espanhol El Econonomista. De acordo com o periódico, a opção de Marcos de Quinto ter-lhe-á permitido uma poupança de 21 pontos percentuais face à coleta de impostos em vigor em Espanha.

As autoridades espanholas suspeitam que de Quintos terá optado por este mecanismo para que os seus rendimentos anuais não fossem inteiramente coletados pelo IRPF (sistema idêntico ao IRS em Portugal).

Em Espanha, a situação surgiu porque o deputado do Ciudadanos é o único político do parlamento espanhol que não divulgou o valor dos seus rendimentos em 2018, nomeadamente na declaração de bens e rendimentos de deputados e senadores, que De Quintos deveria ter entregue até 2 de junho deste ano.

Sobre a passagem pela capital portuguesa, De Quinto justificou que “tem trabalhado pelo mundo e não fui residente em Espanha desde 2015. Fui para Lisboa porque queria estar tranquilo para escrever um livro e porque a minha mulher, que é uma soprano brasileira, que morava em Nova Iorque tinha uma relação forte com Lisboa”.

Embora tenha residido em Portugal durante cerca de três meses em 2018, Marcos De Quintos poderá não evocar o regime fiscal em causa por não cumprir os requisitos de isenção de impostos em Espanha.

“Parece-me evidente que não é o caso”, explicou um advogado especialista na área fiscal ao Jornal Económico. Para recorrer ao estatuto previsto no regime fiscal mencionado, Marcos de Quintos, comprovando que não teve domicilio fiscal em Portugal nos cinco anos anteriores a 2018, “teria de de permanecer mais de 183 dias em Portugal ou ter uma casa que faça supor a intenção de manter a casa e ocupá-la como residência habitual”. Isto aplica-se quer a cidadãos estrangeiros, quer a cidadãos portugueses que estiverem a viver fora do país e pretendam regressar a Portugal.

Além disso, observando os acordos de dupla tributação existente entre Espanha e Portugal, o caso de Marcos de Quintos também poderá não servir de justificação aos olhos do Fisco espanhol, visto que a maior parte da atividade económica de Marcos de Quintos decorre em Espanha.

O regime fiscal para residentes estrangeiros não habituais em Portugal foi criado em 2009. Este regime atribui algumas vantagens fiscais, durante um período de dez anos, às pessoas que solicitem a residência fiscal em Portugal.

O objetivo deste regime especial é atrair para Portugal, sobretudo, “profissionais não residentes qualificados em atividades de elevado valor acrescentado ou da propriedade intelectual, industrial, ou know-how, bem como beneficiários de pensões obtidas no estrangeiro”, de acordo com o Guia IRS – Regime Fiscal para o Residente Não Habitual, disponível no Portal das Finanças.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há infetados que escondem a doença com medo de perder o salário

O médico António Pais Lacerda, diretor do serviço de Medicina Interna II do Hospital Santa Maria, em Lisboa, alerta que o medo de perder salário ou emprego leva pessoas infetadas com o novo coronavírus …

Tottenham perde frente ao Antuérpia. Mourinho "rasga" equipa: "Queria fazer 11 substituições ao intervalo"

O Tottenham perdeu esta quinta-feira frente ao Antuérpia, na segunda jornada da Liga Europa de futebol, levando o treinador português José Mourinho a criticar a sua equipa. "Queria fazer 11 substituições ao intervalo", admitiu. No …

PCP sobe fasquia no OE2021. Quer mais um escalão de IRS

O PCP quer que o Orçamento do Estado para 2021 contemple a criação de um novo escalão de IRS, segundo uma das dezenas propostas de alteração ao documento que os comunistas fizeram chegar ao Parlamento. Em …

Equipas lusas 100% vitoriosas na jornada europeia. Gaitán estreou-se com um grande golo

O SC Braga e o Benfica venceram esta sexta-feira as partidas a contar para a Liga Europa, depois de o FC Porto ter também saído vitorioso do jogo que disputou frente aos gregos do Olympiacos …

Mutação do coronavírus pode ter tido origem em Espanha (e isso pode explicar a segunda vaga)

Análises realizadas pela Universidade de Basileia, a Escola Politécnica Federal de Zurique e o consórcio espanhol SeqCovid-Spain, liderado pelo Conselho Superior de Investigação Científica, mostram que a nova variante se espalhou pela Europa e outras …

Arqueólogos encontraram lamas sacrificadas pelos Incas no Peru

Arqueólogos encontraram, no Peru, restos mortais mumificados de cinco lamas que foram sacrificadas pelos deuses Incas há cerca de 500 anos. De acordo com o site Live Science, as lamas mumificadas ainda estão adornadas com os cordões …

"Nunca vi nada assim." Ameaça terrorista é mais intensa do que nunca em França (e mais difícil de travar)

O ataque terrorista dentro de uma Igreja em Nice, com a morte de 3 pessoas, veio reforçar a ameaça do terrorismo islâmico em França. Já havia sinais e alertas oficiais de perigo numa altura em …

Costa recebe partidos esta sexta-feira. "Nenhuma medida está excluída", garante Costa

O primeiro-ministro recebe esta sexta-feira, em São Bento, os partidos com representação parlamentar para procurar um consenso para a adoção de medidas imediatas de combate à pandemia de covid-19. Além disso, o Governo vai auscultar …

Ratos-toupeira-nus foram apanhados a raptar bebés de outras colónias

Cientistas descobriram dois casos em que ratos-toupeira-nus foram raptados da sua colónia, tendo sido transformados em escravos. De acordo com o site Science Alert, embora os ratos-toupeira-nus (Heterocephalus glaber) sejam pequenos, têm grandes colónias compostas por …

Não houve multas por falta de máscaras (e o Canhão da Nazaré não desiludiu)

Milhares de pessoas juntaram-se, algumas das quais sem máscaras, para ver as ondas gigantes da Nazaré, nesta quinta-feira, mas nenhuma delas foi multada, apesar de violarem as regras da Direcção-Geral da Saúde (DGS). No mar, …