Depois do italiano, calçado português é o mais caro do mundo

psychohh / Flickr

-

O calçado português manteve-se em 2014 o segundo mais caro do mundo depois do italiano, mas a associação setorial antecipa que, devido ao sucesso das recentes inovações em sintéticos e plásticos, o preço médio seja “reajustado em baixa”.

“O preço médio do calçado português nos mercados internacionais tem vindo a aumentar significativamente, fruto nomeadamente da aposta das empresas na migração da produção de calçado para segmentos de maior valor acrescentado”, disse à Lusa fonte da Associação dos Industriais do Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos.

“Espera-se, no entanto, que nos próximos anos o preço médio do calçado português possa ser reajustado em baixa, à medida que forem sendo introduzidos novos produtos, nomeadamente a exportação de calçado em outros materiais – por exemplo, em sintéticos e em plástico”, acrescentou.

Segundo a associação, este é o caminho apontado no último plano estratégico do setor, o FOOTure 2020, já que “permitirá a Portugal diversificar a sua gama de produtos, de modo a aprofundar a estratégia de penetração em novos mercados”.

Por enquanto, contudo, os cerca de 28 euros a que em 2014 foi comercializado cada par de calçado produzido e exportado por Portugal, segundo dados do World Footwear Yearbook 2015, destacam-se como o segundo maior preço médio de exportação a nível internacional, apenas superado pelo calçado italiano.

Conforme explica a APICCAPS, a “forte especialização” de Portugal na produção e exportação de calçado em couro – mais de 80% – foi “determinante para este resultado”.

Apenas Itália revela um desempenho melhor do que o português”, com um preço médio na ordem dos 50 dólares (cerca de 44,28 euros), refere a associação, mantendo-se Espanha, o outro “grande concorrente” internacional de Portugal, a uma “grande distância” ao exportar o seu calçado a 22,03 dólares (cerca de 19,51 euros) o par.

Já a China, que assegura 65% da produção mundial de calçado, fica-se por um preço médio do par de calçado exportado de 4,44 dólares (cerca de 3,93 euros), oito vezes mais baixo do que o calçado português.

Segundo dados da APICCAPS, Portugal exportou, em 2014, cerca de 95% da sua produção para mais de 150 países dos cinco continentes, num valor próximo dos 1.900 milhões de euros, a maior cifra de sempre de exportação.

Desde 2009, as vendas do setor ao exterior cresceram mais de 50%, passando de 1.200 milhões de euros para 1.850 milhões de euros em cinco anos.

No mesmo período, o calçado afirmou-se como “o produto que mais positivamente contribui para a balança comercial portuguesa”, com um saldo positivo na ordem dos 1.300 milhões de euros, destaca a associação.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Apneia obstrutiva do sono agrava doenças cardíacas, revela estudo

A apneia, que ocorre quando uma obstrução das vias aéreas superiores causa episódios repetidos de interrupção da respiração durante o sono, é encontrada em 40% a 80% das pessoas com doenças cardiovasculares, sendo, ainda assim, …

Estranho caso de infeção com SARS-COV-2 durante 218 dias em investigação no Brasil

Um grupo de cientistas brasileiros a estudar um caso de infeção pelo novo coronavírus que durou pelo menos 218 dias, período em que o vírus se replicou e até sofreu mutação, anunciaram fontes académicas na …

"Estou envergonhada". Primeira invasora do Capitólio a ser julgada evita prisão

Um juiz federal proferiu esta quarta-feira a primeira sentença contra uma das pessoas acusadas de invadir o Capitólio dos Estados Unidos, mas a ré evitou a pena de prisão depois de expressar o seu arrependimento. A …

Arqueólogos encontram vestígios do vinho mais antigo do mundo na Grécia

Uma equipa de arqueólogos encontrou amostras de vinho no local arqueológico de Dikili Tash, no norte da Grécia. As evidências datam de há 4200 a.C e acredita-se que sejam os vestígios de vinho mais antigos …

Comunidade no céu. Um novo projeto irá ligar vários edifícios com pontes aéreas

As pontes aéreas que ligam edifícios não são uma novidade no mundo, mas agora poderão ganhar um novo destaque num projeto que será desenvolvido em Toronto. A empresa de arquitetura Safdie Architects irá desenvolver o projeto …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo. Festival da Emoção

O Campeão da Europa continua a defender o título. A palpitante última jornada da fase de grupos. Mais recordes para Ronaldo. Quem joga contra quem nos oitavos-de-final. Visto da Linha de Fundo. Portugal 2 – …

Sergio Ramos terá pedido 50 milhões de euros ao AC Milan

Antigo capitão do Real Madrid procura clube. Paolo Maldini afastou-se da contratação do espanhol. Sergio Ramos não vai continuar no Real Madrid e, por isso, está à procura de uma "casa" nova, depois de ter estado …

Oposições criticam anúncios "pomposos” e gestão mediática do Governo

PSD, Bloco e PEV criticaram hoje a "gestão mediática" feita pelo Governo em relação ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), e o PCP considerou que este programa revela o "grau de submissão" de Portugal …

Paquistanesas querem melhores leis contra a violação. Primeiro-ministro diz para vestirem mais roupa

As mulheres paquistaneses pedem melhores leis contra a violação. Entretanto, o seu primeiro-ministro diz-lhes que têm de vestir mais roupa. O Paquistão tem uma taxa de condenação por violação de 0,3%, uma das mais baixas do …

Jogador admite: "Escrevi uma frase racista"

Danilo Avelar está fora dos relvados há muito tempo, começou a jogar mais online e foi expulso. Corinthians também deverá castigar o atleta. Danilo Avelar não joga desde outubro de 2020 mas, mesmo longe dos jogos, …