Demitiram-se todos os bispos do Chile devido a escândalo de pedofilia

Mazur / Catholic Church England and Wales

Papa Francisco

Todos os bispos do Chile, um total de 34 elementos, apresentaram a sua renúncia ao Papa Francisco, no seguimento do escândalo de abusos sexuais que abalou o clero do país. Uma decisão tomada depois de confrontados pelo Papa com indícios graves.

Os bispos do Chile foram convocados de 15 a 17 de Maio para se reunirem com o Papa Francisco, sendo confrontados com um documento que aponta uma série de erros e de omissões na gestão de casos de abuso sexual de menores, especialmente em relação ao bispo Juan Barros, acusado de encobrir o padre Fernando Karadima.

Juan Barros, nomeado bispo em Março de 2015 pelo Papa Francisco, foi acusado no Chile de encobrir os casos de abuso sexual cometidos pelo influente Fernando Karadima quando era pastor da igreja El Bosque, em Santiago.

Karadima foi condenado em 2011, pela justiça canónica, a uma vida de reclusão e penitência por esses actos de abuso.

Francisco apresentou aos bispos chilenos, nos encontros mantidos no Vaticano, dados que indiciam “numerosas situações de abuso de poder, de autoridade e de abusos sexuais” na Igreja Chilena, ao longo de décadas, refere o jornal Le Monde.

Estes dados constam de um relatório não publicado, com 2300 páginas, que foi redigido pelos investigadores escolhidos pelo Papa para investigar a Igreja Chilena. As conclusões do documento, que não foi tornado público, foram reveladas por uma televisão chilena, deixando transparecer várias situações graves.

Com base nestas conclusões, o Papa acusou os bispos chilenos de terem destruído provas de crimes sexuais, de terem pressionado os advogados da Igreja para minimizarem as acusações, e de “negligência grave” na protecção de crianças de padres pedófilos.

Num documento de 10 páginas entregue aos bispos chilenos, o Papa acusou toda a hierarquia chilena da Igreja de ser colectivamente responsável por “graves falhas” no tratamento de casos de pedofilia, e na consequente perda de credibilidade da Igreja Católica.

O Le Monde nota que o relatório fala na destruição de “documentos comprometedores” e que constata que religiosos expulsos por “comportamentos imorais” foram acolhidos noutras dioceses, com funções que implicavam a manutenção de “contacto diário e directo com menores”.

No final das três reuniões com o Papa, os bispos chilenos não viram outra solução que não apresentar a sua renúncia, colocando assim o seu destino nas mãos de Francisco.

Em conferência de imprensa sem direito a perguntas, o secretário-geral da Conferência Episcopal do Chile, Dom Fernando Ramos Pérez, e o bispo de San Bernardo, Juan Ignacio González Errázuriz, leram um comunicado com o anúncio, pedindo desculpas pela dor causada às vítimas pelos seus erros e omissões.

“Imploramos o seu perdão e a sua ajuda para continuar a avançar para a cura e a cicatrização de feridas”, salientaram.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Boavista 0-2 Sporting | Leões garantem dérbi confortável

O Sporting cumpriu a sua “obrigação” e foi vencer por 2-0 a casa do Boavista, numa 15ª jornada fundamental, uma vez que na próxima segunda-feira a formação de Alvalade recebe o Benfica, no grande dérbi …

Violino põe em risco compromisso da Alemanha de devolver objetos saqueados pelos nazis

Um violino com 300 anos está no centro de uma disputa que ameaça minar o compromisso da Alemanha em devolver objetos saqueados pelos nazis. Ninguém sabe por que Felix Hildesheimer, um negociante de instrumentos musicais judeu, …

Consumo de álcool aumentou durante a pandemia de covid-19

Embora o consumo de álcool tenha aumentado mais entre os jovens, os adultos mais velhos, sobretudo os que sofrem de ansiedade e depressão, também revelaram estar dentro desta tendência. “O aumento do consumo de álcool, especialmente …

Alphabet diz adeus ao Loon, projeto que queria espalhar Internet através de balões

O projeto da Alphabet que tinha como objetivo levar Internet às partes mais remotas do mundo "perdeu o fôlego" e os seus responsáveis decidiram pôr-lhe um ponto final. Num comunicado divulgado na última sexta-feira, Alastair Westgarth, …

Estudo identifica cidades europeias com maior mortalidade devido à poluição do ar

Madrid, Antuérpia e Torino (em Espanha, Bélgica e Itália, respetivamente) lideram o ranking de mortes associadas à poluição por dióxido de azoto (NO2). Já a maior mortalidade atribuível a partículas finas é encontrada em cidades …

Fim do Flash Player colapsou sistema de estação ferroviária chinesa

O sistema ferroviário na cidade de Dalian, no nordeste da China, ficou paralisado por causa da desativação do programa Flash Player da Adobe. A Adobe encerrou o suporte técnico do seu player de multimédia Flash Player …

Eis o que o mundo pode aprender com o confinamento da China

O confinamento na China tem apresentado resultados excecionais no controlo da pandemia, à custa da perda de liberdade das pessoas. Ainda assim, há muito que se pode aprender com o exemplo chinês. Colocar o autoritarismo contra …

Descoberto fármaco "100 vezes mais potente" contra a covid-19 (e "nasceu" das seringas-do-mar)

Uma equipa internacional de investigadores descobriu um medicamento antiviral que é "100 vezes mais potente" do que o remdesivir no tratamento da covid-19. Trata-se de um fármaco usado para tratar um cancro sanguíneo, que só foi …

Covid-19. Fortuna das dez pessoas mais ricas pagaria vacina para toda a população mundial

A riqueza combinada dos dez homens mais ricos do mundo subiu em cerca de 540 mil milhões de dólares (445 mil milhões de euros) durante a pandemia, de acordo com um relatório da organização internacional …

Farmacêuticas pouco preparadas para próxima pandemia, alerta relatório

As maiores empresas farmacêuticas do mundo estão pouco preparadas para a próxima pandemia, apesar da crescente resposta à covid-19, alertou um relatório da Access to Medicine Foundation, divulgado esta terça-feira. Neste relatório, Jayasree K Iyer, diretora executiva …