Degelo na Gronelândia ameaça expor projeto militar ultra-secreto dos EUA

US Army / Wikimedia

Reactor nuclear transportável instalado em Camp Century,  na Gronelândia

Reactor nuclear transportável instalado em Camp Century, na Gronelândia

O Camp Century, parte de um projecto militar ultra-secreto do tempo da guerra fria, e os resíduos nucleares que esconde, deveriam ficar enterrados para sempre debaixo de camadas de gelo na Gronelândia. Mas o aumento da temperatura global e o degelo das calotes polares ameaçam expo-lo ao mundo.

Segundo uma reportagem do The Guardian, o exército norte-americano criou em 1959 instalações militares subterrâneas na Gronelândia, então parte da Dinamarca.

O complexo militar, designado Camp Century, foi escavado a 200km da costa e era constituído por uma rede de 3 km de túneis subterrâneos que interligava laboratórios, um supermercado, um hospital, um cinema, uma capela e habitações para cerca de 200 soldados.

A “cidade debaixo do gelo” como ficou conhecido o complexo, era alimentada pelo então extraordinário primeiro reactor nuclear transportável do mundo.

Os militares e cientistas que compunham a população do complexo tinham por missão estudar métodos de construção no Ártico e desenvolver investigação científica.

Segundo o climatologista William Colgan, investigador da Escola de Engenharia da Toronto’s York University, “os cientistas de Camp Century recolheram efectivamente as primeiras amostras de gelo do núcleo polar alguma vez usadas para estudar o clima da Terra”.

“Os dados recolhidos ainda hoje são citados em estudos científicos”, diz Colgan, citado pelo The Guardian.

Mas na realidade, diz o jornal britânico, Camp Century servia de cobertura para uma coisa completamente diferente – o project Iceworm, um projecto tão imenso e secreto que nem o governo da Dinamarca foi na altura informado da sua existência.

O projecto Iceworm tinha como objectivo usar os túneis gelados de Camp Century para testar a viabilidade de instalar silos nucleares sob o gelo da Gronelândia – suficientemente perto para disparar mísseis nucleares directamente para o território da então União Soviética.

Mas os cientistas militares norte-americanos rapidamente concluíram que o projecto era inviável – em particular, devido às constantes movimentações das camadas de gelo polares.

O projecto foi abandonado em 1967, e os militares retiraram das instalações o reactor nuclear transportável, deixando para trás no entanto o lixo químico e radioactivo que tinha gerado.

Esse lixo, pensavam os militares norte-americanos, “estaria preservado e enterrado para toda a eternidade” debaixo de toneladas de gelo e neve.

Até há pouco tempo, essa expectativa era correcta. Desde que Camp Century foi abandonado, a altura do gelo que o cobre tinha aumentado em cerca de 35 metros

Mas, segundo William Colgan, autor de um estudo publicado na Geophysical Research Letters, o aquecimento global está a ameaçar trazer à superfície os segredos de Camp Century.

“Em poucas décadas, o degelo na Gronelândia vai expor Camp Century“, diz Colgan.

Nunca foi boa ideia varrer o lixo para debaixo do tapete – mesmo que seja um tapete de 35 metros de gelo. E muito menos quando o lixo é radioactivo.

AJB, ZAP

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

Cavaco fala em "democracia amordaçada" (e na "vergonha" dos números da pandemia)

Este sábado, numa participação na Academia de Formação Política das Mulheres Sociais-Democratas, Cavaco Silva deixou duras críticas ao Executivo de António Costa, sublinhando que a pandemia mostrou um "SNS fragilizado por decisões erradas do governo". O …

Remédio contra piolhos está a ser usado contra covid-19. Infarmed e DGS investigam

"Centenas" de doentes de covid-19, em Portugal, têm sido tratados com o antiparasitário Ivermectina que é usado contra piolhos e lombrigas. Há médicos que o prescrevem e que também o tomam a título preventivo, embora …

Sporting bate recorde histórico, mas até o do 6-3 era melhor (quando Amorim não estava "do lado certo")

O Sporting não perde há 22 jogos e bateu o recorde de invencibilidade dos leões em jogos do campeonato que pertencia à equipa de 1981/1982. Um dado que deixa Ruben Amorim orgulhoso, mas o treinador …

"Estou a morrer." Constança luta por um medicamento para se salvar, Infarmed diz que não recebeu pedido do Hospital

Constança Bradell fez um apelo nas redes sociais, numa publicação em que descreve a luta que está a travar contra a fibrose quística. A jovem, de 24 anos, pede a aprovação do medicamento que lhe …

Um século de luta comunista comemorado com 100 ações pelo país

O mais antigo partido político comemora, esta sábado, 100 anos de existência. PCP vai festejar o aniversário com 100 ações pelo país. O PCP assinala, este sábado, os seus 100 anos com 100 ações, em mais …

Relações esfriadas. Moedas consultou Marcelo, mas dispensou conselhos de Passos

Antes de anunciar a sua candidatura a Lisboa, Carlos Moedas consultou Marcelo Rebelo de Sousa e falou com Paulo Portas. Com Pedro Passos Coelho só falou um dia depois de o seu nome ter sido …

Portugal não pode perder o comboio da Europa. Para Marcelo, é hora de aproveitar o novo ciclo

A crise que assolou o nosso país tem de ser aproveitada para "olhar para os problemas estruturais". A mensagem foi deixada pelo Presidente da República, nesta sexta-feira, na conferência de abertura do Festival P, com …

Santana não desiste e admite candidatar-se à Figueira (mesmo à revelia do PSD local)

Pedro Santana Lopes não fecha totalmente a porta e admite vir a candidatar-se à Figueira da Foz como independente. Mesmo que a concelhia do PSD já tenha tomado uma decisão e avance com Pedro Machado, Pedro …

Um Papa na "Terra de Abraão" pela primeira vez na História. Francisco em viagem inédita ao Iraque

Depois de 15 meses em Itália, o Papa Francisco regressou às viagens pastorais com uma visita de quatro dias ao Iraque, uma viagem inédita de um líder da Igreja Católica ao Iraque.  O Papa Francisco desafiou …

Jesus não "perdoa" Vlachodimos pelo erro no dérbi. Vieira já definiu preço para o guardião

O jornal O Jogo escreve este sábado que o treinador do Benfica, Jorge Jesus, ainda não esqueceu o erro do guardião Odysseas Vlachodimos frente ao Sporting, numa partida para o campeonato que acabou com a …