Degelo no Monte Evereste está a expor corpos de vários montanhistas desaparecidos

O derretimento acelerado do gelo no monte Evereste, no Nepal, está a fazer com que vários corpos de montanhistas sejam encontrados, alguns de pessoas desaparecidas há vários anos.

A montanha mais alta do mundo já foi escalada por mais de 4.800 pessoas e aproximadamente 300 montanhistas morreram no local, uma vez que escalar até o topo de um pico de montanha coloca as pessoas em risco de congelamento, hipotermia, psicose, avalanches, queda de pedras e queda em fendas.

Porém, ainda dois terços estão desaparecidos, o que faz com que vários operadores de expedição fiquem preocupados com a quantidade de corpos que podem vir a aparecer com o degelo. O degelo surge como consequência das alterações climáticas e do início da primavera.

Ang Tshering Sherpa, antiga presidente da Associação do Montanhismo no Nepal, afirmou: “Por causa do aquecimento global, a capa de gelo e os glaciares estão a derreter de forma muito rápida e os corpos que permaneceram enterrados durante estes anos estão agora a aparecer”.

“Nós vamos retirando os corpos de alguns montanhistas que morreram nos últimos anos, mas os corpos daqueles que morreram há mais tempo e que continuavam enterrados no gelo estão agora a ser expostos“, acrescentou ainda Sherpa.

O reaparecimento dos corpos dos montanhistas tem levantado problemas devido a uma lei Nepalense que requer o envolvimento de agências governamentais nestas situações.

No ano de 2017 já tinha aparecido um corpo na zona 1 e no glaciar de Khumbu, local onde têm surgido mais corpos nos últimos anos. Segundo um funcionário de uma organização não governamental da região, o nível do gelo tem caído a pique nestas zonas. “Temos reparado que o nível do gelo tem diminuído e é por isso que os corpos estão a ser expostos agora”, referiu o funcionário.

Há quatros anos, alguns estudos divulgaram que os lagos do glaciar de Khumbu estavam a aumentar devido ao degelo e, durante o ano passado, um grupo de investigadores descobriu que o gelo daquela área estava mais quente que aquilo que era esperado, alcançando uma temperatura mínima de -3.3º C.

Especialistas lembram que recuperar corpos nos locais mais altos dos Himalaias é dispendioso e complicado devido à altitude – pode custar mais de 61 mil euros. Além disso, Alan Arnette, um montanhista, afirmou que muitos alpinistas gostam de permanecer nos locais onde morrem a escalar e que por isso esta situação representa um problema muito pessoal.

PARTILHAR

RESPONDER

Modelo matemático de Alan Turing explica os misteriosos "círculos de fada" da Namíbia

Os impressionantes padrões de vegetação dos "círculos de fada" australianos surgem de acordo com a teoria de 1952 enunciada pelo célebre matemático britânico Alan Turing. Em 1952, quando o matemático britânico Alan Turing publicou o seu …

Cientistas descobrem novo tipo de supercondutor

Uma equipa de cientistas identificou, pela primeira vez, um supercondutor de onda G. A investigação marca um grande desenvolvimento nesta área da Física. Investigadores da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, encontraram um novo tipo de …

Astrónomos provam que há água "presa" na poeira interestelar

As partículas de poeira no Espaço estão cobertas de gelo. Esta descoberta facilita as tentativas futuras de identificar a estrutura e composição da poeira em diferentes ambientes astrofísicos. O meio interestelar é composto por gás e …

Rochas antigas de Vénus apontam para origem vulcânica

Uma equipa internacional de investigadores descobriu que alguns dos terrenos mais antigos de Vénus, conhecidos como "tesserae", têm camadas que parecem consistentes com atividade vulcânica. A descoberta pode fornecer informações sobre a enigmática história geológica …

Na África do Sul, há uma associação entre violência sexual e gravidez indesejada

Na África do Sul, as meninas que sofreram violência sexual têm maior probabilidade de relatar uma gravidez indesejada em comparação com aquelas que nunca sofreram violência sexual. Na África do Sul, a taxa de gravidez na …

Hackers russos associados ao ataque em hospital alemão que resultou na morte de uma paciente

O ataque informático num hospital alemão na semana passada, que resultou na morte de uma paciente em estado crítico, pode ter sido causado por um grupo russo com ligações ao crime cibernético. A informação é …

Paços 0-2 Sporting | “Leão” competente estreia-se com triunfo

Após o adiamento do jogo da primeira jornada ante o Gil Vicente, devido a vários casos de Covid-19 nas duas equipas, o Sporting estreou-se na Liga NOS 2020/21 e não vacilou. Na visita ao Paços de …

Medicamentos para a tensão arterial diminuem mortalidade em doentes com covid-19

Um estudo de meta-análise concluiu que medicamentos para a tensão arterial, ao contrário do que se pensava, reduzem a mortalidade em pacientes com covid-19. No início da pandemia, havia a preocupação de que certos medicamentos para …

A ilha mais povoada do Hawai pode perder 40% das suas praias até 2050

A subida do nível das águas do mar pode fazer com que a ilha mais povoada do Havai perca 40% das suas praias, alerta uma nova investigação. Em causa está a ilha de Oahu, a …

Pela primeira vez em 10 anos, a Wikipédia vai mudar de aparência

A icónica Wikipédia vai, pela primeira vez em 10 anos, ser modificada para tornar o site mais acessível - e menos "assustador" - para novos utilizadores. A Wikipédia tem sido parte integrante da cultura da web …