/

O decote da primeira-ministra da Finlândia gerou críticas (e depois uma onda de apoio)

7

trendimag / Instagram

Primeira-ministra finlandesa Sanna Marin

Sanna Marin, primeira-ministra da Finlândia, posou para uma revista de moda e o seu decote gerou várias reações, desde críticas a manifestações de apoio.

A primeira-ministra da Finlândia, Sanna Marin, posou para a revista de moda Trendi, usando um blazer com um decote pronunciado e nada por baixo. Na publicação da revista no Instagram, surgiram vários comentários a denunciar a indumentária “imprópria” para o seu cargo.

Segundo o Diário de Notícias, as críticas depressa provocaram reações de apoio. Nasceu assim a hashtag #imwithsanna, que acompanha a publicação de inúmeras fotografias de mulheres de blazer preto e decote profundo nas redes sociais.

As críticas de que foi alvo nas redes sociais fizeram os apoiantes de Sanna Marin insurgir-se e denunciarem que há dois pesos e duas medidas no momento de comentar a indumentária de um líder. Na sequência das reações, começaram a circular fotografias do antigo Presidente finlandês, Carl Gustaf Mannerheim, montado a cavalo nu. Na altura, as imagens não foram consideradas um escândalo.

https://www.instagram.com/p/CGE6V28jJjM/

A Finlândia é conhecida por ser uma campeã da igualdade de género, tendo um Governo em que as mulheres são a maioria. Além disso, foi o primeiro país europeu (e o terceiro no mundo) a dar o direito de voto às mulheres, em 1906, quando ainda fazia parte do império russo.

Por estes motivos, as críticas de que foi alvo a primeira-ministra foram uma surpresa.

Na entrevista, aquela que se tornou a mais jovem chefe de Governo do mundo ao ser eleita em dezembro do ano passado refere que o seu primeiro ano no cargo de primeira-ministra foi envolto em “pressão” e “exaustão”. “Isto não é um trabalho comum ou uma vida normal, é pesado em muitos aspetos.”

Sanna Marin destacou-se pelas suas políticas a favor da igualdade. Uma das propostas do seu Governo que mais chamaram a atenção foi a introdução de uma semana de quatro dias.

  ZAP //

7 Comments

  1. Se o trabalho é pesado o melhor é aliviar o peso da roupa! A Sra PM, contudo, não se pode queixar porque quem quer ser lobo não lhe despe a pele!

  2. “Mens “sanna” in corpore sano”: máxima do poeta romano Juvenal que diz que a mulher(ou homem) de bom juízo pede aos céus saúde da alma e do espírito para poder suportar qualquer tipo de trabalhos. Ela apenas está a mostrar que o pedido, no que diz respeito ao corpo, lhe foi concedido agora quanto à alma é mais difícil adivinhar!

  3. DECOTE – O belo rosto da primeira-ministra mostra a beleza do seu corpo em nossas mentes, mas tudo que é belo tem que ser mostrado. O decote apresentado em seu modelo não chega ser impróprio ou atente contra a moral do Executivo e não se vê motivos para tanta polemica. Entretanto, não aplaudo a maneira da mulher portuguesa se vestir, pois, ao meu modo de ver, a influência dos mouros em Portugal fez a mulher ficar enclausurada e trajar-se, deixando, apenas, o rosto a descoberto. Quanto pudor !!! o medo do pecado original dogmas da farsa do cristianismo ainda perduram nas mentes conservadoras das mulheres da península ibérica Um toque de humor: Nunca vi as pernas de uma portuguesa, nem nos concursos de MISS UNIVERSO. É o que pensa joaoluizgondimaguiargondim – [email protected]

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.