/

David Luiz confirma rumores. Regresso “vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem”

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a existência de contactos com a direção de Luís Filipe Vieira, dando conta que “voltar a vestir a camisola do Benfica e entrar no estádio da Luz vai valer muito mais do que muitos troféus” que já conquistou.

Apesar de admitir ter vontade de voltar, o jogador não se compromete com uma data.

“A verdade é que o Benfica está estabilizado e com grandes jogadores na minha posição. Tenho as minhas ambições no Arsenal e quero vivê-las intensamente e da melhor maneira possível (….) Mas o meu sonho vai ser estar dentro do meu coração e esse sonho é terminar a carreira no Benfica. Quando, não sei, mas vai acontecer… isso vai, se o presidente Vieira me permitir e se os adeptos quiserem que eu volte”.

“Será um dos momentos mais lindos da minha carreira”, acrescentou.

Na mesma entrevista, o internacional brasileiro, que representou o Benfica entre 2006 e 2010, sublinha que o eventual regresso não depende apenas de si.

“Não está nas minhas mãos, até porque o Benfica é bem estruturado e não é um jogador que vai controlar o planeamento. Quando tiver de acontecer vai acontecer. Estar a dizer que vai ser no dia X e depois não acontece transforma uma verdade e um sentimento puro em algo mentiroso. E não é. Que seja feito no momento certo para os dois [o próprio jogador e o Benfica] e para que todos desfrutem”.

“O Benfica não merece que eu volte sem ser para ajudar. Eu vou voltar se me encontrar bem fisicamente e se estiver ao nível dos jogadores que estiverem no Benfica. Independentemente da idade, eu hoje tenho números melhores do que quando tinha 28 anos, e tudo depende de como estiver a máquina para o instrumento ser utilizado da melhora maneira possível”, frisou.

O central brasileiro de 33 anos termina contrato com o Arsenal no final de junho e, apesar de ter uma cláusula de renovação por mais uma época, esta não deverá ser ativada.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.