Dalai Lama pondera ser o último a ocupar a posição

Kris Krug / Flickr

O XIV Dalai Lama

O XIV Dalai Lama

O atual Dalai Lama, líder espiritual do Tibete, defendeu numa entrevista à BBC a ideia de ser o último a ocupar a posição.

Tenzin Gyatso, nascido Lhamo Dondrub, de 79 anos, indicou no programa Newsnight que defendia o fim de uma tradição de séculos devido à interferência chinesa nos assuntos religiosos da sua região autônoma.

De acordo com a tradição do budismo, o Dalai Lama é a própria reencarnação de Buda. A tradição tibetana determina que o sucessor dele seja o Panchen Lama, uma espécie de vice-líder escolhido ainda quando criança.

No entanto, Pequim já disse diversas vezes nos últimos anos que escolherá o sucessor de Tenzin Gyatso.

“Não há garantia de que o meu sucessor não seja uma pessoa estúpida que vai cair em desgraça”, afirmou o monge budista na entrevista à BBC.

“Isso seria muito triste. Sendo assim, uma tradição de séculos deveria acabar num momento em que ainda é popular.”

“A instituição Dalai Lama acabará um dia. Todas as instituições criadas pelo homem um dia acabarão.”

Sucessão

Dondrub vive no exílio na Índia desde 1959, para onde fugiu após a anexação chinesa e o fracasso de uma revolta subsequente.

A sua campanha internacional pelos direitos do povo tibetano lhe valeu o prémio Nobel da Paz em 1989, uma decisão que enfureceu o governo chinês.

No mesmo ano, Pequim enfrentou duras críticas internacionais por causa do massacre da Praça Tiananmen, em que centenas de manifestantes pró-democracia fora mortos pelo exército.

Em 1995, seguindo o rito de sucessão tibetano, Tenzin Gyatso escolheu um menino de apenas seis anos de idade, Gedhun Nyima, como Panchen Lama. O rapaz, que hoje tem 25 anos, foi posto contra sua vontade sob custódia das autoridades chinesas, que apontaram o seu próprio Panchen.

Para o líder espiritual, diversas grandes nações adotaram uma postura branda em relação à ocupação do Tibete para não criar atritos com Pequim.

Na semana passada, por exemplo, veio à tona que o papa Francisco recusou uma audiência com o Dalai Lama para não criar problemas com a China – o Vaticano trava neste momento uma batalha diplomática com Pequim em relação ao controlo estatal da Igreja Católica no país.

Na entrevista à BBC, concedida em Roma, o Dalai Lama disse que a comunidade internacional tem que encorajar a democratização na China.

“A China quer ser incorporada na economia livre e deve ser bem recebida, mas ao mesmo tempo o mundo livre tem a obrigação moral de trazer a China para a democracia”, afirmou.

Considerado um separatista por Pequim, o Dalai Lama adotou nos últimos anos uma postura mais conciliadora, pregando a autonomia para o Tibete em vez da independência, abrindo até mão de responsabilidades políticas. Em 2011, transferiu os poderes para Lobsang Sangay, líder eleito do governo tibetano no exílio.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Pandemia ameaça agricultura portuguesa. Cereais e setor do vinho em risco

Não é surpresa que alguns setores vão ser fortemente prejudicados pela pandemia de covid-19. A agricultura é um deles. Um grupo de trabalho criado pelo Governo - o Grupo de Acompanhamento e Avaliação das Condições de …

Governo dos Açores impõe cercas sanitárias em todos os concelhos de São Miguel

O Governo dos Açores decidiu fixar cercas sanitárias nos seis concelhos da ilha de São Miguel, para fazer face à pandemia de covid-19 na região, anunciou esta quinta-feira o líder do executivo. Ficam interditadas, segundo Vasco …

Espanha vai rastear mais de 40 milhões de telemóveis para enfrentar pandemia

Mais de 40 milhões de telemóveis vão ser rastreados em Espanha num estudo de mobilidade anónima que permitirá conhecer os movimentos da população entre territórios e contribuir para tomar decisões para enfrentar a pandemia causada …

Assistência a filho paga a 100% deixa de fora funcionários públicos inscritos na CGA

O pagamento a 100% do subsídio de assistência a filho que entrou em vigor este mês não abrange os funcionários públicos inscritos na Caixa Geral de Aposentações (CGA), revelou fonte oficial do Ministério da Administração …

Câmara do Porto quer isentar rendas de 257 estabelecimentos até junho

A Câmara do Porto vai propor a isenção total das rendas de 257 estabelecimentos situados em prédios municipais, no período de 18 de março a 30 de junho, no valor global de cerca de 112 …

Deslocações na Páscoa limitadas ao concelho de residência

O Governo vai limitar as deslocações dos portugueses durante o período de Páscoa aos concelhos de residência de permanência. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia esta quinta-feira, entre a véspera da …

"Dos mais novos no mundo a morrer." Bebé de seis semanas morre de covid-19 nos EUA

Morreu, nos Estados Unidos, um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim de semana, na sequência de uma infeção provocada pela covid-19. Um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim …

Reyes seguia a 187 km/h quando sofreu acidente mortal

O futebolista José Antonio Reyes conduzia a 187 km/h quando rebentou um pneu do carro, provocando o acidente que causou a morte ao antigo jogador do Benfica, indica o relatório pericial da Guarda Civil. A investigação …

OMS está "muito preocupada com o rápido aumento da infeção"

A OMS mostra-se preocupada com a evolução do número de infetados pelo novo coronavírus e pede o perdão da dívida para os países mais vulneráveis. O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) diz estar muito …

Cerco sanitário prolongado em Ovar. "Situação ainda não está controlada"

A Direção-Geral de Saúde decidiu prolongar a cerca sanitária no concelho de Ovar por mais 15 dias, avança o Jornal de Notícias esta quinta-feira. De acordo com o matutino, as autoridades de saúde vão permitir …