CUF cria tabela de preços especiais para beneficiários da ADSE

Manuel de Almeida / Lusa

O grupo José de Mello Saúde, que integra a CUF, comunicou aos beneficiários da ADSE que, tendo em conta a suspensão da convenção com o subsistema, criou uma tabela especial de preços para minimizar esforços regime livre.

“Continuamos disponíveis para trabalhar com a ADSE, no entanto, não tendo sido possível, até à data, alcançar uma solução de equilíbrio, disponibilizamos uma tabela de preços que minimiza o esforço dos beneficiários e permite as melhores condições para a utilização do regime livre, nos hospitais e clínicas da rede CUF”, diz a mensagem enviada aos beneficiários da ADSE, a que a agência Lusa teve acesso.

Na missiva, salienta-se que, apesar da suspensão da convenção existente com a ADSE com efeitos a 12 de abril, o grupo José de Mello Saúde, “consciente dos constrangimentos” que tal situação pode causar a todos aqueles que ao longo de anos lhe confiaram a sua saúde, esclarece que permanecem asseguradas as marcações existentes, nomeadamente para todos os tratamentos prolongados, bem como para partos, mesmo que agendados para data posterior a 12 de abril.

Assim, para as marcações para data posterior a 12 de abril foi criada uma tabela especial que teve por base um conjunto de princípios estabelecidos pelo grupo José de Mello Saúde.

Um dos princípios é a criação de preços especiais face a clientes particulares em linha com as principais seguradoras, ou seja, aplicar aos beneficiários “uma tabela de preços equilibrada”, em linha com as condições existentes com as principais seguradoras.

A outra regra prende-se com a tabela da Ordem dos Médicos, com a aplicação da tabela de atos médicos. Pretende-se ainda o reequilíbrio de preços entre rubricas de faturação, ou seja reequilibrar a tabela de preços suprindo desequilíbrios existentes entre as várias áreas clínicas.

“A tabela especial para beneficiários mantém valores na oncologia, imagiologia, fármacos, entre outros, atualiza valores de consultas que se mantinham inalterados há 20 anos, reduz o valor em algumas áreas, nomeadamente nas diárias de internamento”, precisa o grupo José de Mello Saúde.

A tabela especial de preços é aplicável a todos os beneficiários da ADSE, sem restrições, o “mais ajustada possível ao regime livre”, para posterior pedido de reembolso, esclarece ainda o grupo que detém as clínicas e hospitais CUF.

Na mesma mensagem, a José de Mello Saúde explica aos beneficiários da ADSE que tentou, durante muito tempo, e “até ao limite do possível”, evitar a suspensão da convenção com a ADSE, e manifesta-se “sempre disponível” para encontrar “um entendimento equilibrado e justo” para as partes, que tenha em consideração os superiores interesses dos beneficiários da ADSE.

// Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Propunha á ADSE a criação de um grupo hospitalar com os fundos dos beneficiarios, em cada uma das capitais de distrito, alargando a base de beneficiarios para a familia direta dos bebeficiarios (com o consequente aumento de taxa contributiva – justa), acabava-se a mama destes grupos economicos que pretendem viver á conta deste subsistema

  2. A Adse tem toda a razão a por as coisas nos eixos. É inconcebível, que uma operação feita ao mesmo órgão, custe num Hospital Privado, 1000€, e noutro custe 500€.

  3. Não é justo. Com o ordenado mínimo ter de pagar 15 euros por uma consulta de clínica geral. Ainda nem sei como ficam exames, análises, operações, dentista, etc. Não é justo. Uns fazem asneiras e os pequenos e que se amolam.

    • Mas quais 15€?!
      Com o ordenado mínimo, só paga quem quer!!
      Tem ADSE?
      Também quero e, não me importo de pagar os tais 15€!…

RESPONDER

Afinal, Vénus pode não ser tão semelhante à Terra como pensávamos

Uma nova investigação questiona a habitabilidade de Vénus, planeta que os cientistas consideram há pouco tempo numa outra investigação poder ter um clima habitável semelhante ao da Terra. De acordo com a nova investigação, cujos …

Há gelo no polo sul da Lua e pode ter muitas fontes

Um novo estudo sugere que o gelo encontrado na superfície lunar pode ter milhares de milhões de anos, além de ter surgido de diferentes fontes. O estudo, publicado recentemente na Icarus, sugere que a maioria do …

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …

Empresas espanholas dominam obras públicas na ferrovia

As empresas espanholas dominam as obras públicas na ferrovia em Portugal, ascendendo a sua quota a 70%, avança o Expresso na sua edição deste sábado. Para presidente da Associação de Empresas de Construção e Obras …

Cada vez mais mulheres denunciam abusos médicos durante o parto

Um número crescente de mulheres tem vindo a denunciar casos de abuso durante o trabalho de parto. No entanto, pouco está a ser feito para mudar isto. Durante o parto, as mulheres ficam numa posição vulnerável …

Já podemos explorar "Melckmeyd", naufrágio holandês do século XVII

Nas profundezas do Oceano Atlântico, perto da costa da Islândia, encontram-se os destroços de um navio holandês que afundou há 360 anos, no qual agora podemos "mergulhar" graças a uma experiência de realidade virtual. Quando a …