CDS tem a “chave” da geringonça açoriana (mas ainda não sabe de que lado vai ficar)

PSD/Açores

José Manuel Bolieiro, vice-presidente do PSD

Os Presidentes do PSD e do PS já se reuniram com o líder regional do CDS, Artur Lima. O dilema é entre suportar um executivo PS ou integrar uma coligação à direita. A decisão dos centristas será decisiva para o futuro da governação dos Açores.

A chave para decidir o futuro da governação da região está agora nas mãos do CDS. Depois do PS ter perdido a maioria absoluta e com uma maioria de direita no parlamento regional, o PSD já sonha com uma geringonça com o CDS, PPM, Iniciativa Liberal e Chega. Desta forma seria possível que José Manuel Bolieiro chegasse à presidência do governo regional.

Contudo, a maior incógnita é o CDS-Açores, presidido por Artur Lima, que ainda não decidiu para que lado é que cairá. Ainda assim, para o PS ou PSD governarem não basta a presença dos três deputados centristas.



De qualquer forma, o PS ou PSD irão precisar sempre do apoio do CDS. O PS já procurou dispensar o apoio do partido de Artur Lima, substituindo-o pelo da Iniciativa Liberal, sendo que juntando o BE, PAN e IL, os socialistas conseguiriam os 29 deputados que precisam.

O deputado liberal eleito, Nuno Barata, já esteve no parlamento ao serviço do CDS quando os centristas viabilizaram o primeiro governo socialista da região. Porém, em declarações ao Público disse que seria “muito difícil” viabilizar um governo socialista.

De acordo com o Público, os presidentes do PS e PSD, Vasco Cordeiro e Bolieiro, já se deslocaram à Terceira para se reunirem com Artur Lima, mas os centristas ainda não decidiram quem apoiar. Ainda assim, com tudo em aberto, parece existir nos bastidores do CDS uma tendência para alinhar com uma solução à direita.

Para além de razões ideológicas, o CDS prefere a abertura de um novo ciclo político e tem resistências quanto a garantir a permanência do PS no poder.

Os sociais-democratas têm como solução preferencial uma parceria com o CDS e PPM, e contar com apoio do Chega e da Iniciativa Liberal no parlamento. O PSD não excluí um apoio do PAN, por isso José Manuel Bolieiro já se reuniu com Pedro Neves.

Como refere o Público, dentro do PSD acredita-se que esta é uma oportunidade histórica para retirar o PS do poder e, por isso, a formação de um bloco central nem sequer é discutida. A existência de uma coligação à direita para acabar com os 24 anos de governação socialista chegou a perder força com as declarações de André Ventura na noite eleitoral, que excluiu um acordo com o PSD.

Neste momento, a maior incógnita é mesmo a posição do CDS. Apesar dos dirigentes regionais realçarem que a estrutura centrista nos Açores é autónoma, as declarações do presidente nacional do partido, Francisco Rodrigues dos Santos, podem ajudar a perceber de que forma vai ser tomada a decisão. “Não será certamente por culpa do CDS que não tiraremos o PS do governo regional dos Açores”, disse o líder do CDS.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Programa da SIC Notícias comentou eleições em dia de reflexão. CNE deixou aviso

O "Programa Cujo Nome Estamos Legalmente Impedidos de Dizer", da SIC Notícias, falou sobre as eleições em dia de reflexão, porque "comentário não é propaganda eleitoral". As eleições autárquicas estão marcadas para este domingo e, como …

Os dentes das formigas-cortadeiras são tão resistentes como facas

Um novo estudo indica que as formigas-cortadeiras têm uma teia de átomos de zinco entrelaçados na estrutura biológica das mandíbulas, o que lhes dá a durabilidade de um conjunto de facas de aço inoxidável. De acordo …

Francisco George defende vacinação de crianças com menos de 5 anos contra a covid-19

As crianças maiores de cinco anos devem ser vacinadas contra a covid-19, desde que a segurança e a eficácia da vacina estejam comprovadas cientificamente nestas idades, defende o médico especialista em saúde pública Francisco George. A …

Cientistas imprimiram, pela primeira vez, células cerebrais vivas em 3D

Uma equipa de cientistas usou uma nova técnica laser e conseguiu imprimir em 3D células cerebrais vivas. A maioria dos neurónios sobreviveram durante mais de dois dias após terem sido impressos em 3D, o que significa …

Descoberto antídoto contra agentes nervosos tipo Sarin e Novichok

Uma equipa do Laboratório Nacional Lawrence Livermore (LLNL), nos Estados Unidos, desenvolveu um antídoto que neutraliza a exposição ao envenenamento por agente nervoso. O estudo, que foi publicado na revista Scientific Reports, foi o resultado de …

Marte sobreviveu a super-erupções (que libertaram "oceanos" de poeira e gases tóxicos)

A região de Arabia Terra, situada no norte de Marte, já foi palco de erupções suficientemente potentes para libertar "oceanos" de poeira e gases tóxicos no ar.  A NASA confirmou, recentemente, que uma região do norte …

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …