Cruz Vermelha estará a contratar enfermeiros por WhatsApp sem confirmar identidade nem validade da cédula

A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) estará a contratar enfermeiros através da rede social WhatsApp para reforçar as equipas de enfermagem do Serviço Nacional de Saúde (SNS) para o processo de vacinação contra a covid-19 no município da Amadora.

De acordo com o jornal Público, os profissionais só terão de enviar por mensagem no WhatsApp o nome e um número de cédula – que, se não for acompanhado do respetivo documento, pode não corresponder a uma cédula válida.

Contudo, segundo o matutino, os que se propõem a entrar nas equipas de enfermagem para o centro de vacinação instalado num pavilhão municipal da Amadora, são admitidos sem reservas e é-lhes enviada a data e o local do turno.

Não há qualquer confirmação de identidade ou da idoneidade profissional de quem se apresenta para vacinar, há um chefe de turno que faz uma chamada pelos nomes fornecidos no grupo WhatsApp, mas que não confere a identidade com um documento oficial nem solicita a cédula profissional, documento obrigatório para prestação de cuidados de enfermagem”, lê-se numa denúncia feita através do Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (Sindepor) pela enfermeira Joana Lacerda.

Não há qualquer contrato de prestação de serviços assinado, motivo pelo qual abusivamente reduzem os valores que pagam por hora informando por mensagem de WhatsApp”, continua. Além disso, “não há solicitação de seguro de acidentes de trabalho e de responsabilidade civil profissional (igualmente obrigatório para a prestação de serviços)”.

A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) não nega que a documentação não é solicitada no momento da contratação e justifica esse facto com o facto de os enfermeiros já serem do conhecimento da instituição.

“A Cruz Vermelha Portuguesa dispõe de bolsas para profissionais, no âmbito da saúde e outras áreas que se justifiquem com as respostas de cada estrutura local”, respondeu fonte oficial da instituição. “Esta estrutura cumpriu as obrigações inerentes ao abrigo da referida bolsa de profissionais de saúde, disponíveis para serem mobilizados a qualquer momento”.

Contudo, uma enfermeira sob anonimato disse que nunca se inscreveu na CVP. “Eles não me conhecem e não têm os meus dados”, assegurou.

Questionada sobre isto, a mesma fonte da CVP apresentou uma outra justificação para só ser solicitado o número da cédula. “Recebemos os números de cédula e a sua validade é sempre verificada junto da Ordem dos Enfermeiros”, garantiu.

Por seu lado, a Ordem dos Enfermeiro desmente isto. “Esse pedido nunca foi feito pela Cruz Vermelha à Ordem dos Enfermeiros. Nunca fomos contactados”, disse o vice-bastonário Luís Filipe Barreira.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 2 - 1 Braga | Leão entra em 2021/22 a rugir

O Sporting parece querer manter a senda de sucesso da época passada e entrou em 2021/22 com o pé direito. Os “leões” bateram o Sporting de Braga por 2-1, num jogo que valeu, sobretudo, pela primeira …

Ensinar crianças a dizer palavrões? Uma cientista acha que é boa ideia

A auto-intitulada "cientista dos palavrões" acredita que ensinar as crianças a usá-los de forma eficiente ajuda os mais novos a perceber como este palavreado afecta outras pessoas. Já se sabia que dizer palavrões é um sinal …

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …

A colisão secreta entre navios soviéticos e britânicos podia ter tido um desfecho drástico

Colisão aconteceu durante um dos períodos mais quentes da Guerra Fria e foi camuflado pela marinha britânica, que tratou de fazer regressar a sua embarcação à base de Devonport durante a noite para evitar dar …

Esta garrafa de tequila demorou seis anos para ser desenvolvida (e contém ouro)

A Clase Azul Spirits é uma empresa que comercializa tequila e está a preparar uma edição limitada para homenagear o legado artesanal do México - de onde a bebida é originária. A 2 de agosto, a …

Covid-19. Milhares de franceses protestam contra passe sanitário

Milhares de pessoas concentraram-se este sábado em Paris para protestar contra o passe sanitário — certificado de vacinação contra a covid-19 que passa a ser obrigatório para entrar em vários locais —, tendo a polícia …

"Toque de Midas" científico. Químicos transformam água purificada em metal dourado

Esta nova descoberta ajuda a entender o estado de transição da água e pode vir a ser importante no estudo de planetas como Neptuno ou Urano. Numa experiência alucinante, cientistas conseguiram transformar água purificada num metal …