As criptomoedas matam, diz Bill Gates

Thomas Hawk / Flickr

Bill Gates

O milionário Bill Gates, fundador da Microsoft

As criptomoedas “estão a matar directamente pessoas”, diz o fundador da Microsoft, Bill Gates, referindo-se à forma como as moedas digitais como a bitcoin são usadas para comprar drogas como opiáceos sintéticos.

Segundo Bill Gates, o anonimato garantido nas transacções com as criptomoedas permite que sejam usadas para financiar o terrorismo e lavar dinheiro. O comentário foi feito durante um ask me anything no Reddit.

A principal característica das criptomoedas é o seu anonimato. Não acho que seja algo positivo. É bom que um governo seja capaz de identificar movimentos de lavagem de dinheiro, evasão fiscal e financiamento do terrorismo”, afirmou.

“Actualmente, as criptomoedas estão a ser usadas para comprar fentanil e outras drogas. É uma tecnologia que causa directamente mortes. E acho que as ondas especulativas em torno destas moedas são muito arriscadas para quem entra aposta nelas”, disse o fundador da Microsoft.

As criptomoedas, que só existem virtualmente, são códigos digitais armazenados em “carteiras digitais” num telemóvel ou computador. Cada transacção é mantida num registo público, a blockchain, o que impede que alguém gaste uma moeda que não seja sua.

Para obter estas moedas, é possível comprá-las com dinheiro a pessoas ou empresas que lançam as suas próprias moedas virtuais, recebendo pagamentos por produtos ou serviços, ou realizando uma actividade conhecida como mineração, que consiste em validar transacções com criptomoedas.

O valor destas moedas deriva da disposição das pessoas em trocá-las por bens e serviços reais. A sua valorização recente levou diversos governos em todo o mundo a olhar com mais atenção para o seu impacto na economia e na vida dos cidadãos.

Ainda que a tecnologia blockchain, na qual são baseadas, seja alvo de elogios frequentes, há preocupações quanto aos seus efeitos económicos e ligações ao crime digital – nomeadamente em lavagem de dinheiro. O Tesouro britânico investiga actualmente, por exemplo, as consequências do uso destas moedas.

Críticas e roubo

Gates não é o primeiro a criticar as criptomoedas e a especulação em torno delas. O investidor Warren Buffet também já disse que esta excitação “acabará mal”.  Também Steve Wozniak, co-fundador da Apple, revelou esta semana que teve sete bitcoins que foram roubadas numa transação.

“Alguém as comprou com um cartão de crédito falso, e depois cancelou o pagamento. Foi assim, simples”, explicou em uma conferência na Índia. Naquele momento, aquelas sete bitcoins valiam menos de 5000 dólares. Hoje, o seu valor superaria os 70 mil.

“A blockchain identifica quem tem uma bitcoin, mas isso não significa que não possa haver fraudes”, acrescentou Wozniak – que no entanto tinha anteriormente, em outubro de 2017, sustentado que as bitcoins são mais rentáveis que ouro ou prata.

(dr) Bill Gates

Os comentários de Bill Gates no Reddit não foram bem recebidos por quem participava no debate.

Também Bill Gates nem sempre proferiu palavras duras contra a bitcoin. Em 2014, em entrevista à Bloomberg, disse que a criptomoeda era “melhor do que dinheiro”. Agora, porém, o empresário defende que, ao contrário do dinheiro, as criptomoedas podem ser usadas remotamente, o que dificulta o seu controlo.

Os comentários de Gates no Reddit não foram bem recebidos por quem participava no ask me anything. Alguns criticaram o milionário, dizendo que está mal informado sobre a tecnologia e que precisa de estudar melhor o assunto. Outros acusam Gates de estar a tentar influenciar o mercado com as suas críticas.

O fundador da Microsoft criticou também duramente outras tecnologias que considera demasiado arriscadas. Gates sustenta, por exemplo, que o Hyperloop, sistema ultraveloz de transporte com cápsulas que Elon Musk está a desenvolver, “não é um conceito que faça muito sentido, porque é complexo torná-lo seguro”.

Gates vê com bons olhos outras coisas, como a automatização, que “está a impulsionar a indústria desde a Revolução Industrial”, mas prevê tempos turbulentos para a economia global. Segundo Bill Gates, apesar de não ser possível prever quando ocorrerá, “é certo” que haverá outra crise financeira” como a de 2008.

ZAP // BBC / Ars Technica

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

    • Tem toda a razão (foto de arquivo, legenda esquecida). Antes de Bezos até outros tinham já destronado Bill Gates. Obrigado pelo reparo, está corrigido.

  1. Se as criptomoedas matam, quando é que já matou o dinheiro físico e sua a anterior forma, o ouro?
    Acho que os donos das grandes fortunas tem uma aversão à falta de poder no controlo do valor da moeda.
    O valor das criptomoedas está nas mãos de quem as usa (o povo) e não de quem ter poder sobre o povo (governantes e banqueiros). Deixam de ter o poder especulativo que tinham, que de uma forma ou outra iam controlando o povo. Deixando o povo decidir o que vale mais, ou de outra forma, deixar o mercado mandar de acordo com a oferta e procura, a balança comercial deixa de ser manipulável com os interesses desses “ditadores”.

  2. Ainda bem que com Dólares, Euros, e com todas as outras moedas FIAT não se consegue comprar drogas, financiar o terrorismo e lavar dinheiro. Se apenas as criptomoedas servem para isso, estamos muito bem.

  3. e a novidade ? o tipo esta a perder faculdades, a dizer o que toda a gente ja sabe ,deve ter sido um discursso dirigido para as crianças 😉

  4. Não foram as vacinas da sua fundação do Bill Gates que andaram a matar à fartasana crianças em África e na Índia? Foram.

RESPONDER

Família encontrou mais de 2.200 fetos preservados em casa de médico norte-americano

Uma família encontrou mais de 2.200 fetos preservados na casa de um médico norte-americano que morreu no início deste mês. O The Guardian avançou este domingo que uma família encontrou 2.246 fetos preservados em casa de …

Mais plástico e menos peixe. Explorador britânico teme pelo mar português

Farto de ver cada vez mais plástico e menos peixe no oceano, o veterano explorador e documentarista britânico Paul Rose defende que Portugal deve criar mais áreas marinhas protegidas. Paul Rose, que mergulha desde os anos …

Há 10 anos, Banksy pintou chimpanzés no Parlamento inglês. Agora, o quadro vai a leilão

Em 2009, o artista de rua conhecido como Banksy pintou uma enorme tela a óleo do parlamento inglês, mas em vez de deputados os tribunos eram chimpanzés. Banksy pintou o quadro, com quatro metros de comprimento, …

Tempestade em Espanha derrubou palmeira que era Património da Humanidade

A queda de "La Centinela", a árvore mais alta do conjunto que a Unesco classificou como Património da Humanidade desde 2000, está entre os danos materiais causados pela passagem da "gota fria" - um fenómeno …

Dador de esperma teve 12 filhos com autismo (e foi processado)

Danielle Rizzo tem dois filhos autistas, um com seis anos e outro com sete. Ambos foram concebidos com recurso a um dador anónimo. Há três anos, Rizzo descobriu que estes fazem parte de uma "família" …

Em Hollywood, os homens ganham mais 1 milhão de dólares do que as mulheres

Uma equipa de economistas analisou o salário de 246 atores e atrizes e concluiu que as mulheres ganham em média menos 56% do que os homens na indústria cinematográfica, pelos mesmos papéis. A diferença média entre …

"O primeiro passo para salvar o planeta é eleger outro presidente dos EUA"

John Kerry esteve em Lisboa para o encerramento da conferência "O Futuro do Planeta". O ex-secretário de Estado de Barack Obama lembrou que na luta para salvar a Terra, "não estamos a ganhar". John Kerry começou …

Gibraltar dissolve o parlamento e convoca eleições antes da data do Brexit

O chefe do governo de Gibraltar dissolveu esta segunda-feira o parlamento e convocou eleições para 17 de outubro, com o objetivo de preparar este território britânico situado no extremo sul de Espanha para o Brexit, …

Aumento do turismo nos Açores provoca mais acidentes de viação (mas menos graves)

O aumento de viaturas de aluguer que circulam nas estradas açorianas tem levado a um aumento da sinistralidade, ainda que muitos deles não sejam registados. Ainda assim, os acidentes são, no geral, menos graves. Quem o …

Menos plástico e menos jantares. Partidos prometem campanha eleitoral mais sustentável

A sustentabilidade e a proteção do ambiente estão entre as preocupações dos partidos políticos que concorrem às eleições legislativas, com algumas direções a comprometerem-se em diminuir a pegada ecológica e reduzir no plástico, numa campanha …