Crescimento “preocupante” de casos de covid-19 no Luxemburgo (e a “culpa” pode ser de portugueses e cabo-verdianos)

O Luxemburgo está a assistir, nas últimas semanas, a um crescimento significativo no número de novas infecções por covid-19. A ministra da Saúde fala numa subida “preocupante”. Muitas destas novas infecções são entre portugueses e cabo-verdianos.

Neste domingo, 4 de Julho, foram anunciados mais 46 novos casos de infecção por covid-19 no Luxemburgo quando na véspera tinham sido detectados 29.

O número de infectados do país vai nos 4.522, com 110 mortes contabilizadas. Mas o “número de infecções activas multiplicou por 10 em três semanas“, conforme avança o site 5minutes.rtl.lu.



Actualmente, haverá 321 pessoas com a infecção quando eram apenas 31 a meio de Junho, segundo a publicação.

Apesar disso, “o número de hospitalização mantém-se contido: 22 pacientes admitidos, dos quais três nos Cuidados Intensivos”, refere a mesma fonte.

“Muitas” das novas infecções estarão a aparecer ” entre portugueses, cabo-verdianos e restante comunidade lusófona” a viver no Luxemburgo, conforme avança o jornal local Lux24.

A causa para esta realidade serão as “viagens de e para o estrangeiro e festas privadas ou familiares”, conforme nota o mesmo jornal.

Perante estes dados, a ministra da Saúde do Luxemburgo, Paulette Lenert, convocou uma conferência de imprensa para esta segunda-feira, onde vão estar também os embaixadores de Portugal e de Cabo Verde no país, com o intuito de “sensibilizar” estas comunidades para a importância de manter as medidas de distanciamento social.

O Embaixador de Portugal, António Gamito, refere ao site Contacto que a ideia é passar a mensagem da importância de evitar “práticas de risco”, depois de, “na semana passada, uma boa parte dos casos de infecção” se ter verificado “no seio das comunidades lusófonas e em particular junto de pessoas que dominam mal o francês e estão recentemente no país”.

De acordo com dados oficiais de Janeiro de 2019, vivem no Luxemburgo cerca de 95 mil portugueses, o que constitui cerca de 15% da população total do país que tem à roda de 600 mil habitantes.

A ministra da Saúde fala de uma média de 50 novos casos por dia, o que considera ser “preocupante”, conforme uma entrevista divulgada no site do Governo luxemburguês.

“Há qualquer coisa que não funcionou como tínhamos previsto”, assume ainda Paulette Lenert. “Talvez tenhamos sobrestimado a responsabilidade individual“, constata ainda.

Entre as causas das novas infecções, a ministra coloca “o fenómeno dos barbecues e das festas de família, de festas privadas onde as pessoas relaxaram” as medidas de distanciamento social.

Sobre a hipótese de um novo confinamento, Paulette Lenert nota que “não pode nunca ser excluído”, mas considera que “seria a catástrofe, um fracasso total” se fosse preciso recuar a esse ponto.

Entretanto, a polícia luxemburguesa reforçou as acções de fiscalização em cafés, bares e restaurantes, para verificar se cumprem as medidas sanitárias, como o distanciamento social e o uso de máscaras, e o horário de encerramento – os estabelecimentos comerciais estão obrigados a encerrar à meia-noite.

Neste fim-de-semana, a polícia detectou vários casos de incumprimento em diferentes localidades pelo Luxemburgo.

ZAP //

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Juiz Carlos Alexandre aceita proposta de pagamento de caução de Joe Berardo

O juiz Carlos Alexandre aceitou, esta quarta-feira, a proposta e a forma de pagamento da caução de cinco milhões de euros apresentada pelo empresário madeirense no processo da Caixa Geral de Depósitos. A decisão favorável do …

Mais 13 mortes e 3452 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, esta quarta-feira, mais 13 mortes e 3452 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3452 novos …

MPT junta-se a PDR e pedem que Nós, Cidadãos! seja banido das autárquicas pelo TC

O MPT juntou-se ao PDR e ambos pedem que o Nós, Cidadãos! seja impedido de "apresentar candidaturas" às eleições autárquicas de setembro. Em junho, o PDR deu entrada com um pedido no Tribunal Constitucional (TC) para …

Relatório revela envolvimento da Igreja Católica em 100 casos de pedofilia na Polónia

Uma comissão estatal que analisou as denúncias de crimes de pedofilia registadas na Polónia entre 2017 e 2020 denunciou na terça-feira que quase um terço dos casos estudados, num total superior a 300 processos, envolvem …

Polícias voltam aos protestos por causa do subsídio de risco em dia de nova reunião com o Governo

Elementos da PSP e da GNR voltam esta quarta-feira aos protestos por causa do subsídio de risco, uma concentração que vai decorrer enquanto os sindicatos e associações socioprofissionais estão reunidos no Ministério da Administração Interna …

Vieira continua em domiciliária. MP vai pedir reforço de garantias de caução

O Ministério Público (MP) vai pedir reforço de garantias de caução por entender que o uso das ações da SAD do Benfica não é a forma apropriada. O Correio da Manhã avança, esta manhã, que o …

Investigadores suecos pagam 23 dólares a quem se vacinar contra a covid-19

Recompensa surge no âmbito de uma pesquisa que pretende avaliar o nível de eficácia de diferentes incentivos à vacinação contra a Covid-19. O estudo conta com a participação de 8.200 voluntários com menos de 60 …

Costa diz que Estado se curva "perante a memória" de Otelo. Mas BE condena ausência de luto nacional

O primeiro ministro, António Costa, e o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decidiram não declarar luto nacional pela morte de Otelo Saraiva de Carvalho, Capitão de Abril. A líder do BE e o …

Catarina Martins volta a bater o pé e Jerónimo sublinha: "Ainda não há Orçamento"

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta terça-feira, o Bloco de Esquerda, o PCP e o CDS, em mais uma ronda de reuniões com os partidos com assento parlamentar. Se o objetivo do Presidente da República era …

Simone Biles, Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Simone Biles. O ouro olímpico não é sinónimo de paz, muito menos interior

Na sequência do escândalo Nassar, a opinião pública dos EUA concordou que não valia tudo no caminho até ao ouro olímpico — principalmente quando está em causa a dignidade humana. Com a sua principal estrela …