Crato reservou maiores alterações no Superior para o final do mandato

Walter Branco / portugal.gov.pt

Ministro da Educação, Nuno Crato

Ministro da Educação, Nuno Crato

O ministro da Educação e Ciência Nuno Crato estará a preparar para o final do mandato algumas mudanças estruturais para o Ensino Superior, indo mais longe no ajustamento da oferta de cursos.

De acordo com o Diário Económico, referindo uma entrevista de Nuno Crato à TVI24, o ministro pretende criar uma Lei de Consórcios para obrigar as universidades e institutos politécnicos a criarem consórcios “mais aprofundados”, racionalizando cursos e recursos humanos.

Crato explicou que esta legislação que está a ser preparada e vai “implicar alguma circulação de recursos humanos”, evitando ainda a repetição de cursos com poucos alunos em instituições situadas a pouca distância.

Esta medida está prevista desde o início de 2014, nos vários documentos da reforma da rede do Ensino Superior, e, segundo Nuno Crato, está a ser discutida entre o ministério e os politécnicos.

Também o financiamento das universidades e politécnicos poderá ser alterado. Apesar de continuar a depender, em grande parte, do número de alunos e professores, vão ser implementados novos critérios, tais como a investigação desenvolvida, os artigos científicos publicados e a transferência de conhecimento para a sociedade, onde se inclui a empregabilidade e projetos com a população.

As regras de acesso ao Ensino Superior também devem sofrer alterações, nomeadamente criando uma diferenciação no acesso a universidades e politécnicos. Uma das alterações possíveis foi posta em cima da mesa pelos institutos politécnicos, que apelam a que a nota mínima de 9,5 valores no exame nacional da disciplina específica seja facultativa.

No entanto, ainda não foram reveladas quais serão as mudanças que, de acordo com o secretário de Estado do Ensino Superior José Ferreira Gomes, entram em vigor já no próximo ano letivo.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

O maior sítio arqueológico submerso do mundo mora no México (e está a surpreender os especialistas)

Uma equipa de especialistas está a explorar há cerca de quatro anos o Grande Aquífero Maia, localizado no México, e tem feito descobertas surpreendentes que vão desde numerosos sítios arqueológicos a vestígios de homens primitivos.  Durante …

Passes baixam para 70 e 80 euros para utentes da região Oeste

Os passes nos transportes públicos para Lisboa vão baixar para 70 euros para utentes de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras, e para 80 euros dos restantes concelhos da região. A …

Parar de comer quando se está cheio nem sempre é fácil (e há uma razão para isso)

Com alguns alimentos, parar de comer — mesmo quando se está cheio — nem sempre é fácil. Isto porque algumas destas comidas podem ter sido feitas de forma a que tal aconteça. Nenhum alimento é criado …

Há milhares de misteriosos buracos no fundo do mar da Califórnia

Surgiu um novo mistério perto da costa de Big Sur, na Califórnia, no fundo do Oceano Pacífico: há milhares de pequenos fragmentos redondos retirados dos sedimentos do fundo do mar.   A descoberta foi feita como parte …

NASA apresenta "mapa do tesouro" para encontrar água em Marte

Uma equipa de cientistas da NASA elaborou um mapa da água congelada que existe em Marte e que se acredita estar a apenas 2,5 centímetros abaixo da superfície do Planeta Vermelho - isto é, à …

Já se sabe como é que planetas florescem a partir de pequenos pedaços de poeira

Uma equipa de investigadores validou uma teoria que pode explicar como é que os planetas crescem a partir de pequenos pedaços de poeira interestelar. O crescimento de um pequeno pedaço de poeira até um planeta inteiro …

Rainha Isabel II está a procura de um gestor de redes sociais

A família real britânica está à procura de um gestor de redes sociais. O salário vai oscilar entre os 53 e 59 mil euros anuais por 37 horas semanais, de segunda a sexta-feira. A rainha Isabel II …

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as abelhas esfomeadas (e isso é má notícia)

Apesar de não haver humanos na Zona de Exclusão de Chernobyl, a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986, e apesar do nível …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …