Covid-19. Medição de temperatura corporal pode fazer mais mal do que bem

Cientistas sugerem que medir a temperatura corporal à entrada de espaços fechados pode ajudar a propagar o novo coronavírus. Apenas 28% dos casos confirmados em Portugal apresentaram febre como um dos sintomas.

A medição da temperatura corporal à entrada de espaços públicos está a tornar-se cada vez mais comum devido à pandemia de covid-19. Aliás, a própria Direção-Geral da Saúde recomenda que empresas, estabelecimentos comerciais e outros espaços fechados o façam para impedir a propagação do novo coronavírus.

No entanto, cientistas sugerem que esta prática pode, pelo contrário, ajudar a covid-19 a espalhar-se, escreve o Popular Science.

“Nunca houve dados quem mostrem que isto impediu qualquer transmissão [da covid-19]”, diz Eric Topol, vice-presidente executivo da Scripps Research. “A medição da temperatura não tem valor. Deveria ser abandonada”.

A Scripps Research é uma instituição norte-americana de investigação médica sem fins lucrativos que se concentra na pesquisa e educação nas ciências biomédicas.

A ideia de medir a temperatura corporal para filtrar pessoas contaminadas data da epidemia de SARS, na viragem do milénio. A sua utilidade ainda é debatida, apesar de a temperatura corporal ser um indicador confiável, já que pelo menos 86% dos infetados apresentava febre como sintoma.

“As medições de temperatura são baratas, fáceis e rápidas de executar, e realizaram muito bem a triagem para o SARS 1 em 2002/2003”, disse Mara Aspinall, professora da Universidade Estadual do Arizona, à Popular Science por email.

Todavia, a situação acaba por ser diferente com o SARS-CoV-2, o vírus causador da covid-19. Aspinall explica que este coronavírus apresenta diferenças importantes “que tornam as verificações de temperatura quase inúteis”.

Em Portugal, apenas 28% dos casos confirmados apresentaram febre como um dos sintomas da doença, revela o boletim epidemiológico desta quarta-feira da Direção-Geral da Saúde.

Aliás, até mesmo os pacientes que eventualmente apresentam este sintoma são frequentemente contagiosas antes de se verificar o aumento da temperatura corporal.

A medição de temperatura também pode ser ineficaz particularmente durante o inverno, quando o vírus da gripe, que conta com a febre como um dos sintomas, é mais comum. Além disso, pode dar uma sensação de falsa segurança às pessoas.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Vim viver no Brasil faz alguns anos… por alguns anos… aqui o problema é quererem encostar o aparelho, tenho sempre de me chatear com esse pessoal à entrada. A encostar pode passar o virus de pessoa para pessoa… até porque aqui é quente, basta a pessoa espirrar na mão ou estar infectada ou num “lenço” e limpar o suor com ela(e).. como vejo a acontecer tantas vezes!

    • o virus é transmitido pelas vias respiratorias. unica e exclusivamente pelo contacto da boca ou nariz com particulas do virus é que o mesmo poderia ser transmitido. distanciamento fisico e utilizaçao mascaras em locais fechados com uma higienizaçao adequada das mãos e objetos que levemos a boca. é isso malta, o resto podem e devem viver a vida.

  2. Em resumo, os entendidos não se entendem quanto às características do vírus e muito menos quanto ao combate na erradicação do mesmo, uns dizem “não” outros dizem “sim”, fica tudo por “nim”.

RESPONDER

Cientistas calculam probabilidade de contágio ao viajar de comboio

Investigadores da Universidade de Southampton, no Reino Unido, calcularam a probabilidade de contrair covid-19 ao viajar numa carruagem de comboio com uma pessoa infetada. Em colaboração com a Academia Chinesa de Ciências, a Academia Chinesa de …

Hong Kong. Magnata da imprensa Jimmy Lai libertado sob caução

O magnata da imprensa e uma das principais figuras do movimento pró-democracia de Hong Kong Jimmy Lai foi esta terça-feira libertado sob caução, constatou a agência France-Presse. Jimmy Lai tinha sido detido na segunda-feira, ao …

Lar de Reguengos de Monsaraz diz ter feito tudo para salvar vidas

A direção do lar de Reguengos de Monsaraz (Évora) onde surgiu o surto de covid-19 que causou 18 mortos garantiu ter feito “tudo” ao seu “alcance” para “salvar vidas”, nesta “crise” com “contornos dramáticos”. A Fundação …

Israel fecha os olhos e deixa palestinianos cruzarem a fronteira para ir a banhos

As autoridades israelitas têm deixado milhares de palestinianos cruzar a barreira de separação entre os dois territórios para poderem ir às praias. Este foi um fim-de-semana muito especial para Siham e os seus cinco filhos. …

Diabéticos e hipertensos voltam a ter faltas justificadas

Os diabéticos e hipertensos sem condições para desempenharem funções em teletrabalho voltam a ter direito a justificar as faltas ao trabalho devido à pandemia de covid-19, segundo um diploma publicado em Diário da República. “Os imunodeprimidos …

Deputada da Coreia do Sul debaixo de fogo. Usou um vestido no Parlamento

Na semana passada, a deputada sul-coreana Ryu Ho-jeong usou um vestido numa assembleia legislativa, sendo bombardeada com críticas que gerou um debate sobre sexismo e a cultura patriacal do país. De acordo com a CNN, na …

SC Braga oficializa "top gun" Gaitán por duas temporadas

O internacional argentino Nicolas Gaitán assinou um contrato com o Sporting de Braga válido por uma época, com outra de opção, informou esta terça-feira o clube minhoto da I Liga de futebol. Formado no Boca Juniors, …

Vacina russa chama-se "Sputnik V" e foi já pedida por 20 países

A vacina russa contra a covid-19, cujo registo foi esta terça-feira anunciado pelo Presidente, Vladimir Putin, chama-se "Sputnik V", vai começar a ser fabricada em setembro e já foi encomendada por 20 países. De acordo com …

Rui Pinto no Twitter: "Travessia do deserto” terminou mas a “luta continua”

Rui Pinto assumiu que a “árdua e longa ‘travessia do deserto’” chegou ao fim, aludindo à sua libertação, mas avisou que “a luta continua”, pois Portugal “continua um paraíso para a grande corrupção” e branqueamento …

PJ deteve suspeita de atear fogo florestal no Parque Nacional da Peneda-Gerês

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher de 57 anos suspeita de atear um incêndio florestal registado em 4 de agosto no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), no concelho de Terras de Bouro. Em …