Número de casos baixa nos EUA. Na Bélgica, deixa de ser obrigatório usar máscara na rua

Sebastião Moreira / Lusa

A pandemia tem assolado toda a população mundial, mas há países que têm sofrido mais com o aumento de número de infetados e com mortes. Apesar de serem um dos países mais afetados, os EUA conseguiram hoje reduzir os números. Já na Europa, o cenário continua a piorar em muitos países, mas na Bélgica vai deixar de ser obrigatório o uso de máscara no exterior.

De acordo com a contagem independente da Universidade Johns Hopkins, nas últimas 24 horas, os Estados Unidos registaram 846 mortos e 33.720 infetados com o novo coronavírus.

Os número de hoje representam uma redução para cerca de dois terços dos referentes a quinta-feira – dia em que se registaram 846 mortos e 33.720 casos nos EUA. Ainda assim a difusão da pandemia no país é alvo de grande preocupação.

Ainda assim, os novos casos de infetados e óbitos faz com que o país eleve, nesta quinta-feira, o número total de pessoas com covid-19 para 6.974.441, e o de vítimas mortais para 202.728.

Apesar de Nova Iorque não ser mais o estado com maior número de infeções, ainda é o mais afetado por mortes nos Estados Unidos, sendo que até agora já registou 23.785 óbitos, mais do que no Peru, França ou Espanha.

Por sua vez, o Instituto de Métricas e Avaliações de Saúde da Universidade de Washington estimou que os Estados Unidos da América vão chegar às 240 mil mortes até 31 de dezembro, revela o Observador.

O cenário na Europa não é muito melhor. Países como Espanha, França ou Reino Unido já estão a enfrentar uma segunda vaga de infeções, e já começaram a tomar fortes medidas para prevenir o aumento de casos no inverno. Seguindo os conselhos de muitos especialistas, vários países optaram por obrigar a população a usar máscara na rua.

Contudo, este não é o caso da Bélgica. Segundo o DN, o Conselho de Segurança Nacional do país decidiu que o uso da máscara não será obrigatório a partir de outubro, tal como acontece neste momento.

A primeira-ministra Sophie Wilmès referiu que “usar uma máscara continua a ser muito importante para conter a propagação do vírus”, porém “é inútil torná-las obrigatórias a qualquer hora, em qualquer lugar”, frisou durante uma conferência de imprensa.

No país, as máscaras deixarão de ser obrigatórias ao ar livre, exceto em locais e espaços movimentados onde a distância social não seja garantida. O uso da máscara permanece obrigatório nos transportes públicos, lojas ou cinemas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Compostos de alga vermelha da costa de Peniche eficazes no tratamento do cancro

A alga vermelha “Sphaerococcus coronopifolius” da costa de Peniche possui compostos com atividade antitumoral que podem contribuir para o desenvolvimento de novos fármacos ou potenciar o efeito de fármacos de combate ao cancro já existentes, …

Surto de covid-19 em Vila Flor. Festa de aniversário de autarca gera polémica

A festa organizada por funcionários da Câmara de Vila Flor, no distrito de Bragança, para celebrar o aniversário do seu presidente, está a dar que falar. O município já conta com cerca de 70 infetados. De …

Alberto II da Bélgica conhece filha de relação extraconjugal pela primeira vez

O antigo rei Alberto II da Bélgica encontrou-se pela primeira vez com a filha Delphine de Saxe-Cobourg, depois de anos de negações sobre a paternidade da recém-reconhecida princesa. De acordo com o jornal britânico The Independent, …

Estados Unidos testaram míssil balístico intercontinental

Os Estados Unidos anunciaram que testaram hoje com sucesso um míssil balístico intercontinental, para demonstrar a eficácia da dissuasão nuclear norte-americana e tranquilizar os aliados de Washington. O míssil, apelidado de Minuteman III, estava equipado com …

Portugal entre os cinco países europeus onde menos se consegue poupar durante pandemia

Portugal está entre os cinco países europeus em que a população está a poupar menos do que antes da pandemia de covid-19, com uma percentagem de 48%, superior à média europeia, de 39%. Segundo o estudo …

Nicarágua aprova lei que criminaliza o que o Governo considerar "fake news"

O Congresso da Nicarágua votou, esta terça-feira, a favor de uma nova lei para regular o que pode ser publicado nas redes sociais e na comunicação social. De acordo com a agência Reuters, a chamada lei …

Restos humanos de 59 pessoas encontrados em valas comuns ilegais no México

As autoridades mexicanas relataram na quarta-feira a descoberta dos restos mortais humanos de 59 pessoas enterradas em várias valas comuns clandestinas em Salvatierra, uma cidade no estado central mexicano de Guanajuato. Esta descoberta em Salvatierra junta-se …

Seis países da UE têm equilíbrio de género no Parlamento. Portugal é um deles (mas continua abaixo da média)

O Índice de Igualdade de Género deste ano foi divulgado na semana passada e mostra que Portugal é um dos seis países com maior equilíbrio de género no Parlamento. O país encontra-se, no entanto, 6.6 …

Boeing com prejuízos de 2941 milhões de euros. Empresa corta mais sete mil empregos

A Boeing anunciou na quarta-feira prejuízos de 2.914 milhões de euros nos primeiros nove meses, depois de lucros de 319 milhões no mesmo período de 2019, e que vai cortar mais 7.000 empregos até ao …

EUA acusa China de ser o "maior perigo para a liberdade religiosa" devido às imposições aos uigures

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, acusou hoje o Partido Comunista Chinês (PCC) de ser o "maior perigo para o futuro da liberdade religiosa", devido à repressão exercida sobre muçulmanos, cristãos e outros grupos …