Costa diz que ideia de proximidade política com Rio é “dos maiores mitos urbanos”

Inácio Rosa / Lusa

António Costa considera a alegada proximidade política com Rui Rio um “dos maiores mitos urbanos que foram criados na sociedade portuguesa”.

O primeiro-ministro António Costa considerou esta terça-feira “um dos maiores mitos urbanos” a ideia da sua alegada proximidade política com o presidente do PSD, Rui Rio, e afirmou sentir uma deriva para o radicalismo em certos setores da direita portuguesa.

António Costa assumiu estas posições em entrevista concedida em Lisboa ao jornalista Luís Osório, integrada no ciclo de conferências do grupo de turismo “PortoBay”, intitulada “30 pessoas e um país”, durante a qual se recusou comentar a atual situação interna do PSD.

Questionado como tinha recebido o desafio à liderança do PSD lançado na sexta-feira pelo antigo líder parlamentar social-democrata Luís Montenegro, António Costa disse que não ouviu esse discurso, porque estava “a trabalhar”.

Já sobre a razão que não o levou a ver mais tarde, eventualmente em casa, a transmissão televisiva da conferência de imprensa de Luís Montenegro, António Costa respondeu: “O resumo que li na imprensa não me estimulou”.

Logo a seguir, Costa foi interrogado sobre a sua alegada proximidade política com o atual presidente do PSD, Rui Rio. O secretário-geral do PS, porém, considerou que essa ideia “é um dos maiores mitos urbanos que foram criados na sociedade portuguesa e que assenta, basicamente, no facto de haver uma boa relação pessoal”.

“Conhecemo-nos na Assembleia da República, onde tivemos relações cordatas. Depois, durante vários anos, coincidimos eu como presidente da Câmara de Lisboa e ele como presidente da Câmara do Porto – período em que tentámos fazer uma ponte muito forte entre as duas cidades”, afirmou.

“Naturalmente, como presidentes de câmara, tínhamos pontos de vista muito semelhantes sobre matérias a negociar com o Governo ou sobre a política de cidades, desde os transportes, à habitação, passando pela descentralização”, justificou António Costa.

Apesar de ter considerado que seria “deselegante” comentar a situação interna atual do PSD, o primeiro-ministro manifestou alguma preocupação face à evolução do espaço político da direita.

“Sinto que grande parte das movimentações que existem à direita, quer com a criação da Aliança do doutor Santana Lopes, quer a emergência daquele partido do André Ventura, quer, ainda, parte da luta interna do PSD e uma deriva hesitante do PP [ou seja, CDS-PP] relativamente ao populismo, acho há ali à direita gente que sente que, se calhar, devia acompanhar uma certa onda que existe em outros países”, referiu.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …