Costa já está a negociar subida de salários com patrões

Tiago Petinga / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa

O Governo de António Costa não esperou pela tomada de posse. As reuniões com os parceiros sociais para obtenção de um acordo para a subida de salários têm vindo a decorrer.

As reuniões são ainda de carácter informal, mas, segundo apurou o Expresso junto do Governo e dos parceiros sociais, já avançaram. O modelo final não está fechado, mas o matutino sabe que o cenário mais provável para o Governo é a definição de um referencial para a negociação coletiva que sirva de orientação para a atualização das grelhas salariais das convenções coletivas.

Na prática, uma formulação semelhante à usada em 1996, no Acordo de Concertação Estratégica 1996/1999, no primeiro Governo de António Guterres.

As negociações envolvem o aumento do salário mínimo e o acordo deverá ir além da política de rendimentos, uma reivindicação das confederações patronais. Da parte do Governo, há abertura para incluir na negociação temas que interessam às empresas, como a fiscalidade, a formação profissional ou a simplificação administrativa. Fora do cenário estão mexidas na TSU.

Patrões e UGT estão disponíveis para um acordo e, segundo o Expresso, só a CGTP se revela muito crítica. “Estamos disponíveis para um acordo que, visando um aumento da competitividade, inclua a política de rendimentos”, disse António Saraiva, presidente da Confederação Empresarial de Portugal – CIP ao matutino, alertando desde logo, que “não pode confinar-se apenas aos rendimentos”, já que “a melhoria de salários que as empresas podem dar tem que ver com as suas margens e com a sua competitividade”.

Saraiva defende como temas a incluir a “fiscalidade mais amiga das empresas, a previsibilidade fiscal, com contas públicas equilibradas, e o compromisso de que havendo folgas orçamentais, serão usadas para reduzir a carga fiscal sobre empresas e famílias”. A aposta na formação profissional e o desafio da transição energética e digital são outros temas que sinaliza para um possível acordo.

João Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), é da mesma opinião: “Estamos abertos e consideramos positivo que se tente enquadrar a política de rendimentos num acordo geral.” Sobre os temas a incluir no possível acordo, também há convergência entre os patrões.

A UGT “aceita o desafio feito pelo primeiro-ministro”, assegura Sérgio Monte, secretário-geral-adjunto da central sindical, lembrando que “há a necessidade de nos debruçarmos sobre esta matéria” de aumentos salariais.

Já a CGTP assume uma posição diferente. “Qualquer discussão tem de incluir uma rutura com baixos salários e a precariedade, o que implica rever algumas normas da legislação laboral. Não é possível uma coisa sem a outra”, afirma Arménio Carlos, secretário-geral da central sindical.

No topo da lista das reivindicações está a reversão da caducidade das convenções coletivas, acompanhada pela reintrodução do princípio do tratamento mais favorável, algo a que o PS já fechou a porta várias vezes.

No entanto, a discussão para a valorização geral dos salários não pode ser desligada da negociação em torno do aumento do salário mínimo, defende ao Expresso fonte ligada ao Executivo de António Costa. A este nível, o cenário mais provável é um crescimento anual na ordem dos 4% a 5% ao ano, que tem em conta a evolução esperada para a inflação e a produtividade, a que se soma um fator de majoração de ordem social.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …

Para "proteger a verdade histórica", Rússia divulga documentos que revelam atrocidades nazis em Stalingrado

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou documentos desclassificados que detalham atrocidades cometidas por soldados e oficiais nazis durante a II Guerra Mundial. A divulgação destes documentos, que foram publicados no site do Ministério da Defesa …

Espanha. Funcionários públicos podem trabalhar três dias em casa sem perder direitos

O Governo espanhol e os sindicatos de funcionalismo público chegaram, esta segunda-feira, a um acordo que prevê que os trabalhadores da Administração Pública podem trabalhar três dias por semana em casa com os mesmos direitos …

Rara coleção de um dos primeiros fotógrafos da História vai a leilão nos EUA

Quase 200 imagens de um dos primeiros fotógrafos da história, William Henry Fox Talbot, vão a leilão, em Nova Iorque, já este mês. A coleção de William Henry Fox Talbot será parte do leilão "50 obras-primas …

Em greve de fome, Navalny é ameaçado ser alimentado à força. Ativistas falam em tortura

O opositor russo Alexei Navalny afirmou hoje na rede social Twitter que as autoridades penitenciárias estão a ameaçar alimentá-lo à força para quebrar a greve de fome que mantém na prisão desde 31 de março. “Ele …