/

“Estou convosco, também tomei a AstraZeneca”. Costa anseia segunda dose e pede calma

4

Hugo Delgado / Lusa

António Costa disse esta terça-feira que a decisão de suspender a administração da vacina da AstraZeneca em Portugal foi tomada por mera precaução e pediu aos portugueses para permanecerem tranquilos.

“Estou convosco, também tomei a primeira dose da vacina. Anseio pela segunda”, disse o primeiro-ministro no final de uma curta declaração aos jornalistas, no Porto.

“Toda a evidência científica demonstra que a vacina é segura e efetiva. Digo isto com a tranquilidade de eu estar a ser vacinado com a vacina da AstraZeneca. Já tomei a minha primeira dose e aguardo a segunda em maio”, começou por dizer, citado pelo Expresso.

“Espero que tudo se esclareça e a minha convicção é que tudo se vai esclarecer. A informação científica disponível mostra isso e os Governos, designadamente o nosso, tomaram uma decisão preventiva”, acrescentou.

Importa lembrar que esta segunda-feira as autoridades de saúde portuguesas decidiram suspender o uso da vacina da AstraZeneca contra a covid-19 por motivos de “precaução” e “saúde pública”.

Graça Freitas realçou que apesar de as reações serem “extremamente graves”, são também “extremamente raras”. Assim como Costa, a diretora da DGS apelou a quem já foi vacinado com a AstreZeneca em Portugal que fique tranquilo, já que “no nosso país não foram reportados casos semelhantes ao encontrado nos outros países”.

Hoje, António Costa reforçou a ideia de que as suspensões são meramente provisórias, prevendo-se uma decisão da Organização Mundial da Saúde e da Agência Europeia do Medicamento no final desta semana.

“As suspensões são meramente provisórias e ainda hoje a Organização Mundial da Saúde está a discutir os dados conhecidos, a Agência Europeia do Medicamento vai pronunciar-se até ao final da semana”, disse o chefe do Executivo.

“Faz sentido suspender durante três ou quatro dias para que depois o processo possa decorrer. Portanto, eu queria, em primeiro lugar, dizer aos que, como eu, tomaram a primeira dose da vacina, para estarem tranquilos. Em segundo lugar, para aqueles que aguardam a vacinação, para terem um pouco mais de calma, porque vamos ter aqui uns dias de atraso no processo de vacinação”, acrescentou.

Com a suspensão de administração da vacina da AstraZeneca, o processo de vacinação atrasa duas semanas e é interrompido o plano de vacinar professores e funcionários escolares já a partir deste fim de semana.

  Daniel Costa, ZAP //

4 Comments

  1. Ele está mas é todo borrado de medo, porque já injetaram milhares de vacinas dessa porcaria, aqui, em Portugal. E ele está com medo que o povo se revolte. Quando chegar a minha vez, quero ver o frasco da vacina, e, se for dessa porcaria, rejeito. Quero das outras marcas. Uma vacina é para combater um problema, e não para nos trazer outros problemas, e graves.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.