Coronavírus coloca em xeque o futuro do futebol feminino

Ian Langsdon / EPA

A capitã da seleção norte-americana de futebol feminino Megan Rapinoe

A pandemia de covid-19 não poderia ter chegado numa pior altura, em que o futebol feminino estava a crescer de vento em popa. Os clubes femininos arriscam perder patrocínios e financiamento.

O futebol feminino fez grandes progressos nos últimos anos. Os jogos continuam a bater recordes de assistência com cada vez mais regularidade. A final da Taça de Portugal da época passada, entre Benfica e Valadares Gaia, atingiu um recorde de assistência num jogo de futebol feminino oficial em Portugal, estabelecido em 12.632 espetadores.

Um estudo recente no Reino Unido sugeriu que um terço dos adultos está interessado no jogo das mulheres e 69% deles acredita que merece o mesmo perfil que o futebol masculino.

No entanto, a pandemia de coronavírus deixou o desporto numa posição precária. Embora a suspensão do futebol de elite em Inglaterra tenha sido aplicada inicialmente uniformemente às competições de homens e mulheres, haverá consequências mais profundas e de maior alcance para o jogo das mulheres.

Em Portugal, a Liga portuguesa de futebol feminino foi cancelada, embora a Liga NOS tenha retomado este mês. Esta disparidade de critérios levantou algumas questões de igualdade de géneros.

Um estudo recentemente publicado na revista científica Managing Sport and Leisure destaca por que a pandemia está a afetar o futebol de homens e mulheres de maneira diferente.

Antes da pandemia, o futebol feminino de elite já enfrentava vários problemas: campos maltratados, salários mais baixos, e prémios e condições muito atrás dos clubes masculinos. O maior desafio para o futebol feminino é que as equipes de elite confiam nos patrocínios para obter rendimento. Por exemplo, 80% da receita do Manchester City Women é proveniente de atividades comerciais, a maioria das quais é patrocínio.

O desporto feminino também é subfinanciado quando comparado ao masculino em termos de marketing e prémios. Também é provável que a covid-19 atinja fortemente os lucros de muitas empresas, deixando empresas que antes desejavam investir no futebol feminino incapazes de o fazer. Se isso fizer com que o pool de patrocinadores encolha, o futuro do futebol feminino estará sob ameaça.

Ao mesmo tempo, a pressão financeira sobre o futebol masculino significa que o futebol feminino pode ser uma das baixas. A maioria das equipas femininas de elite são secundárias sob o guarda-chuva do clube masculino profissional. Existem inúmeros exemplos na história recente em que a despromoção ou as dificuldades financeiras para o clube masculino resultaram no rompimento dos laços com a equipa feminina.

Por exemplo, quando o clube masculino retirou o seu apoio financeiro em 2017, o clube feminino de Notts County entrou em colapso no dia anterior à nova temporada, deixando as suas jogadoras desempregadas e, em alguns casos, sem teto. Quando as equipas masculinas cortam laços assim, as equipas femininas podem ficar sem opção a não ser desistir.

Com a The Football Association, a federação inglesa de futebol, a estimar prejuízos a rondar as 100 milhões de libras, nada garante que o futebol feminino continue a ser financiado da mesma forma pela federação.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Não tem comparação possível entre masculino e feminino. É como exigirem as mesmas condições para os masculinos juvenis de 12-14 anos, que têm a mesma qualidade que o feminino profissional. Não é sexismo, são factos, comprovados pelas infelizes decisões de porem a jogo seleções nacionais femininas contra equipas locais de adolescentes, que acabam sempre numa vergonhosa goleada, como aconteceu com a seleção americana e também com a australiana. Não faz sentido exigirem o mesmo. O interesse é maior pela excelência desportiva. Esse aparente aumento de interesse é o resultado de curto prazo da pressão mediática sobre o tema, sob a égide do politicamente correto. Por outro lado, acho muito bem que haja investimento para melhorar as condições para as desportistas melhorarem o seu nível desportivo, mas a biologia tem limites.

RESPONDER

Multas de transportes públicos não são cobradas há três anos (e já chegam aos 17,6 milhões de euros)

As multas nos transportes públicos não estão a ser cobradas desde setembro de 2017 e já chegam a mais de 17,68 milhões de euros. As primeiras multas desde que foi alterado o regime de sanções, …

Football Leaks. PGR e FPF só souberam de ataques informáticos pela PJ

A Procuradoria Geral da República (PGR) e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) só souberam que tinham sido alvo de ataques informáticos através da Polícia Judiciária (PJ), revelou esta quinta-feira o inspetor José Amador no …

Governo prolonga prazo das moratórias até setembro de 2021. Portugal em contingência até 14 de outubro

O Conselho de Ministros decidiu prorrogar, esta quinta-feira, a vigência da situação de contingência em Portugal continental até às 23h59 de 14 de outubro. As moratórias de crédito foram prolongadas até 30 de setembro de …

Trump diz que diretrizes mais rigorosas para aprovação de vacina são “jogada política”

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, esta quarta-feira, que a Casa Branca “pode ou não” aprovar novas directrizes da Food and Drug Administration. As novas diretrizes para aprovação de vacina contra a covid-19 exigem …

Maduro insta ONU a criar fundo que garanta alimentos e medicamentos

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, propôs que a Organização das Nações Unidas (ONU) crie um fundo rotativo de compras públicas para garantir o acesso a alimentos e a produtos de saúde, financiado com recursos …

Mais três mortes e 691 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 691 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

2 em 1. Ryanair está a oferecer um voo na compra de outro (e é só hoje)

Já estava com saudades de viajar e conhecer novos países? A Ryanair não quer que lhe falte nada. A companhia aérea low cost lança uma promoção “inédita” e garante uma oferta 2 em 1. As …

Autarca de Almada diz que declarações sobre Bairro Amarelo foram descontextualizadas

A presidente da Câmara de Almada disse esta quarta-feira que as suas afirmações sobre o Bairro Amarelo surgiram em resposta a uma pergunta feita pelo Bloco de Esquerda (BE), considerando que foram descontextualizadas devido …

Vendas tardam em recuperar. Empresas pouco preparadas para mudanças

Um estudo do Banco de Portugal (BdP), publicado na quarta-feira, revelou que as empresas enfrentam um "cenário de recuperação muito gradual" do volume de negócios para níveis anteriores à pandemia e poucas estão preparadas para …

Hospital de Lisboa deixou entrar pessoas sem máscara

O Hospital da Luz, em Lisboa, permitiu a entrar e circulação de pessoas sem máscara dentro das instalações. O hospital garante que foi um "erro humano" e que não voltará a acontecer. A Rádio Renascença escreve, …