Coreia do Sul desliga a “máquina da propaganda” na fronteira com a Coreia do Norte

Jin-Hee Park / EPA

Soldado sul-coreano junto aos altifalantes instalados pela Coreia do Sul na zona desmilitarizada de Paju, a norte de Seul

Os militares da Coreia do Sul anunciaram, na segunda-feira, que desligaram os altifalantes de propaganda na fronteira militarizada com a Coreia do Norte, num gesto de boa vontade, com a aproximação do encontro histórico entre os líderes da Península coreana, que se realiza na sexta-feira.

Os altifalantes, que podem ser ouvidos por quilómetros na Coreia do Norte, quer por militares que vigiam a zona militarizada, quer pelos civis, têm estado ligados regularmente desde janeiro de 2016, quando foram ligados em resposta ao quarto teste nuclear da Coreia do Norte, segundo a CNN.

Nos megafones, podia-se ouvir música pop coreana, notíciase reportagens críticas ao país vizinho, e as previsões meteorológicas – ou seja, partes da vida “livre” na Coreia do Sul que está, estritamente, fora de limites para os norte-coreanos.

Apesar de a Coreia do Norte também ter os seus próprios canais de propaganda, há muito que se opôs ao altifalantes sul-coreanos, respondendo, por vezes com com artilharia de fogo. Não se sabe ainda se Pyongyang seguirá o exemplo de Seul.

A atitude de a Coreia do Sul desligar os altifalantes representa uma modesta cedência perante Pyongyang, dias antes de o seu líder, Kim Jong-un, se encontrar com o líder sul-coreano, Moon Jae-in, no encontro inter-coreano que se realiza esta sexta-feira.

Esta é a primeira vez que os líderes das duas Coreias, que, tecnicamente, continuam em guerra desde que a Guerra da Coreia acabou com uma trégua em 1953, se vão sentar cara a cara em mais de uma década.

O porta-voz do Ministério da Defesa da Coreia do Sul, Choi Hoi-hyun, disse que a decisão foi tomada “para pacificar a tensão militar entre as duas nações e para criar um ambiente pacífico para o encontro que se avizinha”.

As preparações para o encontro estão agora a todo o vapor, com várias conversas entre as duas coreias, de modo a ultimar alguns detalhes. A destacada do Departamento de Estado dos EUA para assuntos do leste asiático e do Pacífico, Susan Thornton, está também em Seul, onde se deverá encontrar com o Ministro dos Negócios Estrangeiros, Kang Kyung-wha.

No fim de semana, a Coreia do Norte anunciou a suspensão dos testes nucleares e o encerramento de uma unidade de testes atómicos. O anúncio-surpresa aconteceu dias antes das conversações históricas com o vizinho do Sul e semanas antes do também histórico encontro entre os líderes norte-coreano e norte-americano.

Na sexta-feira, o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, deverá encontrar-se com o Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, em Panmunjom, designada por “aldeia das tréguas”. Em junho, em data e local ainda por confirmar, Kim deverá encontrar-se com o Presidente dos EUA, Donald Trump.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

TAP escapa à nacionalização. Estado assume controlo com 72,5% da companhia

O Estado e os acionistas privados da TAP estão perto de chegar a acordo, devendo a companhia aérea escapar à nacionalização. Ainda não há fumo branco, mas o acordo sobre o futuro da TAP deverá …

Encontradas 115 crianças enterradas com moedas na boca na Polónia

Trabalhadores que construíam uma nova estrada na Polónia encontraram os restos de 115 corpos de crianças enterras com moedas na boca. Durante os trabalhos de construção de uma autoestrada em Jezowe, na Polónia, trabalhadores descobriram restos …

À frente de Figo, Futre e Ronaldo. Joelson é o terceiro mais novo de sempre a estrear-se pelo Sporting

O Sporting venceu esta quinta-feira na receção ao Gil Vicente, por 2-1, no jogo de encerramento da 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol. A partida marcou também a estreia do jovem extremo Joelson …

Austrália pondera dar refúgio a quem abandone Hong Kong

O primeiro-ministro australiano disse esta quinta-feira que o Governo está a ponderar dar refúgio aos residentes de Hong Kong que desejem abandonar a ex-colónia britânica devido à nova lei de segurança nacional imposta por Pequim. Scott …

Vieira ainda sonha com Jesus (e a Libertadores pode ajudar no regresso)

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, não desistiu de voltar a colocar Jorge Jesus no comando técnico da equipa da Luz e, caso a Taça dos Libertadores não seja realizada, o regresso do treinador …

Marta Temido garante que não há descontrolo em Lisboa (mas assume falhas)

Em entrevista à RTP, a ministra da Saúde garantiu que não há "descontrolo" na evolução da pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, mas sublinhou que se trata de uma "situação de sobressalto, …

A genética ajuda a determinar o quão afetuosas são as mulheres (mas não os homens)

A genética desempenha um papel importante no nível de afetividade das mulheres, mas o mesmo não acontece entre os homens, concluiu uma nova investigação científica levada a cabo com gémeos. Na nova investigação, recentemente publicada …

Prémio para profissionais do SNS é "uma esmola". "Mais valia terem estado quietos"

Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros, diz que a proposta que prevê prémios e mais férias para os profissionais de saúde é uma "afronta" para enfermeiros. Para a bastonária da Ordem dos Enfermeiros, a …

Tempo de espera para entrega de cartão de cidadão pode chegar a cinco meses

Para fazer o levantamento do cartão de cidadão é preciso fazer marcação e há balcões que só têm disponibilidade para entregar o documento no final do ano. De acordo com a edição desta quinta-feira do …

Físicos explicam por que as mudanças do campo magnético da Terra são mais fracas no Pacífico

Uma nova investigação levada a cabo por físicos da Universidade de Alberta, no Canadá, apresenta uma explicação para o facto de as mudanças no campo magnético da Terra serem mais fracas na região do Pacífico. …