Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

jannewittoeck / Flickr

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte “travou o vírus maligno”, mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong parecem sugerir o contrário.

Esta quinta-feira, o Comité Central do Partido Comunista aprovou o “fornecimento extraordinário de comida e fundos” à cidade fronteiriça de Kaesong, em quarentena há duas semanas.

Segundo o Público, Kaesong está em quarentena total desde o dia 24 de julho, depois de ter sido identificado o que se julga ser primeiro caso suspeito de infeção pelo coronavírus, levando o regime a anunciar a entrada em vigor de um “sistema de emergência máximo”.

A Coreia do Norte não permite, já há várias décadas, qualquer escrutínio estrangeiro sobre o que se passa dentro das suas fronteiras, o que dificulta a execução de estimativas sobre o potencial número de casos positivos no país. No entanto, a grande maioria dos analistas internacionais duvida deste número.

“Mesmo que a Coreia do Norte se feche, deve haver casos suspeitos e as autoridades têm de os diagnosticar de forma agressiva. Mas o regime nunca foi transparente sobre se tem sequer capacidade para o fazer”, disse à Associated Press o analista Hong Min, do Instituto para a Unificação Nacional, em Seul.

A verdade é que se teme uma catástrofe. O país tem níveis de pobreza e de subnutrição muito elevados em várias regiões, há uma escassez muito acentuada de medicamentos e de bens de primeira necessidade e enormes falhas sanitárias. Um surto do novo coronavírus de grandes dimensões pode mesmo propiciar uma catástrofe humanitária.

A Coreia do Norte fechou as fronteiras em dezembro e, sete meses depois, “a situação económica e sanitária parece estar a atingir níveis perigosamente baixos“, escreveu a investigadora Gabriela Bernal, da Universidade de Estudos da Coreia do Norte, na revista Diplomat.

De acordo com o diário, a divulgação da decisão tomada pelo Comité Central do partido único em relação a Kaesong pode ser consequência de uma nova abordagem de Kim Jong-un na gestão da informação sobre a pandemia, depois de meses de segredos, admitiu Yang Moo-jin, professor na mesma instituição de Bernal.

O Público escreve ainda que, a ser verdade, esta poderá ser uma confirmação de que a situação epidemiológica na Coreia do Norte é mais grave do que aquilo que o regime tem noticiado e que o país necessitará de ajuda num futuro próximo.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O primeiro combate deve ser à base da bala, o segundo do encobrimento! Quem vai acreditar num regime fechado ao mundo?

RESPONDER

Pela primeira vez, cientistas viram chimpanzés a matar gorilas

Investigadores testemunharam, pela primeira vez, chimpanzés e gorilas a lutar entre si, confrontos esses que provocaram a morte de alguns deles. De acordo com o site Science Alert, as duas disputas foram observadas no Parque Nacional …

Vírus com 15 mil anos descobertos no gelo do Planalto do Tibete

Cientistas que estudam glaciares encontraram vírus com quase 15 mil anos em duas amostras de gelo retiradas do Planalto do Tibete, na China. Muitos deles, que sobreviveram porque se mantiveram congelados, são diferentes de todos …

Leite sem lactose em laboratório (e com a ajuda de membranas de óxido de grafeno)

As membranas de óxido de grafeno (uma forma oxidada do material) têm sido muito estudadas para a dessalinização da água e separação de corantes, mas as suas propriedades podem não ficar por aqui. Uma equipa de …

Cientistas criam material de "auto-reparação" mais resistente do mundo (e é perfeito para ecrãs de telemóveis)

Investigadores do Instituto Indiano de Educação e Investigação Científica (IISER, na sigla em inglês) podem ter encontrado o material perfeito para fazer os ecrãs de smartphones: transparente, resistente e que a capacidade de se "auto-curar" …

"A bitcoin vai criar a paz mundial"

A rainha das moedas digitais, se não construir a paz no planeta, vai ajudar na pacificação entre os seres humanos. É a opinião de Jack Dorsey. É o centro de atenções de muitos investidores, é o …

"Burrolandia". Parque temático de burros no México está a tentar salvar estes animais

Um parque temático de burros no México serve de santuário a estes animais que estão aos poucos a desaparecer no país. "O burro ajudou o homem por muito tempo. É hora de retribuirmos o favor", …

Uma mão robótica que joga Super Mario Bros na Nintendo? Sim, existe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, imprimiu em 3D peças para criar uma mão robótica capaz de jogar Super Mario Bros na Nintendo.  A mão robótica é totalmente montada com circuitos …

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …