Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

jannewittoeck / Flickr

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte “travou o vírus maligno”, mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong parecem sugerir o contrário.

Esta quinta-feira, o Comité Central do Partido Comunista aprovou o “fornecimento extraordinário de comida e fundos” à cidade fronteiriça de Kaesong, em quarentena há duas semanas.

Segundo o Público, Kaesong está em quarentena total desde o dia 24 de julho, depois de ter sido identificado o que se julga ser primeiro caso suspeito de infeção pelo coronavírus, levando o regime a anunciar a entrada em vigor de um “sistema de emergência máximo”.

A Coreia do Norte não permite, já há várias décadas, qualquer escrutínio estrangeiro sobre o que se passa dentro das suas fronteiras, o que dificulta a execução de estimativas sobre o potencial número de casos positivos no país. No entanto, a grande maioria dos analistas internacionais duvida deste número.

“Mesmo que a Coreia do Norte se feche, deve haver casos suspeitos e as autoridades têm de os diagnosticar de forma agressiva. Mas o regime nunca foi transparente sobre se tem sequer capacidade para o fazer”, disse à Associated Press o analista Hong Min, do Instituto para a Unificação Nacional, em Seul.

A verdade é que se teme uma catástrofe. O país tem níveis de pobreza e de subnutrição muito elevados em várias regiões, há uma escassez muito acentuada de medicamentos e de bens de primeira necessidade e enormes falhas sanitárias. Um surto do novo coronavírus de grandes dimensões pode mesmo propiciar uma catástrofe humanitária.

A Coreia do Norte fechou as fronteiras em dezembro e, sete meses depois, “a situação económica e sanitária parece estar a atingir níveis perigosamente baixos“, escreveu a investigadora Gabriela Bernal, da Universidade de Estudos da Coreia do Norte, na revista Diplomat.

De acordo com o diário, a divulgação da decisão tomada pelo Comité Central do partido único em relação a Kaesong pode ser consequência de uma nova abordagem de Kim Jong-un na gestão da informação sobre a pandemia, depois de meses de segredos, admitiu Yang Moo-jin, professor na mesma instituição de Bernal.

O Público escreve ainda que, a ser verdade, esta poderá ser uma confirmação de que a situação epidemiológica na Coreia do Norte é mais grave do que aquilo que o regime tem noticiado e que o país necessitará de ajuda num futuro próximo.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O primeiro combate deve ser à base da bala, o segundo do encobrimento! Quem vai acreditar num regime fechado ao mundo?

RESPONDER

Dos partidos aos patrões, há expectativas quanto ao plano de desconfinamento

O primeiro esboço do plano de desconfinamento será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A apresentação do roteiro para a reabertura do país acontece no dia 11 de março. Esta semana, o …

"Estamos em pé de guerra." OMS defende dispensa de patente para países poderem fazer cópias baratas de vacinas

Os laboratórios devem dispensar as patentes se tal for necessário para garantir que todas as pessoas são imunizadas contra o novo coronavírus, defendeu o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS). Num artigo publicado esta sexta-feira …

Apalpar fruta passou à história. Cientistas criam novo método para saber quando está madura

Uma equipa de investigadores desenvolveu um método para saber se uma fruta está madura sem a apalpar. Para já, os testes foram realizados em mangas, mas os cientistas esperam alargá-lo a outras frutas. Apalpar fruta para …

Governo espera reabrir turismo em maio

A secretária de Estado do Turismo revelou à BBC que Portugal espera poder abrir as fronteiras e o turismo no início de maio. Portugal espera poder abrir as fronteiras e o turismo no início de maio …

Final entre Benfica e Braga não será no Jamor, mas em Coimbra

A Taça de Portugal vai realizar-se no Estádio Cidade de Coimbra, que também recebe as finais da Taça de Portugal feminina e do Campeonato de Portugal.  O Estádio Cidade de Coimbra vai receber a final da …

Chocos passaram num teste cognitivo desenvolvido para crianças

No ano passado, os chocos já tinham passado no teste do marshmallow, mas agora uma equipa de cientistas decidiu fazer uma nova experiência. Segundo o site Science Alert, o teste do marshmallow consiste em colocar uma criança numa …

Estranhos terramotos revelam vulcões ocultos debaixo do deserto do Utah

Duas estranhas sequências de terramotos, em setembro de 2018 e abril de 2019, chamaram a atenção dos cientistas para o deserto de Black Rock, no estado norte-americano do Utah. As sequências de sismos, que incluíram os …

Chovem eletrões. Descoberto furacão de plasma espacial acima do Polo Norte

Uma equipa de cientistas, liderados pela Universidade Shandong, na China, identificou um furacão espacial acima do Polo Norte. Os investigadores usaram dados de satélite para identificar o furacão espacial acima do Polo Norte e revelaram que não …

Sporting 2-1 Santa Clara | Super-Coates volta a ser herói

Arrancado a ferros… à campeão? O Sporting esteve a poucos segundos de registar o terceiro empate em casa, perante um Santa Clara que não foi em nada inferior aos “leões” e até conseguiu ser superior em …

Os gatos demonstram ser menos leais do que os cães (mas pode haver uma razão)

Ainda existe um estereótipo sobre a diferença entre cães e gatos. Normalmente as pessoas associam os cães a animais amorosos e leais, enquanto os gatos são tidos como distantes e indiferentes. Um novo estudo pode …