Coreia do Sul planeia “ataque cirúrgico” para tirar Kim Jong-un do poder

(dv) KNS / KCNA

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

Os estrategas militares sul-coreanos estão a preparar “um ataque cirúrgico” de contingência contra o comando norte-coreano e as suas instalações nucleares, que seria realizado em caso de emergência, pelas Forças Especiais do presidente sul-coreano Moon Jae-in

Segundo a edição desta segunda-feira do jornal sul-coreano Munwha, o planeamento da operação terá sido iniciado, três dias depois do segundo teste de míssil balístico da Coreia do Norte, pelos chefes do Estado-Maior e do Ministério da Defesa Nacional sul-coreanos.

Ao mesmo tempo, equipas do Departamento de Segurança Nacional e do Departamento de Armas de Destruição em Massa da Coreia do Sul foram encarregadas de elaborar planos de “ataques de precisão” para reagir a lançamentos de mísseis balísticos, nucleares ou não-nucleares, porque, diz o Munwha, este cenário “atingiu o ponto crítico da linha vermelha.

De acordo com o jornal sul-coreano, o plano implica o uso de caças F-15 para atingir os principais centros de comando operacional da Coreia do Norte. O ataque dos caças teria  como alvo “as janelas do gabinete do líder norte-coreano, Kim Jong-un, na sede do do Partido Trabalhista em Pyongyang”.

Segundo testemunharam vários funcionários militares ao Munwha, os planos de um ataque “cirúrgico” foram elaborados a 31 de março, depois de o novo presidente sul-coreano, Moon Jae-in, ter solicitado a criação de uma nova brigada das Forças Especiais com mil a dois mil homens com a missão de “eliminar os dirigentes militares norte-coreanos” e “paralisar as instalações de comando em caso de emergência”.

A semana passada, a Coreia do Norte realizou o segundo teste do míssil Hwasong-14, tendo anunciado que o lançamento foi bem sucedido. O projéctil atingiu uma altitude de 3.725 quilómetros e percorreu 998 quilómetros durante cerca de 47 minutos, antes de cair em águas territoriais do Japão.

Segundo fontes militares russas, o projéctil testado pela Coreia do Norte foi um míssil balístico de alcance intermediário (IRBM), mas a Coreia do Sul e os EUA sustentam que foi testado um míssil balístico intercontinental (ICBM), que tem um alcance bastante maior.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Concordo plenamente não há ninguém que tenha a ideia iluminada de tirar a tosse a esse beduíno gordo anormal! Já é o responsável por milhares de mortes de conterrâneos e que tudo está a fazer para ser a causa da perda de centenas de milhares de vidas inocentes.!!!!!!!

  1. Está-se mesmo a ver os serviços secretos a planearem uma operação tática deste nível de sensibilidade e secretismo e sair uma notícia na comunicação social sobre este assunto… faz todo o sentido… acho que anda por aí uma nova doença de acefalismo crónico, tanto por parte de quem publica estas notícias como por quem as lê (no meu caso já devo estar afetado…)

    Tenham dó sff…

Ministro alemão encontrado morto "estava muito preocupado" com apoio à população

O ministro das Finanças do Estado alemão de Hesse, Thomas Schäfer, foi encontrado morto no sábado. O corpo do político estava nos carris de uma linha de comboios de alta velocidade, na cidade de Hochheim, …

Oposição denuncia sequestro de dois membros da equipa de Guaidó

Este domingo, a oposição venezuelana denunciou que alegados funcionários das forças de segurança sequestraram dois membros da equipa do líder da oposição, Juan Guaidó. Rafael Rico, do partido Vontade Popular, indicou que o sequestro teve lugar …

Há 853 profissionais de saúde infetados. Cerco sanitário no Porto em discussão

O secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, revelou que existem 853 profissionais de saúde infetados com a covid-19 em Portugal. Em conferência de imprensa ao fim da manhã desta segunda-feira, depois de a …

Fazer despedimentos ou não renovar contratos são situações distintas, explica Siza Vieira

O ministro da Economia afirma que o acesso aos apoios financeiros do 'lay-off' simplificado está condicionado ao compromisso de não haver despedimentos, mas reconhece que despedimento e não renovação são situações distintas. O ministro da Economia …

Empresas denunciadas por abusos nos despedimentos e violações ao código de trabalho

A CGTP recebeu denúncias a 40 empresas em que são relatadas situações de abuso e aproveitamento laboral. Milhares de trabalhadores foram afetados em todo o país, garante a líder sindical. Isabel Camarinha, classificou como "muito negro" …

NOS Primavera Sound adiado para setembro

Devido ao estado de emergência em que o país se encontra, resultado do surto de COVID-19, a nona edição do NOS Primavera Sound foi adiada e vai acontecer de 3 a 5 setembro. “Perante este cenário …

Twitter apaga publicações de Bolsonaro que defendiam fim das medidas de contenção

O Twitter bloqueou dois vídeos publicados no perfil oficial de Jair Bolsonaro sobre a visita que fez no domingo a vários pontos de Brasília, contrariando as recomendações sanitárias da Organização Mundial de Saúde (OMS) para …

País vai entrar no "mês mais crítico" da pandemia (e medidas vão ser prolongadas)

O primeiro-ministro, António Costa, avisou esta segunda-feira que Portugal "vai entrar no mês mais crítico desta pandemia" da covid-19 e por isso é necessário que se prepare para esta fase. António Costa falava aos jornalistas na …

Bancos também dão moratória no crédito automóvel

Para além da moratória no crédito à habitação decretada pelo Governo, alguns bancos estão a alargar a moratória ao crédito de consumo, como por exemplo, à prestação do carro. Face à pandemia de covid-19, o Governo …

Justiça dos Estados Unidos investiga senadores por delitos financeiros

Vários senadores norte-americanos estão a ser investigados por terem vendido ações depois de terem recebido briefings sobre a pandemia de covid-19. De acordo com a CNN, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos começou a investigar …