Míssil da Coreia do Norte atingiu zona económica exclusiva do Japão

(dv) KCNA / YONHAP

Teste de um míssil balístico norte-coreano Pukguksong-2

Os meios de comunicação japoneses estão a avançar que a Coreia do Norte disparou um míssil sobre as águas do Japão. no início do mês, Pyongyang já tinha afirmado que realizou com sucesso o teste do lançamento de um míssil balístico intercontinental.

A agência Reuters cita a japonesa NHK para comunicar que os norte coreanos lançaram um míssil que terá caído na zona económica exclusiva do Japão. A agência Kyodo também dá conta do lançamento, citando ainda o governo.

Segundo a Reuters, o primeiro ministro japonês Shinzo Abe convocou uma reunião com caráter urgente para analisar o lançamento em questão.

Esta não é a primeira vez que a Coreia do Norte lança mísseis com destino ao mar do Japão, mas nunca antes tinha “atacado” a zona económica exclusiva do Japão.

A zona económica exclusiva de um país é um espaço delimitado por uma linha situada a 200 milhas marítimas da sua costa – o equivalente a 370 km -, mas pode ter uma extensão maior, em função da plataforma continental.

Na sua zona económica exclusiva, cada país costeiro tem prioridade na utilização dos recursos naturais do mar, tanto vivos como não vivos, e responsabilidade na sua gestão ambiental. Esta zona foi estabelecida pela Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar, também conhecida como Convenção de Montego Bay.

O líder norte-coreano, Kim Jong-Un, alega que tem o país tem a capacidade de lançar mísseis balísticos intercontinentais com cargas nucleares. A 4 de julho, um teste bem sucedido terá sido, segundo alguns analistas, o primeiro lançamento de um míssil balístico da Coreia do Norte.

Teste de míssil intercontinental coloca EUA ao alcance da Coreia do Norte

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, afirmou que o segundo teste com um míssil balístico intercontinental (ICBM) coloca o território dos Estados Unidos ao alcance de um ataque de Pyongyang, segundo a agência norte-coreana KCNA.

Kim Jong-un afirmou que o teste demonstrou a capacidade da Coreia do Norte para disparar “em qualquer lugar, a qualquer hora“, de acordo com a agência estatal.

“O líder declarou orgulhosamente que o teste confirma que o território continental dos Estados Unidos está dentro do nosso alcance de tiro”, acrescentou. A KCNA disse que Kim expressou “grande satisfação” após o míssil Hwasong-14 ICBM, que tinha sido lançado pela primeira vez a 4 de julho, atingir uma altura máxima de 3.725 quilómetros e viajar 998 quilómetros, do ponto de lançamento até cair em águas próximas do Japão.

Kim disse que o lançamento de sexta-feira enviou um “sério alerta” aos EUA, que têm vindo a fazer ameaças de guerras e novas sanções, cita a KCNA.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, já convocou uma reunião do Conselho Nacional de Segurança.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Infortúnios" vão chegar "mais cedo do que o esperado". Marcelo pede mais crescimento económico

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, diz que o país precisa de mais crescimento económico. "Este que temos não chega", porque "os infortúnios" vão chegar mais cedo do que o previsto. Esta terça-feira, o …

Arqueólogo encontra dezenas de sítios maia graças a um mapa online gratuito

Um arqueólogo norte-americano descobriu 27 sítios maias com 3.000 anos graças a um mapa online gratuito, escreve o jornal The New York Times. Takeshi Inomata, arqueólogo da Universidade do Arizona, nos Estado Unidos, utilizou um mapa …

39 pessoas encontradas mortas dentro de um camião no Reino Unido

Um camião foi encontrado, esta quarta-feira, em Essex, no Reino Unido, com 39 pessoas sem vida no seu interior. O condutor já foi detido. Segundo o The Guardian, as autoridades britânicas já iniciaram uma investigação, depois …

Hospital das Forças Armadas não operou um único doente do SNS

O Hospital das Forças Armadas (HFAR) ainda não apresentou qualquer candidatura para ser “convencionado pelo Serviço Nacional de Saúde”. No ano passado, os ministérios da Defesa e da Saúde assinaram um acordo para que o Hospital …

Chuvas torrenciais fazem um morto em Espanha e inundações em França

Em Espanha, uma pessoa morreu e pelo menos outras duas estão desaparecidas. No sul de França, a tempestade Dana também já causou várias inundações. Segundo o jornal La Vanguardia, as chuvas torrenciais registadas, esta madrugada, na …

Falta de condições para emergência médica obriga INEM a transferir helicóptero para Viseu

A falta de condições para operações de emergência médica no heliporto de Santa Comba Dão obrigou o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) a transferir o seu helicóptero para o aeródromo de Viseu, foi anunciado …

Macacos "arrasaram" humanos num simples jogo de computador

Quando se trata de ganhar jogos e resolver quebra-cabeças, às vezes os macacos fazem-no de forma mais inteligente do que os humanos. Para além das suas incríveis capacidades físicas, os macacos também mostram uma incrível "flexibilidade …

Morreu Marieke Vervoort, a campeã paralímpica belga que recorreu à eutanásia

Morreu Marieke Vervoort, de 40 anos, que sofria de uma doença muscular degenerativa sem cura. Decidiu pôr termo à vida com recurso à morte assistida. A belga era campeã paralímpica com conquistas de medalhas de ouro …

China pode substituir chefe de governo de Hong Kong face aos recentes protestos

A China estará a equacionar substituir Carrie Lam, chefe do governo de Hong Kong, por um líder interino, na sequência dos protestos violentos que decorrem na cidade há cinco meses. De acordo com o Financial Times, …

Presidente do Chile anuncia pacote de medidas sociais para travar protestos

O Presidente chileno anunciou na terça-feira um pacote de medidas sociais para travar os protestos que duram há cinco dias e que já causaram 15 mortos, após o anúncio de um aumento nos preços do …