Cientistas apresentam primeiro coração impresso em 3D a partir de tecido humano

STR / EPA

Protótipo do coração imprimido em 3D.

Cientistas israelitas apresentaram, esta segunda-feira, o protótipo de um coração do tamanho de uma cereja, produzido com células de um paciente. Segundo especialistas, este é o primeiro coração com vasos sanguíneos, ventrículos e cavidades impresso em laboratório.

Cientistas da Universidade de Tel Aviv, em Jerusalém, apresentaram esta segunda-feira um coração vivo feito a partir de tecido humano, com recurso a uma impressora 3D. O estudo, publicado na revista Advanced Science, abre caminho para a realização de transplantes sem risco de rejeição, já que o órgão é feito com células do próprio paciente.

“Já tinham conseguido imprimir em 3D a estrutura de um coração, mas esta é a primeira vez que alguém conseguiu planear e imprimir um coração inteiro, repleto de células, vasos sanguíneos, ventrículos e cavidades”, disse o professor Tal Dvir, que liderou a investigação, realçando que o coração está completo, vivo e a palpitar.

“Realizamos uma pequena biópsia de tecido adiposo do paciente, removemos todas as células e separamos do colagénio e de outros biomateriais. Reprogramamos para que fossem células estaminais e diferenciamos para que sejam células cardíacas e células de vasos sanguíneos”, detalhou o investigador.

Posteriormente, os materiais biológicos foram processados para convertê-los em biotinta, o que permite imprimir com as células, afirmou. O protótipo do coração apresentado aos jornalistas esta segunda-feira tem cerca de três centímetros, o equivalente ao tamanho do órgão de um coelho ou de uma cereja.

Por agora, as células conseguem contrair-se, mas o coração completo não bombeia. “Ainda é muito básico”, diz Dvir. De acordo com o cientista, é preciso desenvolvê-lo mais, para conseguir um órgão que possa ser transplantado para um ser humano.

“O próximo passo é amadurecer as células e ajudá-las para que comuniquem entre si, de forma a que se contraiam juntas. É preciso ensinar as células a comportarem-se adequadamente”, explicou Dvir.

“Depois, teremos outro desafio, que é conseguir desenvolver um coração maior, com mais células. Temos que descobrir como criar células suficientes para produzir um coração humano”, acrescentou.

Futuramente, a equipa liderada por Dvir planeia transplantar corações em pequenos animais, como coelhos e ratos. “Talvez, dentro de dez anos, haja impressoras de órgãos nos melhores hospitais do mundo, e esses procedimentos sejam conduzidos de forma rotineira”, disse Dvir.

ZAP // DW

PARTILHAR

RESPONDER

Vibrações provocadas por "estrelamotos" permitem precisar a idade da Via Láctea

Os tremores estelares registados pelo telescópio espacial Kepler, da NASA, ajudaram a responder a um antigo enigma sobre a idade do "disco espesso" da Via Láctea. Uma equipa de cientistas, liderada por investigadores do Centro de …

Este casaco foi desenhado para nos ajudar a dormir em qualquer lado

A britânica Vollebak lançou um casaco, inspirado nos astronautas, que facilita a ideia de poder dormir, literalmente, em qualquer lado. A pensar em todas aquelas pessoas que gostam de fazer uma sesta ou outra, independentemente do …

DJ Juice WRLD morre aos 21 anos

A estrela do hip-hop norte-americano Juice WRLD faleceu este domingo (8), depois de sofrer convulsões no Aeroporto de Midway, em Chicago, avança o TMZ. O rapper tinha feito 21 anos a 2 de dezembro. De acordo …

"A Favorita" arrebata prémios do cinema europeu

O filme "A Favorita", do realizador grego Yorgos Lanthimos, arrecadou oito prémios da Academia de Cinema Europeu, numa cerimónia realizada em Berlim. "A Favorita" conquistou, entre outros, os prémios de Melhor Filme Europeu, Melhor Comédia, Realização …

Belenenses 1-1 Porto | "Dragão" escorrega e deixa fugir líder

O FC Porto não foi além de um empate na visita ao Jamor, ante o Belenenses. André Santos abriu as “hostilidades” e Alex Telles, na marcação de uma grande penalidade, fixou o resultado final. Com esta …

Caligrafia desleixada de Isabel I denuncia-a como a tradutora anónima de um livro romano

A rainha Isabel I de Inglaterra foi identificada como a tradutora anónima do livro "Anais" de Tácito. As idiossincrasias da sua caligrafia acabaram por ser fundamentais para a descoberta. Na análise a uma tradução de século …

Hashtags políticas como #MeToo tornam as pessoas menos propensas a acreditar em notícias

Tendem a passarem despercebidas, mas as hashtags são mais importantes do que julgamos. A questão que se impõe é: serão benéficas para a saúde democrática da Internet? Uma hashtag (#) é uma marca funcional, amplamente usada …

Sporting 1-0 Moreirense | "Leão" resolve à cabeçada

O Sporting regressou às vitórias na Liga NOS, embora não sem sentir algumas dificuldades, em especial no ataque. Os "leões" bateram o Moreirense por 1-0, numa partida em que remataram muito (28, máximo na Liga até …

Orçamento do Estado. "Sentido de voto do BE está completamente em aberto"

A coordenadora do BE afirmou, este domingo, que o sentido de voto do partido sobre o Orçamento do Estado para 2020 está "completamente em aberto", desejando que o Governo socialista atenda às reivindicações bloquistas. "Fizemos uma …

João Cotrim Figueiredo eleito presidente da Iniciativa Liberal com 96% dos votos

João Cotrim Figueiredo foi eleito, este domingo, presidente da Comissão Executiva da Iniciativa Liberal, uma candidatura única que recolheu 96% dos votos na III Convenção Nacional do partido. A III Convenção Nacional do partido decorre hoje …