Cientistas apresentam primeiro coração impresso em 3D a partir de tecido humano

STR / EPA

Protótipo do coração imprimido em 3D.

Cientistas israelitas apresentaram, esta segunda-feira, o protótipo de um coração do tamanho de uma cereja, produzido com células de um paciente. Segundo especialistas, este é o primeiro coração com vasos sanguíneos, ventrículos e cavidades impresso em laboratório.

Cientistas da Universidade de Tel Aviv, em Jerusalém, apresentaram esta segunda-feira um coração vivo feito a partir de tecido humano, com recurso a uma impressora 3D. O estudo, publicado na revista Advanced Science, abre caminho para a realização de transplantes sem risco de rejeição, já que o órgão é feito com células do próprio paciente.

“Já tinham conseguido imprimir em 3D a estrutura de um coração, mas esta é a primeira vez que alguém conseguiu planear e imprimir um coração inteiro, repleto de células, vasos sanguíneos, ventrículos e cavidades”, disse o professor Tal Dvir, que liderou a investigação, realçando que o coração está completo, vivo e a palpitar.

“Realizamos uma pequena biópsia de tecido adiposo do paciente, removemos todas as células e separamos do colagénio e de outros biomateriais. Reprogramamos para que fossem células estaminais e diferenciamos para que sejam células cardíacas e células de vasos sanguíneos”, detalhou o investigador.

Posteriormente, os materiais biológicos foram processados para convertê-los em biotinta, o que permite imprimir com as células, afirmou. O protótipo do coração apresentado aos jornalistas esta segunda-feira tem cerca de três centímetros, o equivalente ao tamanho do órgão de um coelho ou de uma cereja.

Por agora, as células conseguem contrair-se, mas o coração completo não bombeia. “Ainda é muito básico”, diz Dvir. De acordo com o cientista, é preciso desenvolvê-lo mais, para conseguir um órgão que possa ser transplantado para um ser humano.

“O próximo passo é amadurecer as células e ajudá-las para que comuniquem entre si, de forma a que se contraiam juntas. É preciso ensinar as células a comportarem-se adequadamente”, explicou Dvir.

“Depois, teremos outro desafio, que é conseguir desenvolver um coração maior, com mais células. Temos que descobrir como criar células suficientes para produzir um coração humano”, acrescentou.

Futuramente, a equipa liderada por Dvir planeia transplantar corações em pequenos animais, como coelhos e ratos. “Talvez, dentro de dez anos, haja impressoras de órgãos nos melhores hospitais do mundo, e esses procedimentos sejam conduzidos de forma rotineira”, disse Dvir.

ZAP // DW

PARTILHAR

RESPONDER

Só as mulheres podem parar o Apocalipse nuclear

O aumento da participação feminina no setor nuclear ajudaria a reduzir a ameaça de um Apocalipse, afirmou recentemente a analista Xanthe Scharf. O conflito nuclear continua a ser a maior ameaça imediata à segurança global. Os …

Esqueleto que caiu de um penhasco pode ter pertencido a uma princesa

Há mais de um século, um tronco esculpido que continha o antigo esqueleto de uma mulher caiu de um penhasco à beira-mar na pequena vila costeira polaca de Bagicz. Agora, os investigadores determinaram que a mulher …

Apanhado no Facetime. Prisão perpétua para português por violação e agressão em Inglaterra

Um português a residir em Inglaterra foi condenado a prisão perpétua por violação e agressão a uma jovem de 19 anos, tendo uma captura de ecrã durante uma chamada de FaceTime sido um elemento chave. Samuel …

Estranha síndrome genética está a cegar famílias inteiras

Médicos na Austrália descobriram uma condição ultra-rara que está gradualmente a cegar famílias inteiras em redor do mundo. Agora, estão a tentar encontrar uma cura. Os primeiros sinais da condição surgiram na Austrália, quando uma mãe, …

Juventus é campeã pela oitava vez consecutiva. E Ronaldo estava lá

A Juventus conquistou este sábado a Serie A pela oitava vez consecutiva, depois de vencer em casa a Fiorentina por 2-1, em jogo da 33ª jornada. Poucos dias após a eliminação nos quartos de final da …

Coletes Amarelos: novo sábado de violência em Paris

Mobilizados há mais de cinco meses, os "coletes amarelos" voltaram este sábado às ruas para o seu "acto XXIII" marcado por uma nova escalada da tensão entre manifestantes e forças de autoridade. Tiros de gás lacrimogéneo, …

Porto vs Santa Clara | Dragão suficiente assume liderança

O FC Porto venceu hoje o Santa Clara por 1-0, em partida da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que permite aos ‘dragões' regressarem, à condição, ao comando do campeonato. O FC Porto cumpriu …

Notre-Dame pode não ser a única. Vários monumentos em todo o mundo estão em risco

O incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris, levantou questões sobre a forma como os órgãos responsáveis pelo património cultural realizam políticas de conservação e detetam possíveis problemas. Além disso, a Unesco indicou que vários locais de …

Hubble espreita aglomerado cósmico azul

Os enxames globulares são objetos inerentemente belos, mas o alvo desta imagem do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, Messier 3, é frequentemente reconhecido como um dos mais esplêndidos de todos. Contendo, incrivelmente, meio milhão de estrelas, …

Comer carne vermelha (mesmo moderadamente) aumenta risco de cancro do intestino

O maior estudo alguma vez realizado no Reino Unido sugere que devemos reduzir (ainda mais) o consumo de carne vermelha. Um estudo financiado pela Cancer Research UK e desenvolvido pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, …