Cientistas apresentam primeiro coração impresso em 3D a partir de tecido humano

STR / EPA

Protótipo do coração imprimido em 3D.

Cientistas israelitas apresentaram, esta segunda-feira, o protótipo de um coração do tamanho de uma cereja, produzido com células de um paciente. Segundo especialistas, este é o primeiro coração com vasos sanguíneos, ventrículos e cavidades impresso em laboratório.

Cientistas da Universidade de Tel Aviv, em Jerusalém, apresentaram esta segunda-feira um coração vivo feito a partir de tecido humano, com recurso a uma impressora 3D. O estudo, publicado na revista Advanced Science, abre caminho para a realização de transplantes sem risco de rejeição, já que o órgão é feito com células do próprio paciente.

“Já tinham conseguido imprimir em 3D a estrutura de um coração, mas esta é a primeira vez que alguém conseguiu planear e imprimir um coração inteiro, repleto de células, vasos sanguíneos, ventrículos e cavidades”, disse o professor Tal Dvir, que liderou a investigação, realçando que o coração está completo, vivo e a palpitar.

“Realizamos uma pequena biópsia de tecido adiposo do paciente, removemos todas as células e separamos do colagénio e de outros biomateriais. Reprogramamos para que fossem células estaminais e diferenciamos para que sejam células cardíacas e células de vasos sanguíneos”, detalhou o investigador.

Posteriormente, os materiais biológicos foram processados para convertê-los em biotinta, o que permite imprimir com as células, afirmou. O protótipo do coração apresentado aos jornalistas esta segunda-feira tem cerca de três centímetros, o equivalente ao tamanho do órgão de um coelho ou de uma cereja.

Por agora, as células conseguem contrair-se, mas o coração completo não bombeia. “Ainda é muito básico”, diz Dvir. De acordo com o cientista, é preciso desenvolvê-lo mais, para conseguir um órgão que possa ser transplantado para um ser humano.

“O próximo passo é amadurecer as células e ajudá-las para que comuniquem entre si, de forma a que se contraiam juntas. É preciso ensinar as células a comportarem-se adequadamente”, explicou Dvir.

“Depois, teremos outro desafio, que é conseguir desenvolver um coração maior, com mais células. Temos que descobrir como criar células suficientes para produzir um coração humano”, acrescentou.

Futuramente, a equipa liderada por Dvir planeia transplantar corações em pequenos animais, como coelhos e ratos. “Talvez, dentro de dez anos, haja impressoras de órgãos nos melhores hospitais do mundo, e esses procedimentos sejam conduzidos de forma rotineira”, disse Dvir.

ZAP // DW

PARTILHAR

RESPONDER

Biologia sintética pode levar a uma catástrofe global no futuro

Apesar dos aspetos positivos da evolução da biologia sintética, há certas preocupações que este avanço científico acarreta. Nas mãos erradas, a modificação genética de um vírus pode ser um problema de grandes dimensões. A cepa da …

Estamos mais propensos a devolver uma carteira perdida se ela estiver cheia de dinheiro

Os humanos podem ser mais bondosos do que aquilo que pensa. Quando encontramos uma carteira perdida, mais rapidamente a devolvemos ao dono se estiver cheia de dinheiro. Pode parecer um paradoxo, mas a verdade é que …

O T-Rex tem dois novos primos tailandeses

Duas novas espécies de dinossauros, que eram predadores eficientes e parentes distantes do Tiranossauro-Rex, foram identificadas em restos fósseis encontrados há 30 anos na Tailândia, revelou a Universidade de Bonn, na Alemanha. Há três décadas, …

Encontrados os corpos de sete alpinistas desaparecidos em maio nos Himalaias

Os corpos de sete alpinistas desaparecidos na Índia, nos Himalaias, foram encontrados no domingo por uma equipa de socorristas especializados em intervenções em alta montanha, anunciou a polícia. De acordo com o Expresso, os socorristas tinham …

Há uma "corrida brutal" por mega-centrais de energia solar (e pode aumentar a factura da luz)

A aposta do Governo português no sector das Energias Renováveis está a fomentar uma "corrida brutal" a projectos solares de grandes dimensões. Uma procura excessiva que preocupa a REN - Redes Energéticas Nacionais que avisa …

No adeus ao Prédio Coutinho, últimos 12 moradores recusam entregar chaves

Os últimos 12 moradores do prédio Coutinho em Viana do Castelo recusaram, nesta segunda-feira, 24 de junho, entregar a chave das habitações à VianaPolis no prazo fixado para aquela sociedade tomar posse administrativa das últimas …

Reino Unido. Boris Johnson em queda nas sondagens depois de discussão com namorada

A discussão de sexta-feira com a namorada está a afetar a campanha de Boris Johnson à liderança do Partido Conservador britânico. Desde quinta-feira, o ex-ministro caiu de uma vantagem de 27 pontos percentuais nas sondagens para …

NASA encontra nuvens de metano em Marte (e aguarda notícias de vida)

A sonda espacial Curiosity, da NASA, detectou elevado níveis de emissão de metano na superfície de Marte. A presença do gás, normalmente produzido por seres vivos, pode ser evidência de vida bacteriana no planeta vermelho. A descoberta, …

Factura do gás ainda cobra taxa "eliminada" em 2017

A taxa cobrada pelos municípios às empresas distribuidoras de gás natural, que estava previsto no Orçamento do Estado desde 2017 que deixaria de ser cobrada aos consumidores, continua a constar nas facturas das famílias. A medida …

Marques Mendes acredita que o SNS está pior do que no tempo da troika (e culpa Centeno)

Luís Marques Mendes afirmou que a situação que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) é tão má que, na atualidade, o panorama "é pior do que no tempo da troika". E tudo por causa de …