“Convidaram pais a serem voluntários” para resolver a falta de funcionários nas escolas

Paulo Novais / Lusa

A falta de funcionários nas escolas é um tema recorrente em todos os anos lectivos, mas em tempos de pandemia de covid-19 é uma situação “impensável”, lamentam encarregados de educação de uma agrupamento escolar de Santiago do Cacém, onde a direcção convidou os pais “a serem voluntários” para resolver o problema.

Este dado é divulgado à SIC Notícias pela presidente da Associação de Pais de Santiago do Cacém, Célia Soares, que lamenta que a falta de funcionários nas escolas seja um problema recorrente em todos os anos lectivos.

Mas “este ano é impensável que isto aconteça“, pois “é muito mais grave”, sublinha Célia Soares reportando-se para a necessidade de proceder à higienização dos espaços e de garantir o distanciamento social.

No caso da Escola Primária de Aldeia dos Chãos, em Santiago do Cacém, as aulas arrancaram contra a vontade dos pais que exigem a colocação de mais auxiliares.

“O Ministério diz que o agrupamento tem funcionários a mais. O agrupamento diz que não, devido ao desdobramento de horários. A única solução foi convidar os pais a serem voluntários nas escolas”, relata Célia Soares à SIC Notícias.

A falta de funcionários já levou ao encerramento de algumas escolas neste ano lectivo, designadamente em Lisboa e em Viseu, depois de alguns auxiliares terem sido diagnosticados com covid-19.

Entretanto, as aulas na escola pública das Laranjeiras, em Lisboa, que tinha tido as aulas suspensas por falta de funcionários já foram retomadas nesta terça-feira.

O vereador com o pelouro da Educação na Câmara de Lisboa, Manuel Grilo, disse que o município vai colocar três assistentes operacionais nesta escola pública, recorrendo à “bolsa de assistentes operacionais da própria” autarquia para resolver a situação.

Ministro promete mais 1500 funcionários antes de Dezembro

O ministro da Educação já garantiu, em entrevista à Rádio Observador, que vão chegar mais 1500 funcionários às escolas ainda durante o primeiro período, prometendo agilizar “concursos mais rápidos” para a contratação de assistentes operacionais.

Além disso, Tiago Brandão Rodrigues também garantiu que a nova fórmula que determina quantos funcionários cada escola deve ter – a portaria de rácios — será publicada nas próximas semanas.

No passado mês de Junho, o ministro tinha prometido, no Parlamento, um investimento público de 125 milhões de euros para o reforço dos recursos humanos nas escolas.

Entretanto, o PSD junta-se às críticas à falta de assistentes operacionais e questiona o ministro da Educação sobre qual será o mecanismo que vai permitir substituir, de forma urgente, os assistentes operacionais que venham a ficar doentes.

“Quantos assistentes operacionais estão à data de hoje ao abrigo dos mecanismos de proteção para os trabalhadores com doenças de risco”, questionam ainda deputados sociais-democratas numa pergunta endereçada ao ministro da Educação.

Em nome do Bloco de Esquerda, a deputada Joana Mortágua critica o facto de ainda se estarem a contratar assistentes operacionais nesta altura, já depois do arranque do ano lectivo.

“Não entendemos como não era possível antecipar que isto era necessário e fazer essa contratação no Verão, para que os funcionários já estivessem nas escolas agora”, aponta Joana Mortágua citada pelo Público.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. É sempre a mesma M—- ainda há dias vieram os desgovernantes informar que tudo estava em ordem p/ arrancar c/ abertura das escolas, que os diretores das escolas informaram que tudo está ok. Isto é Mentir á descarada. Todos nós sabemos que mesmo no normal sem Covid as escolas não tem auxiliares suficientes p/ o nr de alunos que fara agora c tempos desencontrados, higienização etc . Ainda tem a destinta Lata de dizer que escola(s) tem auxiliares a mais? Onde? Só se for na v/ cabeça. Convidar os pais p ajudar nas escolas? Pagam? Portugueses os contribuintes nas mãos desta gentalha passaram a ser pior do que escravos. Não abram a pestana não e vão ver o que lhes acontece…

RESPONDER

"Scolari segunda opção? É melhor ver isso do que ser cego"

Frase do treinador Lisca, que deu "muita risada" quando ouviu essa possibilidade. Lisca recusou 14 propostas para mudar de clube, no ano passado. O Cruzeiro andou à procura de treinador, tentou várias direções, mas foi ouvindo …

Covid-19 só explica 27,5% do acréscimo de mortalidade

As mortes por covid-19 em Portugal entre 02 de março e 18 de outubro representam apenas 27,5% do acréscimo da mortalidade registado relativamente à média dos últimos cinco anos, revelou esta sexta-feira o Instituto Nacional …

PCP desafia Governo a renacionalizar os CTT

O secretário-geral do PCP desafiou hoje o Governo a responder "à chantagem" do "grupo Champalimaud", retirar-lhe a concessão do serviço postal e renacionalizar os CTT. A proposta foi feita por Jerónimo de Sousa depois de estar …

"Covid persistente" atinge cerca de 20% dos curados (mas não recuperados)

Um novo estudo britânico indica que vários pacientes podem apresentar sintomas e sequelas durante vários meses, mesmo depois de testarem negativo. Os casos de “covid persistente” afetam maioritariamente mulheres e idosos. Há ainda muito por descobrir …

Acuña já é destaque em Espanha: "Não é bom nos 100 metros, mas..."

O ex-jogador do Sporting será uma referência para Lopetegui e já demonstrou um grande nível no jogo da Liga dos Campeões contra o Rennes. Marcos Acuña chegou a Sevilha há um mês e meio mas começa …

Portagens devem manter preços em 2021

Os preços das portagens nas autoestradas deverão voltar a manter-se em 2021, a confirmar-se a estimativa da taxa de inflação homóloga, sem habitação, de -0,18% em outubro, divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). A fórmula …

Governo estuda novo confinamento total nas duas primeiras semanas de dezembro

O Governo está a ponderar decretar um novo confinamento total da população portuguesa nas duas primeiras semanas de dezembro. A notícia foi avançada esta sexta-feira pela TVI e, entretanto, confirmada por outros órgãos de informação. O …

Pelo menos 140 pessoas afogam-se no naufrágio mais mortal de 2020

Pelo menos 140 migrantes morreram afogados ao largo da costa senegalesa depois de a embarcação em que seguiam se ter incendiado e naufragado, avançou a Organização Internacional para as Migrações (OIM). O barco transportava 200 pessoas …

Nélson Évora terminou contrato com o Sporting

Nelson Évora, campeão olímpico do triplo salto nos Jogos Olímpicos Pequim2008, vai deixar o Sporting após o fim do contrato com o clube, no sábado, confirmou à "Lusa" fonte oficial do Sporting, esta sexta-feira. O atleta, …

Nova Zelândia aprova eutanásia. Mas rejeita legalização da marijuana

Os neozelandeses aprovaram a eutanásia voluntária, mas rejeitaram a legalização da marijuana para uso recreativo, em dois referendos realizados em 17 de outubro, anunciou esta sexta-feira a Comissão Eleitoral. Cerca de 65,2% dos neozelandeses votaram a …