Contrato secreto prevê criação de mais portagens

Florida Turnpike / Flickr

Os condutores portugueses arriscam-se a vir a pagar ainda mais portagens, devido a um novo contrato de concessão da Infraestruturas de Portugal, elaborado com o conhecimento do governo de Passos Coelho.

O “contrato preliminar de concessão” em causa é centrado na criação de novas formas de financiamento e permite a introdução de portagens em vias com perfil de auto-estrada que actualmente não são alvo de pagamento.

O cenário é descrito pela TVI, que teve acesso ao documento, onde se salienta nomeadamente que a A3 e a A4, no Porto, poderão passar a pagar portagens “já a partir do próximo Verão”.

O mesmo contrato determinará ainda que, não se aplicando portagens, os quilómetros abrangidos serão suportados pelo Orçamento de Estado.

“A intenção seria ainda a de manter o princípio das Parcerias Público-Privadas“, constata a TVI, frisando que o Estado assumiria assim “o pagamento do diferencial da receita face ao estimado no contrato com os privados”.

Segundo constará no contrato, as contas públicas suportariam os custos entre 2020 e 2099, enquanto que a empresa ficaria com as receitas.

Comentando estes dados, a Infraestruturas de Portugal salienta à TVI que “não comenta quaisquer documentos de trabalho internos com carácter preliminar negocial”.

Fonte do novo governo declarou à estação não ter qualquer conhecimento acerca desta matéria, que “não constava das pastas de transição”.

A Infraestruturas de Portugal foi criada por via da fusão da REFER com a Estradas de Portugal com o objectivo de viabilizar o futuro financeiro da empresa e iniciar o processo da sua privatização.

ZAP

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. “as contas públicas suportariam os custos entre 2020 e 2099, enquanto que a empresa ficaria com as receitas” ???????????????? WHAT????

  2. A pouco e pouco se vai sabendo das aldrabices e sacanagens que o anterior governo fez nas costas dos portugueses, pois ainda a procissão vai no adro. Por isso e que nao queriam largar a porca.

  3. Afim de se acabar com episódio destes dois palhaços (Portas e Passos) porque não terem esperado pelos mesmos, quando foram corridos do governo, e encostado os dois a uma parede e darem-lhe um tiro na nuca a cada um ?
    Porque o circo com palhaços destes já não tem graça nenhuma nem já nos faz rir ?

  4. Existem autoestradas no país que nem daqui a 300 anos estarão pagas com o pouco movimento que têm, quanto mais pressionarem no pagamento mais estarão ás moscas o mal foi fazerem-se obras sem dinheiro para as pagarem, não sei mesmo se a melhor opção agora a tomar não seria um imposto a todos os automobilistas há condição de não ser a matar pois todos estamos sobrecarregados com impostos e abrir as autoestradas com livre passagem para todos.

  5. Vai se pagar na A3 e A4!
    Mas então e actualmente não pago? Essa é boa. Se me querem dizer que vão aumentar, pode ser, agora escrever que não se paga na A3 e A4 é mentira.

  6. Tanto falavam das aldrabices do Sócrates e planeavam manter as PPP’s com “garantia bancária” do Estado, com prolongamento até 2099 (!!!)
    Para informar os leitores que não conhecem a realidade das portagens das A3 e A4, relembro que essas AE são integralmente pagas, com excepção da ligação da Maia ao Porto, que é como se em Lisboa se passasse a pagar o troço entre Alverca e o Parque das Nações…
    E digo mais: A A4 está a ser prolongada sobre o antigo percurso da IP4 e estão a ser cobradas portagens em percursos que até agora eram assegurados por uma IP, deixando os condutores sem alternativas.
    Só espero que este novo governo anule estes arranjinhos de bastidores da antiga “maioria”.

  7. Estranho… Na notícia nunca dizem quem fez esse contrato secreto… Portugal só corre elevados riscos de corrupção na área da defesa? Depois das impunidades nos negócios subaquáticos parece que as coisas continuam a correr sobre rodas…

  8. Na certa o nosso País também tem dois governos…. Um é o oficial, democraticamente eleito e que dá a cara. E depois existe o governo obscuro que realmente manda, e a quem o governo fachada tem de pagar tributo.

    Só assim é que é possivel explicar tamanha roubalheira….

  9. Lamentavelmente para todos nós, aqueles que á 40 anos se governam fingindo governar só o continuam a fazer porque aceitamos!! Tanto é Ladrão o que rouba como o que fica a olhar …

RESPONDER

Afinal, o SEF ainda não foi extinto. Governo vai publicar decreto-lei

Afinal, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) ainda não foi extinto. Segundo o Ministério da Administração Interna, o Governo vai "aprovar por decreto-lei a orgânica do novo serviço público [SEA] e as novas competências …

Mais quatro mortes e 553 casos nas últimas 24 horas

De acordo com a Direção-Geral da Saúde, Portugal registou nas últimas 24 horas 553 novos casos de covid-19 e quatro mortes associadas à doença. Portugal regista hoje mais quatro mortes relacionadas com a covid-19, 553 novos …

Familiares das vítimas do voo MH-17 na Ucrânia vão pedir indemnizações

Uma das advogadas das vítimas do voo MH-17 da Malaysia Airlines anunciou que 290 familiares apresentaram pedido de indemnização contra os quatro suspeitos do acidente. Uma advogada das vítimas do derrube do voo da Malasya Airlines …

1.º de Maio. CGTP duplica lotação, UGT festeja online com ex-ministros socialistas

As centrais sindicais voltam a estar divididas quanto às comemorações do 1.º de Maio. A CGTP vai organizar dois desfiles e duplicar a concentração na Alameda Dom Afonso Henriques; a UGT cancelou qualquer iniciativa presencial …

"Vice" da bancada do PS contestado por pedir autocrítica do partido sobre Sócrates

Pedro Delgado Alves defendeu que o PS deveria refletir sobre a ação de José Sócrates. O deputado foi contestado por outros dirigentes do grupo parlamentar, nomeadamente Ana Catarina Mendes, que reagiu de forma dura à …

Japão responde à China e garante que derrame de Fukushima será seguro

O vice-primeiro-ministro japonês, Taro Aso, reafirmou esta sexta-feira, em resposta às críticas da China, que a descarga da central nuclear de Fukushima aprovada pelas autoridades japonesas estará dentro dos limites de segurança da água potável. "Estou …

Ninguém quer "a batata quente" do caso Sócrates. Ivo Rosa e Carlos Alexandre com nota máxima

Os juízes Ivo Rosa e Carlos Alexandre foram avaliados com a nota máxima de "Muito Bom" pelo Conselho Superior da Magistratura em inspecções realizadas entre 2013 e 2018, ou seja, abarcando o período da investigação …

João Leão afasta criação de imposto de solidariedade para pagar crise pandémica

O ministro das Finanças, João Leão, argumenta que a criação de um imposto de solidariedade para pagar a crise pandémica não ajudaria nem seria benéfica. Em entrevista ao semanário Expresso, o ministro das Finanças, João Leão, …

Isabel de Castela ficou conhecida por cheirar mal. Novos documentos põem fim aos mitos

A famosa rainha Isabel I de Castela, em Espanha, era conhecida por se lavar pouco e cheirar mal. Contudo, documentos recém-descobertos mostram que possuía uma quantidade enorme de perfumes de grande valor. Isabel I financiou a …

De Cristas aos encontros com Salgado. PS já tem 14 perguntas sobre o Novo Banco para Passos

Depois de Carlos Moedas e Cavaco Silva, o PS já tem perguntas que quer fazer ao ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho no âmbito da comissão de inquérito ao Novo Banco.  De acordo com o semanário Expresso, o …