Capazes vai ser fiscalizada. “Notícias são falsas”

O Programa Europeu Portugal 2020 – Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE) – vai fiscalizar as contas da associação feminista Capazes, fundada e liderada por Rita Ferro Rodrigues. Em causa está o financiamento atribuído de 73 mil euros.

Segundo avançou o Correio da Manhã na edição de segunda-feira, o valor de 73.856 euros atribuído à associação tinha como objetivo financiar um projeto no Alentejo.

De acordo com uma fonte do Programa Europeu Portugal 2020 citada pelo jornal, foi entregue um adiantamento de 8.967 em fevereiro e, desde aí, a Capazes já pediu o reembolso de despesas efetuadas no valor de 8.917 euros.

Após a atribuição do subsídio, a associação garantiu através de um comunicado que “as contas e mais despesas do projeto são públicas e escrupulosamente fiscalizadas, podendo ser consultadas por qualquer cidadão“.

No entanto, o CM tentou aceder às contas sem sucesso, uma vez que não estão disponíveis quais quer relatórios de contas no site da associação. Sobre o assunto, Rita Ferro Rodrigues recusou prestar declarações ao jornal.

Já na sua página de Facebook, a associação diz estar a ser alvo de “notícias falsas” e que todas as contas estão disponíveis para para consulta, disponibilizando um o Relatório de Fim de Ano de 2017 numa versão resumida.

A Capazes sublinha ainda que “todos os projectos financiados por fundos comunitários são fiscalizados pela entidade reguladora, procedimento previsto na legislação e a que todas as entidades são sujeitas”. Acrescentando que as fiscalizações são “rigorosas, constantes, desejáveis e habituais” e a associação Capazes não é “exceção”.

Não decorre nenhum procedimento de averiguação excecional a todas as outras entidades que envolva a nossa Associação.”, reitera a associação.

No esclarecimento realizado na segunda-feira, a associação frisa ainda que Rita Ferro Rodrigues não recebe qualquer remuneração pelo exercício do cargo de Presidente da, nem pelo seu papel de moderadora das Conferências dos Clubes Capazes.

O financiamento atribuído destina-se a um projeto centrado na região do Alentejo – o Clube Capazes – e tem como objetivo debater a igualdade de género. As iniciativas decorreram em Maio nos município de Odemeria, Portalegre, Elvas e Ponte de Sor. A candidatura ao fundo comunitário foi feita em 2006.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. So não percebo como uma página ou grupo desses tem direito a subsídios.. quem la for so ve opressão e mal dizer do genero masculino, nao sei como a opressão ao homem tem direito a subsídios alem de não admitirem opiniões contrárias bloqueando quem as desmente!.. para elas a mulher é um ser superior e o homem deve lhes obediência.. tipo pau mandado ou cãozinho..

    • Se todos os homens pensassem e tivessem o seu nível de expressão não havia dúvida que seriam um género inferior. Felizmente o senhor não é exemplo da comunidade dos homens.

      • Ja corrigiste os erros todos?!.. nao me digas que pertences ao grupo dos professores?! Aqueles que com mais 3 anos que a escolaridade mínima obrigatória ja pensam que podem ter privilégios e regalias infinitas!.. coisa que alguns com 5 ou 7 fora da função pública apenas almejam!… aqueles que afundam este país de parcos recursos, o restante do país que lhes mantenham as benesses!.. se fosses corrigir os erros dos das tua classe que até com cartazes cheios de erros nas manifestações andam, notas te ou passou te ao largo?! Nao era o substituir pau mandado por subserviente ou cao por masoquista que alterava o conteúdo e significado do meu comentário, que é o que realmente tem interesse!.. para algumas, apenas a embalagem é importante!.. conteúdo nulo!.. seras FM loira?! :))))))

  2. Realmente com 73000 euros acho que se podia fazer algo muito mais útil, dá para comprar uma casa.
    Deveria haver limites de subsidios para este tipo de associações, isto é uma IPSS? São necessários 73000 euros para debater a igualdade de género? Não será para pagar a um certo grupo de intervenientes para irem ao alentejo dizer aquilo que já estamos fartos de ouvir? Quantos milhares calha a cada um? Grandes tachos…

RESPONDER

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …