Consumo excessivo de cafeína pode mesmo levar a uma overdose

O Japão registou recentemente a sua primeira morte causado por overdose de cafeína. A vítima era um homem de 20 anos que trabalhava numa bomba de gasolina no turno da madrugada.

Com base nas análises, as autoridades de saúde japonesas informaram que a vítima faleceu porque ingeria grandes quantidades de bebidas ricas em cafeína para se manter acordado.

Segundo a agência de notícias Kyodo, a autópsia, realizada pela Universidade de Fukuoka, não conseguiu determinar a quantidade de cafeína ingerida, nem o período de tempo levado para que o consumo tivesse esse efeito letal.

O caso é inédito no Japão, mas não é tão raro em alguns lugares do mundo. Nos Estados Unidos, por exemplo, já foram registadas pelo menos dez mortes causadas pelo excesso de cafeína.

Considerada por muitos como uma fiel companheira para combater o cansaço, a cafeína também pode ser uma vilã. Quando ingerida em quantidades exageradas, a substância pode causar danos graves à saúde ou até mesmo ser fatal.

Os casos que mais chamaram a atenção nos EUA aconteceram em maio e julho do ano passado e causaram preocupação no país. As vítimas foram adolescentes: Logan Stiner, de Ohio, de 18 anos, e Lanna Hamann, do Arizona, de 16.

Os médicos que analisaram o corpo de Stiner detetaram 70 miligramas de cafeína por mililitro de sangue – quando as autoridades internacionais de saúde advertem que 50 miligramas por ml de sangue já são suficientes para provocar uma morte.

Já Hamann sofreu uma paragem cardíaca e faleceu depois de ingerir uma grande quantidade de bebidas energéticas durante as férias que passou no México, segundo o relato da mãe à rede americana CBS.

Os casos de morte causadas pelo consumo excessivo de cafeína não são muito frequentes, mas a partir de que dose esse alcalóide que estimula o sistema nervoso pode tornar-se perigoso?

Doses recomendadas

Segundo a Autoridade Europeia de Segurança Alimentícia (EFSA, na sigla em inglês), uma dose entre 75 mg e 300 mg de cafeína por dia pode ajudar a melhorar o rendimento de atividades físicas e intelectuais.

Isto equivale a tomar de meia a três chávenas de café por dia.

No caso dos adolescentes, a quantidade não deveria ultrapassar os 100 miligramas por dia; quantidades superiores a essa podem causar irritação, insónia e até complicações cardíacas.

Mas quando exatamente se pode falar em overdose de cafeína?

De acordo com a Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA), os sintomas de overdose de cafeína podem incluir pulsação acelerada ou perigosamente irregular.

Pessoas que ficam intoxicadas com a substância podem ter sintomas como vómitos, diarreia e letargia – diminuição da atividade das funções intelectuais, acompanhada de uma sensação de desorientação. Nos casos mais extremos, a agência adverte que a overdose de cafeína pode provocar a morte – mas ressalta que são casos mais raros.

Cafeína pura

Segundo a FDA, é preciso ter cautela no consumo de qualquer bebida ou comida que contenha cafeína, mas há um produto em particular que merece atenção especial.

Trata-se da cafeína pura em pó, que é vendida como suplemento para atletas. Na Internet, é possível adquirir um desses pacotes de 100 gramas por cerca de seis dólares (pouco mais de 5 euros).

Uma das marcas que vende o produto online garante que “ajuda a diminuir a fadiga física, a melhorar a clareza do pensamento e a capacidade de concentração, aumenta a coordenação física, reduz a sensação de cansaço e é especialmente eficaz para atividades como levantar peso”.

No entanto, a FDA alerta que esses produtos são 100% cafeína, e uma colher pequena desse pó já equivaleria a aproximadamente 28 chávenas de café.

“A cafeína pura é um estimulante poderoso e em pequena quantidade já pode causar uma overdose acidental”, adverte a entidade.

Segundo a autópsia, foi isso que aconteceu com o jovem Logan Stiner – e, no seu caso, a overdose foi fatal.

Quantidade de cafeína em bebidas e outros produtos

  • Um café espresso contém entre 50 mg e 75 mg de cafeína
  • Uma café americano (chávena) tem entre 140 mg e 200 mg
  • Um 250ml de chá preto contém entre 30 mg e 80 mg
  • Uma lata de Red Bull tem 80 mg
  • Uma barra de chocolate amargo tem 20 mg
  • Um comprimido para enxaquecas ou gripe pode chegar a conter 130 mg

ZAP / BBC

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Atenção que bicas de café que tomamos no café, segundo alguns conhecimentos que tenho pesquisado do tema, pode chegar no máximo a 90mg (e daí que 3 chávenas por dia seja uma conta normalizada de consumo, segundo uma lógica de 300mg/dia). As marcas de café variam, assim como a cafeina presente por marca. O tipo de café (moagem ou solúvel) também varia em termos de cafeina. Acho que a noticia pode ficar mais completa se dados os valores de cafeina por chávena das marcas nacionais e por tipo de café.

RESPONDER

Elefantes encontrados mortos numa reserva florestal. Envenenamento pode ser a causa

As autoridades estão a tentar perceber de que forma é que os 18 elefantes selvagens asiáticos morreram no nordeste da Índia. Os elefantes, que incluíam cinco filhotes, foram encontrados mortos na reserva florestal protegida de Kondali, …

"Máxima segurança". Porto de Lisboa com protocolo de segurança para receber cruzeiros

A administração do Porto de Lisboa assinalou este domingo o regresso do movimento de passageiros de cruzeiros a partir desta segunda-feira, com o levantamento das restrições ao desembarque de passageiros em viagens não essenciais, sublinhando …

”Terrível engano”. Programa do Governo para incentivar regresso dos emigrantes exclui as ilhas

O Programa Regressar, criado em 2019 pelo Governo da República para incentivar o regresso dos emigrantes ao país, descrimina os Açores e a Madeira. O Governo prolongou os apoios (que podem chegar aos 7679 euros por …

Relatório alerta que parte da produção de painéis solares depende da exploração de uigures

A região de Xinjiang, na China, evoluiu nas últimas duas décadas e tornou-se num importante centro de produção para muitas das empresas que fornecem ao mundo as peças necessárias para a construção de painéis solares. No …

Morreu a atriz brasileira Eva Wilma. Tinha 87 anos

A atriz de brasileira Eva Wilma morreu este sábado aos 87 anos no hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde estava internada desde abril devido a um cancro de ovário. A artista tinha sido internada a …

Marcelo quer descentralizar poder para regionalizar bazuca europeia

Marcelo Rebelo de Sousa quer desconcentrar poderes do Estado central para as comissões de coordenação e desenvolvimento regio­nal (CCDR), já a pensar na execução dos milhões que vão chegar de Bruxelas. A perspetiva do Chefe de …

Humanos mudam os ecossistemas com fogo há quase 100 mil anos

Um novo estudo mostra que os humanos têm mudado o ambiente em que vivem recorrendo ao fogo há pelo menos 92 mil anos. Ao chegar a novas terras, os humanos usaram o fogo para as mudar …

Catarina Martins considera “absurda” proposta de reforma das Forças Armadas

A coordenadora do BE, Catarina Martins, considerou a proposta de reforma das Forças Armadas feita pelo Governo “absurda” e de “absoluta submissão à NATO”. “A proposta do Governo é absurda, é uma proposta que centraliza decisões, …

Egito abre fronteira com Gaza. EUA deixam aviso a Israel (e UE reúne de emergência)

O Egito abriu este sábado a fronteira terrestre com Gaza e enviou 10 ambulâncias para o enclave palestiniano para transportar para os hospitais egípcios palestinianos que ficaram feridos nos bombardeamentos israelitas, indicaram responsáveis médicos. Segundo o …

Cientistas identificam novo tipo de resposta ao stress desencadeada pela condução

Toda a gente conhece a sensação física de quando estamos num carro a acelerar. Mas poucos sabem o que isso pode estar a fazer ao nosso corpo. De acordo com o site Science Alert, cientistas investigaram …