Consultas e cirurgias retomadas progressivamente no final da próxima semana

José Sena Goulão / Lusa

As consultas, cirurgias e demais atividade assistencial não urgente, suspensas em março devido à pandemia, vão ser retomadas progressivamente no “final da próxima semana”, revelou hoje a ministra da Saúde.

“Esperamos que no final da próxima semana possamos retomar progressivamente a atividade normal” que tinha sido suspensa por causa da pandemia, disse Marta Temido na conferência de imprensa diária sobre a evolução da doença da covid-19 em Portugal.

A governante acrescentou que este reagendamento pressupõe “um conjunto de aspetos logísticos fundamentais” e que vai começar pelos casos mais prioritários.

Para a reabertura da atividade normal nas unidades de saúde será adotado um conjunto de medidas como “reforço de equipamento de proteção” de profissionais, higienização e reorganização de locais como as salas de espera.

“O que vamos fazer, nos próximos dias, é o reagendamento da atividade assistencial não realizada desde que foram suspensas atividades não urgentes para dar resposta aos casos de covid-19. Daremos prioridade aos casos com indicação clínica para tal, numa avaliação que vai ter de ser feita em articulação com prestadores de serviços de saúde. É mais um desafio para o Serviço Nacional de Saúde [SNS]”, explicou.

A ministra disse ainda que o despacho de março que determinou o cancelamento de consultas e cirurgias programadas não urgentes “vai ser suspenso na próxima semana”, em articulação com as Administrações Regionais de Saúde, os agrupamentos de Centros de Saúde e os hospitais. “Os desafios do SNS estão longe de estar ultrapassados, tal como os dias de intenso trabalho”, frisou.

Marta Temido revelou que “a quebra da atividade assistencial foi muito significativa”, nomeadamente no que diz respeito a consultas hospitalares. De acordo com a ministra, realizaram-se, em março, “menos 180 mil consultas” programadas em hospitais, uma redução de 5,7%.

Já as consultas médicas nos cuidados de saúde primários “tiveram uma redução de 3,9%”, o equivalente a cerca de “300 mil consultas de quebra”. Realizaram-se menos nove mil cirurgias, ou seja, houve nesta área uma “redução de 5,3%”. Os episódios de urgência baixaram 11,5% e os serviços de emergência médica tiveram uma redução diária correspondente a 300 acionamentos.

Está na altura de invertermos esta lógica”, vincou, explicando que, em março, a decisão de suspensão se deveu à necessidade de “afetar recursos à prestação de cuidados a doentes covid-19”.

A ministra frisou ainda que foram aprendidas “lições positivas para manter”, nomeadamente o “incentivo à atividade assistencial não presencial para renovação de receituário” ou o “encaminhamento de situações triadas como verdes, azuis e brancas para os cuidados primários de saúde”. “Vamos continuar a privilegiar o atendimento telefónico, a presença reduzida ao mínimo, mas atividade assistencial adiada vai ser realizada no mais curto espaço possível”, resumiu.

Marta Temido assegurou ainda estarem a ser tomados “todos os cuidados e medidas para que não haja qualquer risco para doentes não covid” nas unidades de saúde. “Não devem ter qualquer receio de recorrer ao SNS”, garantiu.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Vacina da Universidade de Oxford para a covid-19 será testada no Brasil

A vacina contra a covid-19 em que trabalham os cientistas da Universidade de Oxford será testada no Brasil, pelo nível de infeção naquele país, revelou esta sexta-feira o Times. Com o declínio nos casos de coronavírus …

Esta noite há um eclipse penumbral da Lua

Esta noite tem bons motivos para atrasar o jantar: ao início da noite desta sexta-feira, haverá um eclipse penumbral da Lua. A Lua vai ficar na penumbra na noite desta sexta-feira. Pouco antes das 21h, em …

Depois de Latifa e Haya, mais uma princesa pediu ajuda para fugir do Dubai (e está desaparecida)

Depois da fuga da princesa Latifa e da princesa Haya do Dubai, outra jovem gravou um vídeo a pedir ajuda para escapar dos seus pais. Agora, está desaparecida. De acordo com o jornal espanhol El País, …

Caso Maddie. Suspeito alemão alvo de nova investigação por crime semelhante na Alemanha

Christian B., de 43 anos, poderá estar associado ao desaparecimento de uma menina de cinco anos, em 2015, na Alemanha. De acordo com a agência DPA, o Ministério Público alemão abriu uma nova investigação sobre o …

À espera de propostas concretas, Jerónimo quer salário pago a 100%

Jerónimo de Sousa admite que só tomará uma posição quanto ao Orçamento Suplementar quando souber as "propostas concretas". Esta sexta-feira, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse que só tomará uma posição quanto ao Orçamento …

Do ruído à reciclagem. No Dia Mundial do Ambiente, associação Zero divulga dados preocupantes

As principais preocupações da associação ambientalista Zero em Portugal são ao nível do desperdício de água, do ruído e da reciclagem. Do excesso de lixo produzido por cada habitante ao ruído em excesso provocado pelo …

Esferográfica pessoal e máscara obrigatórios nas eleições do FC Porto

As eleições do FC Porto estão agendadas para este fim de semana e os sócios que quiserem exercer o seu direito de voto terão de levar uma máscara de proteção individual e uma esferográfica. No comunicado …

Açores sem infetados por covid-19. Último paciente internado recuperou

Os Açores estão oficialmente livres de covid-19. Dois meses e meio depois do primeiro caso na região, os Açores não têm qualquer registo de infetados por covid-19. Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional, anunciou no Facebook …

Miguel Albuquerque ainda pondera candidatura a Belém

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, ainda está a ponderar uma eventual candidatura à Presidência da República. O presidente do Governo Regional da Madeira e da estrutura regional do PSD, Miguel Albuquerque, disse …

Governo reforça oferta de creches e lares com mais espaços e funcionários

O primeiro-ministro, António Costa, considera que "é necessário reforçar em equipamentos como creches, lares ou no apoio domiciliário". Os programas sociais de apoio a idosos vão criar três mil postos de trabalho, anunciou o primeiro-ministro esta …