Consórcio catalão assina contrato de subconcessão da Metro do Porto nos próximos 10 anos

Metro do Porto

-

O Conselho de Administração da Metro do Porto, empresa que é detida em 40% pelos municípios da Área Metropolitana do Porto (AMP), assinou esta quinta-feira ao fim da tarde com o consórcio espanhol TMB — Transports Metropolitans de Barcelona/Moventis o contrato que regula a subconcessão da operação e manutenção da rede por 10 anos.

O contrato entre o atual subconcessionário ViaPorto e a Metro do Porto terminou no dia 31 de dezembro de 2014, tendo já sido prorrogado por duas vezes para garantir a continuidade da operação.

Em comunicado enviado na quinta-feira à Lusa, a Metro do Porto anunciou que “a execução do contrato celebrado com a TCCMP [empresa criada pelo consórcio em Portugal para operar o metro] entra em vigor a curto prazo, iniciando-se brevemente o período de transição do atual para o novo operador, que será acompanhado a par e passo pelos técnicos da Metro do Porto, garantindo o regular funcionamento da rede”.

Esta assinatura aconteceu depois de uma longa negociação entre a administração e o consórcio catalão, que entregou uma garantia bancária de cerca de 17 milhões de euros.

No comunicado, a empresa de transporte público que serve a AMP destacou que, com o novo contrato, “assegura uma redução dos custos operacionais na ordem dos 9,8 milhões de euros por ano, o que resulta numa poupança de 23% face aos valores atuais, mantendo todas as condições de segurança, competência e eficácia na operação da sua rede”.

O concurso público internacional para a subconcessão do Metro do Porto e da Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) foi lançado no verão do ano passado, depois de a 8 de agosto a administração da Metro do Porto ter aprovado, com a abstenção da AMP, o lançamento do concurso para a concessão da empresa a privados.

Depois de o prazo do concurso ter sido prorrogado até dezembro, a administração da empresa de transporte público da Área Metropolitana do Porto aprovou em janeiro a adjudicação ao consórcio catalão, o único concorrente neste procedimento concursal que suscitou mais de duas mil questões por parte de interessados.

O presidente do Conselho Metropolitano do Porto (CmP), Hermínio Loureiro, afirma esperar que “tudo corra com normalidade e que a prestação do serviço seja feita com qualidade, em benefício das populações servidas”.

Já em janeiro, em entrevista à Lusa, o social-democrata disse que o processo para a subconcessão da Metro do Porto “tem de ficar para memória futura, não só para a região como para o país”.

“O que importa aqui verificar e perceber é que os erros cometidos, as sucessivas alterações que tiveram que ser feitas ao caderno de encargos, significam que este é um processo a não repetir”, acrescentou na ocasião.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Livre: Aparecer nas sondagens é sair da "invisibilidade"

"Estarmos nas sondagens significa que nós estamos com altas hipóteses de eleger [deputados]", referiu na quarta-feira Joacine Katar Moreira, em declarações à agência Lusa, no Jardim Augusto Monjardino, em frente à Maternidade Alfredo da Costa …

Coreia do Sul retira oficialmente o Japão da lista preferencial de comércio

A Coreia do Sul retirou esta quarta-feira oficialmente o Japão da sua lista de parceiros comerciais preferenciais, após a mesma medida ter sido aplicada por Tóquio, num agravamento de tensões diplomáticas entre os dois países. A …

Vaticano pede julgamento de dois padres por alegados abusos sexuais

A Santa Sé anunciou na terça-feira que enviou para a justiça os casos de dois padres italianos suspeitos de abuso sexual, que alegadamente ocorreram num seminário no Vaticano. "O procurador de justiça do Vaticano [equivalente ao …

Donald Trump nomeia Robert C. O’Brien como novo conselheiro de Segurança Nacional

Donald Trump nomeou esta quarta-feira Robert C. O’Brien, que servia até agora como negociador de reféns para o governo, como novo conselheiro de Segurança Nacional dos EUA. Assim, O’Brien vai substituir John Bolton, que foi despedido …

Galamba avisa: não vai haver cabo submarino se centrais a carvão de Marrocos não forem penalizadas

O estudo sobre a interligação entre Portugal e Marrocos está atrasado, não havendo nenhuma data prevista para a sua conclusão, de acordo com o Governo. O cabo submarino tem um custo estimado de 700 milhões de …

Presidente do maior sindicato da PSP acusado de ter agredido adepto do Boavista

O presidente da direção da Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP), Paulo Rodrigues, está entre os 11 polícias que vão a julgamento esta quarta-feira acusados de agressão a um adepto do Boavista. O julgamento terá …

PAN propôs medidas ambientais que já estão em vigor

No capítulo do programa eleitoral do PAN dedicado ao Ambiente, o partido faz propostas que já estão implementadas, como os sistemas de certificação do pescado e restrição do tráfego aéreo em período noturno. Na área "Crise …

Madeira. Sondagem da RTP indica que PSD perde maioria absoluta

De acordo com uma nova sondagem da Universidade Católica para a RTP, o PSD pode perder a maioria absoluta na Madeira, enquanto que o PS pode aumentar o número de assentos no parlamento regional. Uma nova …

Secretário de Estado da Proteção Civil constituído arguido e demite-se

Artur Neves, secretário de Estado da Proteção Civil, apresentou o pedido de demissão ao Ministro de Administração Interna esta quarta-feira. "Na sequência do pedido de exoneração, por motivos pessoais, do Secretário de Estado da Proteção Civil, …

Câmara de Lisboa volta a dar isenção de taxas ao Rock in Rio

A Assembleia Municipal de Lisboa aprovou, esta terça-feira, que a organização do Rock in Rio fica novamente isenta do pagamento de taxas, no valor de três milhões de euros, pela realização das edições de 2020 …