Congressista democrata demite-se após escândalo sexual. Mas promete lutar pelas mulheres na política

Jim Lo Scalzo / EPA

Katie Hill

A congressista democrata norte-americana Katie Hill, que renunciou ao lugar após revelações sobre a sua vida sexual e a publicação de fotos íntimas na segunda-feira, prometeu que vai lutar para que o seu exemplo não desanime outras mulheres que desejam fazer política.

Num vídeo publicado no Facebook, Katie Hill disse que foi vítima de uma “campanha de calúnia” orquestrada por seu marido, com quem vive um processo complicado de divórcio, e seguida pelos “media de direita” e pelos seus “opositores republicanos”, anunciou esta terça-feira a agência Lusa.

Katie Hill, de 32 anos, levou seu caso à polícia do Capitólio para investigar a divulgação de fotografias em que aparece nua, uma vez que as leis em vigor em Washington proíbem a publicação de imagens eróticas sem a concordância da parte interessada.

De acordo com o Diário de Notícias, foi o jornal britânico Daily Mail que publicou as fotografias em que a congressista aparece nua, além das mensagens de texto com a assistente de campanha e desta com o marido de Kelly Hill, que justifica as suspeitas levantadas pelo site conservador RedState, sobre a existência de uma relação a três.

No anúncio, no qual quase não conteve as lágrimas, lembrou que nunca se assumiu como uma pessoa perfeita: “Nunca imaginei que as minhas imperfeições fossem usadas como arma e fossem usadas para tentarem destruir a minha pessoa e a comunidade que amei durante toda a minha vida. Por isso, peço muitas desculpas”.

Katie Hill admitiu estar “magoada” e “zangada” com todo este episódio, mas garante que a sua luta não terminou, prometendo por isso “continuar a luta pela democracia, justiça e igualdade” para que possa contribuir para que “o mundo seja um lugar melhor”.

“Não quero que a minha experiência seja usada para assustar jovens mulheres que desejam ser candidatas em eleições”, declarou.

Segundo a Lusa, Katie Hill foi eleita em novembro de 2018 num distrito eleitoral da Califórnia até então dominado pelos republicanos e era considerada uma das figuras emergentes dos jovens democratas.

Na quarta-feira, a Comissão de Ética da Câmara dos Representantes abriu uma investigação depois de Katie Hill ter sido acusada de manter relações impróprias com um seu subordinado, o assistente legislativo Graham Kelly, desde a chegada a Washington.

Desde fevereiro de 2018, as regras do Capitólio proíbem relacionamentos íntimos entre os legisladores e os seus assistentes ou funcionários, como forma de precaver casos de abuso de poder e assédio sexual. Na prática, Katie Hill poderá ser a primeira a ser apanhada nas malhas desta lei, aprovada por largo consenso, continuou o Diário de Notícias.

Katie Hill admitiu o caso com a assistente de campanha, que não pode ser abrangido pelos regulamentos do Capitólio, mas negou categoricamente o caso com Graham Kelly.

Na noite de domingo, contudo, anunciou a sua intenção de renunciar. “Não quero ser uma distração na crise constitucional atual”, disse num vídeo, referindo-se à investigação aberta por deputados democratas contra o Presidente norte-americano Donald Trump em busca de um processo de ‘impeachment’.

Taísa Pagno ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Irão condena "firmemente" ataque na Síria. EUA quis enviar "mensagem clara"

O Irão, aliado do regime sírio de Bashar al-Assad, condenou "firmemente" os ataques norte-americanos a milícias pró-iranianas na Síria, considerando que podem "intensificar os conflitos" na região. Segundo o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Said …

Vieira segura Jesus apesar da pressão interna

O presidente do SL Benfica, Luís Filipe Vieira, descarta neste momento avançar para a demissão do treinador encarnado, Jorge Jesus, apesar da pressão interna para o fazer, avança este sábado o desportivo Record. Segundo a …

Os antigos egípcios tinham um segredo para fazer pão. Milénios depois, eis a receita

Ninguém sabia como é que os antigos egípcios faziam pão, até uma investigadora ter posto – literalmente – as mãos na massa e descoberto qual era o seu segredo. "A produção de pão no Egito faraónico …

Afinal, Messi pode mesmo ficar em Barcelona

O internacional argentino Lionel Messi, que no verão passado admitiu publicamente que queria deixar o FC Barcelona, poderá continuar no clube. A informação é avançada este sábado pelo jornal espanhol Marca, que dá conta que …

Governo vai começar a executar o PRR pela área da saúde e apoio aos idosos

O Governo quer começar a executar o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) pela área da saúde e combate às vulnerabilidades sociais. Em declarações ao jornal Público, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira …

Testes alargados a todas as escolas e passam a contemplar amostras de saliva

Os testes ao novo coronavírus vão abranger todas as escolas de Portugal continental e contemplar a amostra de saliva para a realização dos rastreios laboratoriais, segundo a atualização da norma da Direção-Geral da Saúde (DGS) …

Poeira de asteróide encontrada na cratera Chicxulub encerra caso da extinção dos dinossauros

Uma equipa de investigadores acredita ter encerrado o caso da extinção dos dinossauros após ter encontrado poeira de asteróide na cratera que Chicxulub terá criado há 66 milhões de anos. Desde os anos 1980 que a …

CDS recebeu com "alegria e entusiasmo" candidatura de Moedas a Lisboa

O presidente do CDS-PP afirmou, esta sexta-feira, que o partido recebeu com "grande alegria e entusiasmo" a candidatura de Carlos Moedas à Câmara de Lisboa, considerando que é "um nome forte" e uma "ótima notícia" …

Nem Pote, nem Porro. As estatísticas mostram que Manafá tem sido o melhor em Portugal

O índice de desempenho de uma ferramenta de scouting usada por grandes clubes europeus aponta Wilson Manafá como o jogador em melhor forma da Liga NOS. Não é tecnicamente dotado, nem um favorito dos adeptos. O …

TAP avança com lay-off de um ano a partir de segunda-feira

A TAP vai avançar com um processo de lay-off clássico, que passará por uma redução dos períodos normais de trabalho ou suspensão de contratos, a partir da próxima segunda-feira e durante 12 meses. De acordo com …