Congressista democrata demite-se após escândalo sexual. Mas promete lutar pelas mulheres na política

Jim Lo Scalzo / EPA

Katie Hill

A congressista democrata norte-americana Katie Hill, que renunciou ao lugar após revelações sobre a sua vida sexual e a publicação de fotos íntimas na segunda-feira, prometeu que vai lutar para que o seu exemplo não desanime outras mulheres que desejam fazer política.

Num vídeo publicado no Facebook, Katie Hill disse que foi vítima de uma “campanha de calúnia” orquestrada por seu marido, com quem vive um processo complicado de divórcio, e seguida pelos “media de direita” e pelos seus “opositores republicanos”, anunciou esta terça-feira a agência Lusa.

Katie Hill, de 32 anos, levou seu caso à polícia do Capitólio para investigar a divulgação de fotografias em que aparece nua, uma vez que as leis em vigor em Washington proíbem a publicação de imagens eróticas sem a concordância da parte interessada.

De acordo com o Diário de Notícias, foi o jornal britânico Daily Mail que publicou as fotografias em que a congressista aparece nua, além das mensagens de texto com a assistente de campanha e desta com o marido de Kelly Hill, que justifica as suspeitas levantadas pelo site conservador RedState, sobre a existência de uma relação a três.

No anúncio, no qual quase não conteve as lágrimas, lembrou que nunca se assumiu como uma pessoa perfeita: “Nunca imaginei que as minhas imperfeições fossem usadas como arma e fossem usadas para tentarem destruir a minha pessoa e a comunidade que amei durante toda a minha vida. Por isso, peço muitas desculpas”.

Katie Hill admitiu estar “magoada” e “zangada” com todo este episódio, mas garante que a sua luta não terminou, prometendo por isso “continuar a luta pela democracia, justiça e igualdade” para que possa contribuir para que “o mundo seja um lugar melhor”.

“Não quero que a minha experiência seja usada para assustar jovens mulheres que desejam ser candidatas em eleições”, declarou.

Segundo a Lusa, Katie Hill foi eleita em novembro de 2018 num distrito eleitoral da Califórnia até então dominado pelos republicanos e era considerada uma das figuras emergentes dos jovens democratas.

Na quarta-feira, a Comissão de Ética da Câmara dos Representantes abriu uma investigação depois de Katie Hill ter sido acusada de manter relações impróprias com um seu subordinado, o assistente legislativo Graham Kelly, desde a chegada a Washington.

Desde fevereiro de 2018, as regras do Capitólio proíbem relacionamentos íntimos entre os legisladores e os seus assistentes ou funcionários, como forma de precaver casos de abuso de poder e assédio sexual. Na prática, Katie Hill poderá ser a primeira a ser apanhada nas malhas desta lei, aprovada por largo consenso, continuou o Diário de Notícias.

Katie Hill admitiu o caso com a assistente de campanha, que não pode ser abrangido pelos regulamentos do Capitólio, mas negou categoricamente o caso com Graham Kelly.

Na noite de domingo, contudo, anunciou a sua intenção de renunciar. “Não quero ser uma distração na crise constitucional atual”, disse num vídeo, referindo-se à investigação aberta por deputados democratas contra o Presidente norte-americano Donald Trump em busca de um processo de ‘impeachment’.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Consumo excessivo de álcool afeta o sistema nervoso (e aumenta a ansiedade)

Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde concluíram que o consumo repetitivo de álcool afeta diretamente células imunes do sistema nervoso central, que eliminam parte da comunicação entre os neurónios, e provoca o …

Afinal, os tubarões-baleia macho não são os maiores peixes dos oceanos

Um novo estudo revela que, afinal, os tubarões-baleia machos não são os maiores peixes do oceano. As fêmeas crescem continuamente muito depois de os machos pararem, atingindo tamanhos maiores - ainda que demorem mais tempo …

Exército norte-americano usou fundos de emergência covid-19 para comprar armas

O exército dos Estados Unidos utilizou fundos de emergência aprovados pelo Congresso especificamente para combater a covid-19 para comprar armas, denuncia esta semana o jornal norte-americano The Washington Post. O caso remonta a março passado, …

Carpinteiros usam técnica medieval na reconstrução de Notre Dame

A reconstrução de Notre Dame - que se prevê estar concluída no prazo de cinco anos - continua a avançar e os carpinteiros usaram técnicas medievais para erguer uma estrutura na fachada do monumento. A Catedral …

Durante um ano e meio, uma aldeia inteira perdeu a Internet todos os dias à mesma hora (e já se sabe porquê)

Durante 18 meses, os residentes de uma vila no País de Gales perderam a Internet todos os dias à mesma hora. Agora, engenheiros identificaram o motivo: uma televisão em segunda mão que emitia um sinal …

Gado na UE produz 704 milhões de toneladas de CO2 (mais do que todos os transportes juntos)

De acordo com uma nova análise da Greenpeace, animais de criação como vacas, porcos e outros, estão a emitir mais gases com efeito de estufa na Europa do que todos os transportes juntos. Na última década, …

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …