Congressista democrata demite-se após escândalo sexual. Mas promete lutar pelas mulheres na política

Jim Lo Scalzo / EPA

Katie Hill

A congressista democrata norte-americana Katie Hill, que renunciou ao lugar após revelações sobre a sua vida sexual e a publicação de fotos íntimas na segunda-feira, prometeu que vai lutar para que o seu exemplo não desanime outras mulheres que desejam fazer política.

Num vídeo publicado no Facebook, Katie Hill disse que foi vítima de uma “campanha de calúnia” orquestrada por seu marido, com quem vive um processo complicado de divórcio, e seguida pelos “media de direita” e pelos seus “opositores republicanos”, anunciou esta terça-feira a agência Lusa.

Katie Hill, de 32 anos, levou seu caso à polícia do Capitólio para investigar a divulgação de fotografias em que aparece nua, uma vez que as leis em vigor em Washington proíbem a publicação de imagens eróticas sem a concordância da parte interessada.

De acordo com o Diário de Notícias, foi o jornal britânico Daily Mail que publicou as fotografias em que a congressista aparece nua, além das mensagens de texto com a assistente de campanha e desta com o marido de Kelly Hill, que justifica as suspeitas levantadas pelo site conservador RedState, sobre a existência de uma relação a três.

No anúncio, no qual quase não conteve as lágrimas, lembrou que nunca se assumiu como uma pessoa perfeita: “Nunca imaginei que as minhas imperfeições fossem usadas como arma e fossem usadas para tentarem destruir a minha pessoa e a comunidade que amei durante toda a minha vida. Por isso, peço muitas desculpas”.

Katie Hill admitiu estar “magoada” e “zangada” com todo este episódio, mas garante que a sua luta não terminou, prometendo por isso “continuar a luta pela democracia, justiça e igualdade” para que possa contribuir para que “o mundo seja um lugar melhor”.

“Não quero que a minha experiência seja usada para assustar jovens mulheres que desejam ser candidatas em eleições”, declarou.

Segundo a Lusa, Katie Hill foi eleita em novembro de 2018 num distrito eleitoral da Califórnia até então dominado pelos republicanos e era considerada uma das figuras emergentes dos jovens democratas.

Na quarta-feira, a Comissão de Ética da Câmara dos Representantes abriu uma investigação depois de Katie Hill ter sido acusada de manter relações impróprias com um seu subordinado, o assistente legislativo Graham Kelly, desde a chegada a Washington.

Desde fevereiro de 2018, as regras do Capitólio proíbem relacionamentos íntimos entre os legisladores e os seus assistentes ou funcionários, como forma de precaver casos de abuso de poder e assédio sexual. Na prática, Katie Hill poderá ser a primeira a ser apanhada nas malhas desta lei, aprovada por largo consenso, continuou o Diário de Notícias.

Katie Hill admitiu o caso com a assistente de campanha, que não pode ser abrangido pelos regulamentos do Capitólio, mas negou categoricamente o caso com Graham Kelly.

Na noite de domingo, contudo, anunciou a sua intenção de renunciar. “Não quero ser uma distração na crise constitucional atual”, disse num vídeo, referindo-se à investigação aberta por deputados democratas contra o Presidente norte-americano Donald Trump em busca de um processo de ‘impeachment’.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Pneumonia viral já chegou à Coreia do Sul. China regista terceira morte

A Coreia do Sul confirmou esta segunda-feira o primeiro caso de um novo tipo de pneumonia viral, que apareceu na China em dezembro e já provocou a morte a três pessoas no país. De acordo com …

Há uma espécie de árvore praticamente imortal (e o seu segredo foi descoberto)

Uma equipa de investigadores descobriu o segredo da Ginkgo biloba, a espécie de árvore que é praticamente imortal. Esta espécie existe desde o tempo dos dinossauros. A Ginkgo biloba, também conhecida popularmente por nogueira-do-japão, é uma …

O planeta extrassolar mais próximo da Terra pode ter companhia

Uma equipa internacional de astrofísicos encontrou evidências da existência de um segundo planeta a orbitar Próxima Centauri, a estrela mais próxima do Sol. Na prática, o mundo extrassolar mais próximo de nós pode ter companhia. …

Uma estrela ajudou a perceber quando é que a Via Láctea devorou outra galáxia

Recentemente, astrónomos descobriram que uma colisão com uma galáxia satélite encheu a Via Láctea de estrelas. Agora, graças a uma única estrela, já é possível perceber quando é que isso aconteceu. A galáxia satélite Gaia-Enceladus foi, …

Homem pede "julgamento por combate" com espadas japonesas para resolver disputa legal com a ex-mulher

Para resolver uma disputa legal com a sua ex-mulher, David Ostrom sugere que seja feito um "julgamento por combate" com espadas japonesas. Há precedentes legais que o podem favorecer em tribunal. O insólito aconteceu no Iowa, …

Crimes violentos podem aumentar drasticamente nos EUA devido ao aquecimento global

O número de crimes violentos nos Estados Unidos pode aumentar drasticamente nos próximos anos devido ao aquecimento global, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade do Colorado, em Boulder. "Dependendo da rapidez …

Twitter pede desculpa por permitir anúncios direcionados a neonazis

O Twitter emitiu esta quinta-feira um pedido de desculpa público depois de a BBC denunciar que a rede social estava a permitir anúncios direcionados a neonazis, islamofóbicos e outros grupos de ódio. A emisorra britânica …

Carlos Silva alega falta de apoio do PS e anuncia saída da liderança da UGT

O secretário-geral da UGT não é candidato a um novo mandato na central sindical, alegando que o “desgaste tem sido tremendo” e que é visto como força de bloqueio. “Não quero continuar”, “já está decidido e …

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior. Medirá quase 100 metros

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior: o dirigível híbrido Airlander 10, que media 92 metros de comprimento, vai bater o seu próprio recorde. De acordo com a emissora britânica BBC, a aeronave passará a …

Mortes nos Comandos. Governo só indemniza famílias se for condenado

O Governo deu ordem para parar as negociações com as famílias dos recrutas que morreram durante o 127.º Curso de Comandos, que decorreu na região de Alcochete, em 2016. Segundo o Jornal de Notícias, o Governo …