A DARPA quer “congelar” soldados para lhes salvar a vida

Quando os soldados são feridos em pleno campo de batalha, nem sempre há recursos médicos imediatos para os socorrer. E muitas vezes, o tempo é um factor fundamental para lhes salvar a vida. É a pensar nisso que a DARPA, a Agência de Pesquisa Avançada de Defesa dos EUA, pretende “congelar” o metabolismo de soldados em risco de vida.

Perante os problemas de atendimento médico que se podem sentir durante combates militares, cientistas da DARPA – Defense Advanced Research Projects Agency, agência norte-americana que se dedica ao desenvolvimento de novas tecnologias para apoio aos militares (e que inventou a infraestrutura em que se baseia a Internet), estão a tentar encontrar soluções para responder a esse desafio.

Mas não pretendem agilizar o atendimento médico. Em vez disso, querem “congelar” o tempo, fazendo parar o corpo dos soldados em risco de vida.

O novo programa da DARPA, intitulado “Biostasis”, visa “retardar as reacções bioquímicas dentro das células”, induzindo o corpo a permanecer numa espécie de estado suspenso, uma hibernação, até que chegue a ajuda médica, conforme explica a agência num comunicado.

A ideia é “alavancar a biologia molecular para desenvolver novas formas de controlar a velocidade a que os sistemas vivos operam, e assim, estender a janela de tempo após um evento prejudicial, e antes do colapso de um sistema”, sustenta a DARPA.

Falamos, basicamente, de “atrasar a vida para a salvar”, como salienta a agência que tem como “fonte de inspiração” os tardigrada, também conhecidos como ursos d´água.

Estas criaturas microscópicas podem sobreviver em condições de extrema radiação e de congelação, e transformam-se em vidro para sobreviver à desidratação. A sua extraordinária capacidade de sobrevivência deve-se ao facto de entrarem num estado conhecido por criptobiose, em que o metabolismo deixa de funcionar, embora o corpo continue vivo.

A DARPA pretende replicar aquele fenómeno nos processos bioquímicos das células, retardando o metabolismo.

“A nível molecular, a vida é um conjunto de reacções bioquímicas contínuas, e uma característica definidora destas reacções é que precisam de um catalizador para ocorrerem”, explica McClure-Begley. “Dentro de uma célula, estes catalizadores surgem na forma de proteínas e de grandes máquinas moleculares que transformam a energia química e cinética em processos biológicos”, acrescenta o director do “Biostasis”.

O objectivo da DARPA é “controlar essas máquinas moleculares e conseguir que todas abrandem o seu papel, aproximadamente na mesma medida”, para conseguir “retardar todo o sistema graciosamente, evitando consequências adversas quando a intervenção for revertida ou desaparecer”, nota McClure-Begley que é citado no comunicado da DARPA.

Mas para chegar a esse cenário, há ainda um longo caminho a percorrer. Primeiro, será preciso conseguir retardar os processos bioquímicos em células e tecidos. E depois, será necessário transpor esse conceito para a escala de um organismo completo, de modo a atrasar todas as funções biológicas mensuráveis de um sistema, sem danificar processos celulares no regresso ao estado normal.

Está previsto que o programa dure cinco anos. Espera-se que a futura tecnologia possa também vir a ser usada para prolongar o tempo de vida de produtos sanguíneos ou de reagentes biológicos e de medicamentos.

SV, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Estamos comovidos com tamanha caridade da darpa, pois ela preocupa-se afinal tanto com a carne para canhão. Quase me vieram as lágrimas aos olhos.

RESPONDER

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …

Depois do Bayern, Barcelona também está atento a Luis Díaz

Luis Díaz continua a somar boas exibições e clubes interessados na sua contratação. Agora fala-se do desejo do Barcelona em contratar o colombiano em janeiro. Luis Díaz atravessa um momento de forma excecional ao serviço do …

Fuse Valley, Matosinhos

Está a nascer em Matosinhos a Silicon Valley portuguesa (e até Siza Vieira está "espantado")

O "Fuse Valley" promete ser a Silicon Valley portuguesa, em Matosinhos, num empreendimento inovador da Farfetch e da Castro Group que até deixa o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, "espantado". A abertura está prevista …

Portugal aguarda "luz verde" da EMA para avançar com terceira dose aos idosos

Portugal aguarda a autorização da Agência Europeia de Medicamentos para avançar com a administração da terceira dose da vacina contra a covid-19 a maiores de 65 anos. Com base nos resultados de dois grandes estudos científicos …

E depois de Merkel? Alemanha já sente falta da Chanceler que saiu da sombra para salvar o seu "delfim"

Angela Merkel tinha prometido ficar afastada das eleições legislativas deste domingo, na Alemanha, mas saiu da sombra para apoiar o seu "delfim", o candidato da CDU, Armin Laschet, que deverá disputar a vitória com o …

Já há refugiados afegãos a realizarem entrevistas de emprego em Portugal

Já há refugiados afegãos a realizarem entrevistas de emprego em Portugal, disse a secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Cláudia Pereira. Em três semanas, chegaram 178 refugiados afegãos a Portugal. A secretária de …

Arranca hoje a conferência dos Trabalhistas - num clima de "guerra civil" entre Starmer e os Corbynistas

A proposta de Starmer de mudar a sistema de eleição do líder dos Trabalhistas tem suscitado muitas críticas, num partido que já estava profundamente dividido entre os membros mais conservadores e os membros leais a …

Multinacional oferece emprego qualificado em Portugal mas não tem candidatos

Um engenheiro de Mirandela regressou à terra para instalar na cidade transmontana o polo principal de uma nova multinacional na área da energia que está a recrutar, mas não consegue candidatos para emprego qualificado. Manuel Lemos …

Austrália, Japão, EUA e Índia reúnem-se "sem objetivos militares", mas China sente-se ameaçada

Estados Unidos, Austrália, Japão e Índia reuniram-se naquela que foi a primeira reunião do chamado Quad. A China sente-se ameaçada e avisa que o grupo está "fadado ao fracasso". Joe Biden liderou esta sexta-feira a primeira …

"Escândalo". FCSH acusada de abrir concurso à medida de Raquel Varela

A Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa está a ser acusada de abrir um concurso à medida da historiadora Raquel Varela. A polémica com a historiadora começou na segunda-feira, 20 de …