Confinamento limita acesso ao aborto na Colômbia. Telemedicina é a solução

O confinamento obrigatório em países como a Colômbia está a limitar o acesso de mulheres gravidez ao aborto. A solução de algumas clínicas passa por fazê-los por telemedicina.

O aborto é legal na Colômbia, mas o confinamento imposto pela pandemia de covid-19 está a limitar o acesso das colombianas a esta procedimento. Obrigadas a ficar em casa, muitas mulheres que desejam pôr um fim à sua gravidez veem-se impedidas de viajar até às clínicas.

Situações extremas exigem medidas extremas. Como tal, na Colômbia, as pacientes podem agora consultar um médico através de videochamada para solicitar os medicamentos necessários para induzir o aborto, que são enviados diretamente para casa.

Mais de 5 mil clínicas de saúde reprodutiva em todo o mundo fecharam desde o início da pandemia de covid-19. No entanto, esta solução parece resolver parcialmente o problema destes negócios.

Também em países com o Zimbabué e o Nepal, onde o confinamento é obrigatório, há organizações a operar call centers que servem de fio condutor entre as grávidas e as clínicas, escreve a NPR. Na Índia, estão a fazer-se esforços para que o aborto seja legalmente acessível a partir de casa.

A Colômbia é o derradeiro exemplo de como a telemedicina pode ser uma solução para este problema. Embora a nação sul-americana já tenha começado a desconfinar lentamente este mês, as clínicas vão manter este plano de ação pelo menos até julho.

A pandemia permitiu à rede de clínicas Oriéntame acelerar o desenvolvimento de um software que facilita a videochamada privada e segura entre médicos e pacientes. O programa pode ser acedido via telemóvel, tablet ou computador.

“Além das preocupações habituais e fatores de risco pessoais, muitas mulheres com quem conversamos também disseram que sentem que a pandemia é um momento abismal para continuar a gravidez”, diz Díaz Rojas, uma das duas médicas que prescrevem abortos medicamentosos via telemedicina para a Oriéntame.

“Há tanta incerteza em torno da sua saúde, a saúde dos seus entes queridos, a perda do emprego – há todas essas vulnerabilidades adicionais durante esse período“, acrescentou.

Patrina Mosley, que se dedica às questões das mulheres numa organização pró-vida, vê a transferência de serviços de aborto para telemedicina como altamente arriscada.

“Os abortos exigem um alto nível de interação física entre a mãe e um médico, que pode examiná-la, diagnosticá-la, avaliá-la e tratá-la. Fazer uma chamada Skype com um médico e preencher um questionário traz muitos dos mesmos riscos que o pedido de pílulas online de um médico que você nunca conheceu e que não pode avaliá-la fisicamente. Fingir, por razões ideológicas, que o aborto químico pode ser feito remotamente ou até ‘faça-você-mesmo’, é extremamente perigoso e negligente“, explicou à NPR.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Inspeção da IGAS admite "responsabilidade deontológica" de médicos em Reguengos

A inspeção ordenada pelo Ministério da Saúde ao surto de covid-19 no lar de Reguengos de Monsaraz admite "responsabilidade deontológica" dos médicos que recusaram visitar a instituição no seguimento de instruções da Ordem dos Médicos …

Desconfinar creches e 1.º ciclo em março é possível, mas com "botão de pânico"

O epidemiologista Manuel Carmo Gomes considera que é possível a partir de meados deste mês abrir creches e primeiro ciclo. Contudo, tem de se estar "sempre pronto para parar". O plano de descofinamento será anunciado pelo …

UEFA suspende árbitro do PSG-Basaksehir (mas afasta conduta racista)

Sebastian Coltescu foi suspenso pela UEFA até ao final da atual temporada, devido a "comportamento impróprio" no jogo entre o PSG e o Basaksehir, mas o  organismo afastou qualquer ação racista do romeno. "Foi decidido suspender …

O maior lagarto do mundo tem uma peculiar história de reprodução

O dragão de Komodo (Varanus komodoensis), o maior lagarto à face da Terra, tem uma estranha história de reprodução, de acordo com uma nova investigação científica levada a cabo pela Universidade Nacional da Austrália. De …

Portal Goal aponta Diego Costa ao Benfica (e até avança valores)

O portal desportivo Goal apontou esta segunda-feira Diego Costa, ex Atlético de Madrid e atualmente sem clube, ao Benfica. De acordo com a mesma fonte, o clube da Luz oferece ao jogador um salário de …

Um mandato com "vários mandatos" dentro. A segunda dinastia de Marcelo começa hoje

Esta terça-feira, Marcelo Rebelo de Sousa toma posse para um segundo mandato como Presidente da República. Por volta das 10h30, na Assembleia da República, Marcelo Rebelo de Sousa vai voltar a pousar a mão direita na …

Groundforce em risco de insolvência. Governo ainda sem soluções

O Governo ainda não tem soluções para resolver o problema dos trabalhadores da Groundforce, indicou o ministro das Infraestruturas e da Habitação numa reunião, esta segunda-feira, com os representantes dos colaboradores. "O ministro informou-nos que não …

Peritos propõem plano para desconfinar lentamente ao longo de um mês e meio

Esta segunda-feira, na reunião no Infarmed, os especialistas apresentaram a sua proposta de plano de desconfinamento. A decisão final do Governo só será conhecida na quinta-feira. De acordo com o Expresso, a proposta de plano de …

Parlamento Europeu levanta imunidade a Carles Puigdemont

O Parlamento Europeu levantou, esta terça-feira, a imunidade parlamentar de que gozavam três eurodeputados independentistas da Catalunha, entre eles o antigo presidente da região, fugidos da justiça espanhola após a tentativa de independência de 2017. O …

Sem zaragatoas, basta gritar. Empreendedor cria teste inovador para detetar covid-19

O empreendedor holandês Peter van Wees criou um teste que pode ser o método mais rápido e fácil de detetar covid-19. Basta gritar ou cantar. Peter van Wees criou um teste para detetar a covid-19 que …