Condutor de 19 anos considerado culpado pela morte de 12 portugueses em França

É um relatório arrasador que menciona a “velocidade excessiva”, o estado “deplorável” da carrinha, com pneus com mais de sete anos de uso, e o excesso de passageiros, na análise às circunstâncias da morte de 12 portugueses em França, em 2016. E não há dúvidas de que a causa do acidente fatal foi a imprudência do condutor.

Dois anos após o acidente de viação que matou 12 portugueses, emigrantes na Suíça, que viajavam rumo a Portugal, para passar as férias da Páscoa, foi publicado o relatório técnico que avalia as circunstâncias do acidente.

O documento de 40 páginas do Gabinete de Investigação de Acidentes de Transporte Terrestre francês (BEA na sigla original) não tem dúvidas de que o condutor de 19 anos, também português, foi o culpado pelo acidente, devido a um comportamento imprudente e perigoso. Mas também deixa duras críticas ao proprietário da carrinha, que é tio do condutor.

O jovem de 19 anos foi o único sobrevivente do acidente que ocorreu a 24 de Março de 2016, numa estrada em Montbeugny, em Allier, na região francesa de Auvérnia-Ródano-Alpes.

No relatório, nota-se que “a causa directa do acidente é a decisão do condutor que, sem ter visibilidade suficiente, fez uma ultrapassagem a uma velocidade excessiva, com um veículo num estado deplorável (freios e pneus usados) e em sobrecarga, ao qual foi acoplado um atrelado também ele em estado técnico defeituoso”.

O documento refere que o condutor de 19 anos fez o percurso a uma velocidade média de entre 110 e 133 km/hora.

A carrinha onde seguiam os portugueses “transportava duas vezes a carga máxima autorizada” e os pneus tinham mais de sete anos, já tendo ultrapassado os limites de desgaste, constata ainda o documento.

A análise do BEA destaca que o veículo terá sofrido alterações na própria manhã do acidente, de modo “a aumentar a sua capacidade de seis para doze passageiros”. “Foram adicionados assentos ilegalmente, com fixações para bancos e cintos de segurança defeituosos ou ausentes”, refere o relatório.

A viagem tinha sido organizada “pelo tio do condutor que propunha os seus serviços pelo passa-palavra”, salienta o BEA, frisando que o negócio não estava legalizado, embora promovesse viagens entre a Suíça e Portugal com regularidade.

O documento também nota que o condutor de 19 anos tinha tirado em Portugal a carta de condução que lhe permitia transportar até um máximo de oito passageiros apenas dois dias antes do acidente.

Estes dados não abonam muito em favor do condutor, nem do seu tio, para o julgamento do próximo dia 13 de Junho, onde vão responder por crimes de homicídio involuntário.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pizza para Itália e salmão para a Noruega. Emissora pede desculpa por imagens usadas nos Jogos Olímpicos

O canal de televisão sul-coreano MBC pediu desculpa publicamente após usar imagens para representar países durante a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Fotos de pizza para a comitiva italiana, de salmão para a …

"Quanto mais cedo, melhor". A dona da Marlboro apoia a proibição dos cigarros até 2030

O CEO da Philip Morris Internacional, dona da Marlboro, apoia a proibição da venda de cigarros, mas os activistas anti-tabaco já acusaram a empresa de hipocrisia por tentar comprar uma farmacêutica enquanto lucra com o …

Bezos e Branson não são astronautas, clarifica Administração da Aviação norte-americana

Dúvida instalou-se depois dos voos que levaram os dois bilionários ao espaço. Novas diretrizes da Administração Federal de Aviação vêm esclarecer.  Após os voos que os tornaram nos primeiros turistas espaciais, Jeff Bezos e Richard Branson …

Soldados afegãos buscam refúgio no Paquistão após perderem postos na fronteira

Quase meia centena de soldados afegãos buscaram asilo no Paquistão após perderem para os Talibãs o controle das posições militares na fronteira, informou o exército paquistanês esta segunda-feira. Centenas de soldados do exército afegão e oficiais …

Portugal ultrapassa Estados Unidos em população com vacinação completa

EUA vivem atualmente um planalto no seu processo de vacinação, com pouco mais de meio milhão de cidadãos a serem vacinados diariamente. Desaceleração no ritmo de inoculações é atribuída a motivações pessoais da população e …

Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração …

Novo Banco. Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4.900 milhões de euros, foi "uma fraude …

BCP prevê saída de mais de 800 trabalhadores e admite despedimento coletivo

O presidente do BCP disse esta segunda-feira que deverão sair do banco mais de 800 trabalhadores, abaixo da meta inicial de 1.000, mas que depende dos funcionários que aceitarem rescindir e mantém a possibilidade de …

Jogos Olímpicos. Ouro e prata para atletas de...13 anos

Pódio muito jovem na estreia do skate feminino. A espreitar o pódio ficou uma norte-americana com quase o triplo da idade. O skate está a "viver" os seus primeiros dias na história dos Jogos Olímpicos. Inserido …

SEF e PSP reforçam fiscalização às regras aplicáveis nas viagens de avião

O SEF e a PSP reforçaram a fiscalização nos aeroportos às regras do tráfego aéreo devido às variantes de covid-19 e ao aumento do número de voos previsto para as próximas semanas, segundo um despacho …