Seis homens condenados pela violação e homicídio de menina indiana de 8 anos

Jaipal Singh / EPA

Asifa Bano, uma menina indiana de 8 anos, foi brutalmente violada e assassinada

Seis homens foram condenados pelo homicídio de uma menina indiana de oito anos, vítima de violação e tortura em grupo durante vários dias, no ano passado.

Um tribunal da Índia condenou, esta segunda-feira, a prisão perpétua três homens que violaram durante vários dias e assassinaram uma criança de oito anos. Outros três, polícias, foram condenados a cinco anos de prisão por destruírem provas e aceitarem subornos para encobrir os responsáveis. Um sétimo réu foi considerado inocente, disse o advogado Mubeen Farooqui.

A criança, de nome Asifa Bano, pertencente a uma comunidade nómada muçulmana, foi sequestrada em janeiro de 2018, na cidade de Kathua, uma área de maioria hindu da província de Jammu e Caxemira.

A menina de oito anos, que vivia com a família numa aldeia a cerca de 70 quilómetros da cidade de Jammu, estava encarregue de ir à floresta buscar os cavalos da família. Os animais voltaram para casa, mas Asifa não.

Os pais contaram com a ajuda dos vizinhos para começar a procurar a criança, mas sem sucesso, e, dois dias depois, reportaram o desaparecimento às autoridades.

O corpo da menina foi localizado cinco dias depois numa mata. “Foi torturada, tinha as pernas partidas. As unhas estavam pretas e tinha marcas azuis e vermelhas nos braços e nos dedos”, contou a mãe de Asifa, na altura em que o corpo da menina foi encontrado.

A menina foi sedada e violada em grupo durante dias, antes de ser assassinada e abandonada numa floresta, de acordo com a investigação, que concluiu que era intenção dos criminosos enviar uma mensagem a essa comunidade para que não voltassem àquela zona.

O caso provocou uma onda de indignação na Índia, com manifestações a pedir a condenação à morte dos culpados.

As autoridades aumentaram a segurança aos familiares da vítima e aos seus advogados, e transferiram o julgamento para outro estado devido ao clima de insegurança.

Todos os arguidos são hindus e o crime ocorreu num templo da pequena cidade, o que levou alguns vizinhos e políticos locais a exigir a libertação imediata dos acusados.

Em abril de 2018, um grupo de advogados tentou impedir que a polícia registasse acusações em Kathua.

A Índia endureceu as leis contra as agressões sexuais, depois do caso de uma universitária que morreu depois de ser violada em grupo num autocarro, em 2012, em Nova Deli.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Uma onda de calor atingiu a Europa (mas Portugal escapou)

Portugal é dos poucos países que vão escapar à massa de ar quente vinda do deserto do Saara que elevará o mercúrio dos termómetros para lá dos 40ºC em quase toda a Europa. Porém, o nosso …

AEK Atenas oficializa Francisco Geraldes por empréstimo do Sporting

O futebolista português Francisco Geraldes foi esta terça-feira oficializado pelos gregos do AEK Atenas como reforço para a época 2019/200, por empréstimo do Sporting. "O AEK comunica oficialmente a assinatura com o médio ofensivo Francisco Geraldes, …

Diretor artístico do Teatro São Carlos demite-se

O diretor artístico do Teatro Nacional de São Carlos (TNSC), Patrick Dickie, apresentou esta terça-feira a sua demissão à ministra da Cultura. “O diretor artístico do Teatro Nacional de São Carlos, Patrick Dickie, informou esta tarde …

Entre elogios e recados, Marcelo dá luz verde ao decreto de execução orçamental

O Presidente da República promulgou o decreto-lei de Execução Orçamental, um dia depois de o diploma ter entrado em Belém, para que "possa entrar em vigor ainda antes do início do segundo semestre". Na nota publicada …

Hospital da Luz em Lisboa limita acesso a urgências pediátricas no verão

O acesso dos clientes ao Atendimento Urgente de Pediatria "será limitado temporariamente" devido a obras de expansão do hospital. Condicionamento vai durar de 1 de julho a 15 de setembro. O Hospital da Luz, em Lisboa, …

Português entre as vítimas mortais em incêndio em Paris

Um cidadão português é uma das três vítimas mortais do incêndio ocorrido no sábado num prédio no centro de Paris, França, disse esta terça-feira à Lusa fonte oficial do Governo. Uma fonte oficial do gabinete do …

Restaurante de Avillez entre os 50 melhores do mundo

O restaurante Belcanto, do chef José Avillez, entrou pela primeira vez para a lista dos melhores 50 melhores restaurantes do mundo, para a 42ª posição. No ano passado, o restaurante, situado no Largo de São Carlos, …

Sevilha terá recusado contratar João Félix por 1,5 milhões. Era "muito dinheiro"

Reforço já garantido pelo Atlético Madrid para a próxima temporada, João Félix poderia por estes dias já andar na Liga espanhola, ao serviço do Sevilha, clube que no arranque da temporada 2018/19 terá recusado contratar …

Carrossel internacional do IVA. 15 empresários detidos em megaoperação da PJ

A Polícia Judiciária (PJ) deteve nesta terça-feira 15 empresários por suspeitas de fraude fiscal e de branqueamento de capitais no âmbito de um esquema conhecido por carrossel internacional do IVA. Está em causa um tipo de …

Portugal é “campeão” dos atrasos na aplicação de medidas anti-corrupção

Portugal foi o país com a maior proporção (73%) de recomendações não implementadas do Grupo de Estados Contra a Corrupção (GRECO), seguido da Turquia (70%), indica o relatório de 2018 deste órgão de monitorização anti …