Governo quer “conciliação” entre tribunais criminais e de família em casos de violência doméstica

Mário Cruz / Lusa

Ministra da Justiça, Francisca Van Dunem

O Governo quer que os juízes de instrução possam determinar simultaneamente as medidas de coação a um agressor em contexto de violência doméstica e as medidas provisórias relativas às crianças, seja de promoção e proteção ou de responsabilidades parentais.

Esta proposta vai ser submetida a consulta pública e surge da constatação de uma “eventual dissonância” entre as decisões dos tribunais criminais e os tribunais de família e menores nos casos de violência doméstica, explicou a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem.

Numa conferência de imprensa na Presidência de Conselho de Ministros, em Lisboa, para fazer o balanço das medidas apresentadas em agosto de prevenção e combate à violência doméstica, a ministra da Justiça admitiu estar à “procura de solução para um problema que está identificado”.

“É preciso encontrar um modelo quem permita fazer a conciliação das decisões dos tribunais criminais e dos tribunais de família e menores para que haja uma maior harmonia”, justificou.

A proposta do Governo é para que o “juiz de instrução, no momento em que lhe é presente o agressor para a constituição do arguido, não só decide sobre as medidas de coação aplicáveis naquele caso concreto, como decida provisoriamente medidas provisórias relativamente às crianças caso elas existam”.

Francisca Van Dunem explicou que foram estudadas e analisadas várias situações de direito comparado, que foram depois enquadradas do ponto de vista do ordenamento jurídico português e tendo em conta as “limitações constitucionais” nacionais.

“Pensamos ter uma proposta de solução que será aquela que, no contexto atual, não só do ponto de vista de operacionalização, como do ponto de vista técnico, melhor responde“, defendeu.

Nesse sentido, o Governo propõe que o juiz de instrução criminal, quando tem de decidir as medidas de coação a aplicar a um determinado agressor, possa também determinar provisoriamente as medidas relativamente aos menores que existam.

De acordo com a ministra, essas medidas teriam depois de “ser validadas por um juiz especializado na área de família e menores”.

A proposta vai agora ser submetida a consulta pública, de modo a que esta solução seja discutida com todas as entidades que têm intervenção nestes processos, como para permitir que outras instituições e os cidadãos possam tomar posição sobre esta matéria.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Gestora em teletrabalho esqueceu-se da filha no carro. Bebé encontrada sem vida sete horas depois

Maria Pilar, uma bebé de dois anos, morreu esta sexta-feira, depois de ter ficado esquecida dentro do carro durante cerca de sete horas. A menina de dois anos esteve cerca de sete horas dentro do carro, …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Cimeira Social cheia de boas intenções deixa factura de um milhão de euros (e "erro" na comida da PSP)

Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia comprometeram-se, na Cimeira Social do Porto, a "trabalhar em prol de uma Europa social". Mas o evento deixa uma polémica com as refeições distribuídas aos …

Alfredo Casimiro contrata Banco Nomura para vender 50,1% da Groundforce

O principal acionista da Groundforce anunciou este sábado, em comunicado, ter contratado o banco Nomura para assessorar a venda da participação de 50,1% da Pasogal na empresa de handling Groundforce, e pediu "especial atenção" ao …

Transferência para o Wolves. Diogo Jota recorda palavras de Jorge Mendes: "Vês como eu tinha razão?"

Diogo Jota, atual avançado do Liverpool, recuou no tempo e enfatizou a importância de Jorge Mendes na progressão da sua carreira. O avançado internacional português, que se transferiu esta temporada para o Liverpool, trocou o Atlético …

Um total de 19.359 agregados pagaram adicional de solidariedade do IRS

Entre o Continente e as regiões autónomas dos Açores e da Madeira são 19.359 os agregados com rendimento coletável acima dos 80 mil euros e que, por esse motivo, foram chamados a pagar taxa adicional …

Resort Zmar

Imigrantes já começaram a ser retirados do Zmar (e os donos de casas podem ter de as desmontar)

Os primeiros imigrantes realojados no empreendimento turístico Zmar, em Odemira (Beja), já começaram a ser retirados do local, após a decisão do tribunal contra a requisição civil do Governo. E enquanto se pede a demissão …

Índia ultrapassa quatro mil mortos num só dia. Cuba vai imunizar população com vacinas nacionais

A Índia registou mais de quatro mil mortes associadas à covid-19 num só dia e o Brasil contabilizou 2.165 óbitos nas últimas 24 horas. Em contraste, Cuba vai começar a vacinar a população contra a …

Boris Johnson diz que não haverá novo referendo de independência na Escócia

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, recusou hoje qualquer possibilidade de realizar um novo referendo de independência na Escócia, mesmo que o Partido Nacional Escocês (SNP) obtenha maioria absoluta no parlamento regional. “Acho que um referendo no …

Associação dos Árbitros apresenta queixa contra Benfica, Jesus, Grimaldo e Otamendi

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) apresentou uma queixa contra o Benfica, Jorge Jesus, Grimaldo e Otamendi, por causa das declarações proferidas após o jogo com o FC Porto. A notícia de que a …

Um milhão de pessoas já foram imunizadas. Faixa etária dos 50 anos começou a ser vacinada em alguns locais

Em alguns locais do país, já há pessoas na faixa etária dos 50 anos a receber a primeira dose da vacina contra a covid-19. Fonte da task force responsável pelo plano nacional de vacinação disse, este …