Comboio entre Lisboa e Porto vai demorar mais 6 minutos

António ML Cabral / Wikimedia

A viagem de comboio entre Lisboa e Porto vai demorar mais seis minutos já a partir do próximo dia 5 de agosto. A demora é resultado das obras de renovação que decorrem na Linha do Norte, no troço entre Ovar e Gaia, a cargo da Infraestruturas de Portugal.

A Comboios de Portugal garantiu ao Dinheiro Vivo, no entanto, que não vai reduzir o número de viagens realizadas entre Lisboa e Porto.

“O acréscimo do tempo de percurso de alguns comboios decorre das intervenções a realizar na infraestrutura. Por decisão da IP, são definidas limitações de velocidade à circulação dos comboios nos troços em obra”, explicou uma fonte oficial da CP em declarações ao  Dinheiro Vivo.

O aumento no tempo da viagem vai sentir-se nos serviços do Alfa Pendular e no Intercidades. No Alfa Pendular, a viagem entre Lisboa-Santa Apolónia e Porto-Campanhã vai passar a demorar 2 horas e 50 minutos, em vez das atuais 2 horas e 44 minutos. Já a viagem de Intercidades passará a durar 3 horas e 16 minutos em vez das atuais 3 horas e 8 minutos, de acordo com a página oficial da CP.

O primeiro comboio da manhã vai também partir mais tarde: o primeiro comboio de Lisboa para o Porto vai passar a sair às 06h30 (em vez de ser às 06h00); a última viagem mantém o horário de saída às 21h30.

As mudanças de horário também afetam a ligação entre Braga e Lisboa, que irá demorar mais cinco minutos, se a deslocação for feita por Alfa Pendular: 3 horas e 30 minutos (em vez de 3 horas e 25 minutos). A viagem entre estas cidades deverá continuar a durar 3 horas e 56 minutos quando são utilizados os comboios Intercidades.

Não estão previstas mudanças na duração nem no número das viagens nas restantes ligações em curso.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Perdoem-me, mas é uma não-notícia.

    Se fosse uma decisão da CP, arbitrária não motivada, certamente seria (uma má) notícia e um bom convite aos cidadãos a interrogarem-se porquê.

    Dado que a situação é temporária e provocada por trabalhos de manutenção e melhoramento da linha, não vejo qual seja a relevância di evidenciar a coisa nestes termos. Mais, vejo a coisa como demagogia.

    Sendo igualmente útil, não seria muito mais positivo noticiar as “obras de melhoramento na linha do norte” e, como complemento da informação, informar sobre os 6 minutos a mais na viagem? 6 minutos em 164 (2h44) são escasso 3.7%, dificilmente são uma dificuldade acrescida, mesmo para quem viaje para apanhar um avião ou para uma reunião importante de trabalho; ninguém – em perfeito juizo – viaja com 6 minutos de margem…

  2. O problema é que essa linha parece andar constantemente em obras, dá mesmo para perguntar se serão obras a sério ou se todas elas vêm sendo para remediar temporariamente ao longo de tantos anos.

  3. Há 3 anos que faço a viagem Campanhã – Oriente, e raras são as vezes que chego com atraso inferior a 6 minutos. Isto seria uma boa notícia se agora os comboios passassem a chegar à hora certa, mesmo contabilizando estes 6 minutos.
    Obras na linha é já uma desculpa corrente…

  4. Obras na linha ahahahaah. Há anos que se fala da mesma coisa e de milhões e milhões gastos .
    Uma porcaria de uma viagem que não deveria demorar mais de que uma hora , demora quase 2.5 horas .
    Vergonha de um pais terceiro mundista armado em europeu moderno .
    Há mais de 30 anos viajei de Geneve a Paris no TGV , quase 600 km em pouco mais de 2 horas , estes imbecis que nos governam , não conseguem numa viagem de 300 o mesmo tempo .

RESPONDER

Marisa Matias critica Centeno por “encabeçar ameaças” a Itália

A eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda, disse a Mário Centeno, num debate no Parlamento Europeu, que é “desconcertante” vê-lo, enquanto presidente do Eurogrupo, a “encabeçar as ameaças” a Itália, questionando-o se não "há …

Moscovici quer voltar a "tweeetar" com Costa (mas deixa avisos)

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, diz que ficará "encantado" se o primeiro-ministro e seu "bom amigo" António Costa tiver o prazer de voltar a "tweetar". Isto para sublinhar que espera que Portugal …

Não há acordo. Greve dos enfermeiros começa quinta-feira e só acaba no fim do ano

Os enfermeiros mantêm a greve que começa na quinta-feira nos blocos operatórios de cinco hospitais, por falta de acordo com o Governo sobre a estrutura da carreira. A informação foi prestada à Lusa pelos presidentes da …

Próximas eleições portuguesas podem ser marcadas por fake news

A difusão de notícias falsas durante as eleições brasileiras atingiu níveis sem precedentes e o fenómeno chegou também a Portugal, onde se pode estar a preparar uma ação semelhante para as próximas eleições nacionais, alertou …

Proposta de Orçamento mostra um "profundo desconhecimento" do país

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, considerou esta terça-feira que a proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) mostra um "profundo desconhecimento" e está de "costas voltadas" para o país. "É um Orçamento que mostra …

Caso Khashoggi: Trump mantém-se ao lado da Arábia Saudita

Donald Trump emitiu um comunicado em que se pronunciou sobre o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, revelando que embora condene veemente o crime, a relação dos Estados Unidos é com Reino da Arábia Saudita, "parceiros …

Visita de João Lourenço pode deixar “irritante” entre Portugal e Angola para trás

A primeira viagem de Estado de João Lourenço a Portugal é uma demonstração de que Portugal e Angola "pretendem enterrar o irritante e avançar com os temas da cooperação direta", avança Jornal de Angola. No editorial …

Documento de 2014 previu colapso e aconselhava encerramento da estrada de Borba

Há novos dados que apontam que a tragédia da estrada de Borba, que desmoronou, provocando a morte de 2 pessoas e mais 3 desaparecidas, poderia ter sido evitada. Um memorando de 2014 já previa a …

Noiva adolescente leiloada no Facebook. Rede social só reparou depois do casamento

Uma jovem de 16 anos do Sudão do Sul foi leiloada para casamento no Facebook. Quando a rede social reparou, a jovem já tinha sido comprada e estava casada. De acordo com a organização pelos Direitos …

Défice português “desaparece” em 2020, mas é preciso mais

O défice público de Portugal deve cair para 0,2% do PIB em 2019, como prevê o Governo, e em 2020 deve “desaparecer”, transformando-se num excedente de 0,1% do PIB, defende a OCDE. A organização dos países …